Menu
2019-09-23T17:39:57-03:00
Estadão Conteúdo
Empresa tem ações na bolsa

Procon-SP multa Vivo em mais de R$ 3,5 milhões por cobranças indevidas

Empresa realizou cobranças irregulares dos consumidores exigindo pagamentos sem que houvesse a prestação do serviço

23 de setembro de 2019
17:39
Logo da empresa de telefonia Vivo.
Vivo - Imagem: Shutterstock

O Procon-SP afirmou nesta segunda-feira, 23, que multou a Vivo/Telefônica em R$ 3.553.986,00 por violação ao Código de Defesa do Consumidor, com base nas reclamações de clientes da empresa.

De acordo com nota do Procon-SP, a Vivo "realizou cobranças irregulares dos consumidores exigindo pagamentos sem que houvesse a prestação do serviço, por valores já pagos e por serviços já cancelados".

A instituição de defesa do consumidor ainda afirma que a empresa "entregou serviços não solicitados e enviou as respectivas cobranças", além de "deixar de apresentar soluções às demandas feitas por consumidores por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) dentro do prazo de cinco dias úteis".

O grupo Vivo/Telefonica está no topo das reclamações de clientes no Estado de São Paulo, segundo dados do Sindec disponíveis no site do Procon. Dos 22.486 atendimentos registrados, 9.261 foram referentes a cobranças indevidas. Nos dados da Fundação Procon referentes apenas à cidade de São Paulo, a empresa está no segundo lugar no ranking das mais reclamadas. Com 10.426 atendimentos, ela está pouco atrás da primeira colocada no município: a Net/Claro/Embratel, com 10.600 atendimentos

Procurada, a Vivo/Telefônica afirmou em nota que "não foi notificada".

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Vilões da inflação

Preços dos combustíveis pressionam todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Além da alta de 11,2% nos combustíveis, o reajuste nas passagens de ônibus e trens também pesou para as famílias mais pobres

RADIO CASH

‘O Banco Central não parece estar comprometido em atingir a meta de inflação’, diz Rogério Xavier, fundador da SPX Capital

Em entrevista ao podcast RadioCash, Rogério Xavier critica o ajuste parcial da Selic e comenta a estratégia por trás dos resultados expressivos que fundos da SPX obtiveram no primeiro trimestre do ano, confira:

destravando valor

Pão de Açúcar lidera altas do Ibovespa com mercado vendo ganhos em venda de participação em e-commerce

Casino, controlador da empresa, estuda fazer oferta de ações de unidade de e-commerce, em que Pão de Açúcar detém participação de 34,17%

Mercados hoje

Ibovespa sobe apoiado no setor de commodities e deixa político-fiscal de lado; dólar recua

Com o cenário político-fiscal pesado, o mercado brasileiro pega carona no bom desempenho das empresas do setor de varejo e commodities. No exterior, inflação dos Estados Unidos é destaque

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies