Menu
2019-04-05T14:47:34-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Menor que o esperado

Telefônica Brasil lucra R$ 1,486 bilhão no 4º trimestre

Valor representa uma queda de 2% sobre o mesmo período do ano anterior e veio abaixo do esperado por analistas, que estimavam lucro líquido de R$ 1,651 bilhão

20 de fevereiro de 2019
7:41 - atualizado às 14:47
Sede da Telefônica
Sede da Telefônica - Imagem: Divulgação

A Telefônica Brasil, dona da Vivo, registrou um lucro líquido de R$ 1,486 bilhão no 4º trimestre de 2018, divulgou em balanço nesta quarta-feira, 20.

O valor representa uma queda de 2% sobre o mesmo período do ano anterior. O resultado veio abaixo da estimativa dos analistas do mercado financeiro, que esperavam um lucro líquido de R$ 1,651 bilhão, segundo a Bloomberg.

No acumulado do ano, a cifra foi de R$ 8,928 bilhões, um aumento de 93,7% sobre 2017, no critério contábil, considerando os efeitos da adoção do IFRS 15, em vigor desde janeiro de 2018 - o qual requer que a receita seja reconhecida baseada no contrato com o cliente.

No acumulado do ano, a cifra foi de R$ 8,928 bilhões, um aumento de 93,7% sobre 2017, no critério contábil, considerando os efeitos da adoção do IFRS 15, em vigor desde janeiro de 2018 - o qual requer que a receita seja reconhecida baseada no contrato com o cliente.

Sem contar o IFRS 15, o lucro líquido pró-forma é de R$ 1,471 bilhão no trimestre, 3% de queda, e no ano, R$ 8,871 bilhões, 92,5% maior.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) soma R$ 4,046 bilhões no quarto trimestre, 7,4% maior na comparação com igual intervalo de 2017, com margem de 36,5%, um aumento de 2,4 pontos porcentuais. No ano, o montante é de R$ 17,824 bilhões, alta de 23%, e a margem Ebitda de 41,0%, avanço de 7,5 p.p.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Mostrando as garras

Dirigente do Fed fala em alta de juros em 2022 e admite postura mais agressiva contra inflação

Em entrevista à CNBC, Bullard disse que o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) adotou uma posição mais dura no encontro deste mês

Entrando no pet shop

O plano da BRF: colocar comida na sua mesa e ração no potinho do seu pet

A BRF comprou o grupo Hercosul, produtor e distribuidor de ração para cães e gatos, entrando no mercado pet. Entenda o racional da operação

Tela Azul

As fintechs continuarão ameaçando bancos tradicionais? Até certo ponto sim, dizem gestores da Opportunity

No episódio #36 do Tela Azul, podcast da Empiricus, Bruno Waga e Vinicius Ferreira, da gestora de recursos Opportunity conversaram com os analistas da Empiricus sobre os rumos que o setor financeiro vem tomando. Além disso, eles dão suas opiniões sobre as Big Techs no programa.

Quase lá

Só falta um passo: ANS aprova fusão entre NotreDame e Hapvida

A consolidação das duas gigantes do setor de saúde avançou mais um degrau e aguarda agora aprovação do Cade para concluir o negócio

Exile on Wall Street

Como um grande time, o melhor fundo é a combinação de bons investimentos

Dennis Rodman é o jogador de basquete com a menor pontuação da história a ser indicado ao Hall da Fama do esporte. Em 1995, mesmo quando já havia conquistado a NBA duas vezes com o Detroit Pistons, sua contratação pelo Chicago Bulls – equipe pela qual levaria as próximas três temporadas – foi considerada uma […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies