Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-17T12:31:38-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Tudo acaba em shopping

Liberação de FGTS é boa notícia para setor de varejo na bolsa

Em 2017, quando Temer liberou saques de contas inativas do FGTS, shoppings e varejistas observaram elevação de vendas

17 de julho de 2019
11:00 - atualizado às 12:31
Varejo
Imagem: shutterstock

Com a reforma da Previdência encaminhada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou a liberação de contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Essa “chupeta na bateria”, como o próprio ministro falou em maio, quando disse que a medida estava em estudo, pode render bom resultado para o setor de varejo na B3.

Os “calls” matinais de diversas corretoras chamam atenção para a notícia e há como traçar paralelos em função da decisão tomada pelo então presidente Michel Temer, que injetou cerca de R$ 42 bilhões na economia a partir de março de 2017.

Levantamento preliminar feito por banco e enviado a clientes institucionais, mostra que as vendas em mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês) do setor de shoppings subiu de 1,8% no primeiro trimestre de 2017 para 5,4% e 5,9% no segundo e terceiro trimestres, respectivamente. A comparação é sempre sobre o mesmo trimestre do ano anterior.

Dentre as varejistas avaliadas, Lojas Renner viu elevação de 6% para 13% no segundo trimestre e 9% no terceiro. Lojas Marisa de 4% para 17% no segundo trimestre, seguido de queda de 1% no terceiro e Via Varejo de 11% para 19% e 15%, nos dois trimestres subsequentes.

Voltando novamente a 2017, o então Ministério do Planejamento elaborou estudo sobre o saque de contas inativas e conseguiu estimar que 36% dos recursos foram para pagamento de dívidas, permitindo posterior retomada do consumo. Também foram captadas queda no uso do cheque especial e cartão de crédito após a liberação. O estudo pode ser encontrado aqui.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Ele está de volta?

Setores fazem pressão por volta do horário de verão

Criado com a finalidade de aproveitar o maior período de luz solar durante a época mais quente do ano, o horário de verão foi instituído no Brasil em 1931 pelo então presidente Getúlio Vargas e adotado em caráter permanente a partir de 2008.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies