O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-02-28T19:18:11-03:00
Seu Dinheiro na sua noite

Pista escorregadia à frente

Fala de Bolsonaro sobre Previdência não agrada o mercado, que já não digeriu muito bem os balanços publicados pela manhã

28 de fevereiro de 2019
19:18
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Aqui em São Paulo são cada vez mais raros os dias em que o trânsito está minimamente viável. Na região do Itaim em dia de chuva, então, é melhor nem marcar compromisso ou sair bem antes do horário marcado.

Eu inclusive tenho uma superstição de nunca falar do assunto quando o tráfego está fluindo. Todas as vezes em que quebrei esse mantra fui punido com um engarrafamento logo na esquina seguinte.

Estou pensando em adotar o mesmo hábito quando falar sobre os mercados. Ontem mesmo eu disse aqui na newsletter que provavelmente não teríamos nenhuma grande novidade sobre a reforma da Previdência até o Carnaval, o que manteria a bolsa meio de lado hoje e amanhã.

Foi preciso menos de 24 horas para mostrar que eu estava errado. O humor dos investidores azedou depois que Bolsonaro admitiu que pode rever a idade mínima de aposentadoria das mulheres, fixada em 62 anos na proposta, e outros pontos da reforma.

Não que o mercado não esperasse alguma flexibilização em alguns pontos, mas a expectativa era que essa discussão ocorresse durante a tramitação da proposta, e com o governo sempre defendendo o projeto que encaminhou ao Congresso.

Lá de Brasília, onde os congestionamentos são mais pesados na política do que nas amplas avenidas, o Edu Campos escreveu esta análise que explica bem como a fala do presidente pode deixar a pista para a reforma mais escorregadia.

Dia 59 de Bolsonaro - Juan Guaidó e uma bola fora

O presidente Jair Bolsonaro recebeu o presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, no Palácio do Planalto, e disse que “não pouparemos esforços” para que a democracia seja restabelecida no país vizinho. Em sua fala, Bolsonaro voltou a descartar a opção por intervenção militar, como já tinha dito o vice, Hamilton Mourão, falando em eleições limpas e confiáveis. O presidente também não perdeu a oportunidade de... (leia mais)

Azia e má digestão

Já faz algum tempo que as cervejas da Ambev e os frangos da BRF deixaram de ser sinônimo de “happy hour” para seus acionistas. E não foi diferente com a divulgação dos resultados das companhias na manhã de hoje. O mercado reagiu mal aos números e as ações da cervejaria e da produtora de alimentos ficaram entre as maiores quedas do Ibovespa hoje. Para te ajudar a entender o drama, preparei esta matéria com alguns comentários de analistas que acompanham as duas companhias.

PN ou ON, eis a questão

Ao contrário das empresas do Novo Mercado da bolsa, que possuem apenas ações ordinárias (ON), com direito a voto, a Petrobras também possui na sua base papéis preferenciais (PN), que como diz o nome têm prioridade na distribuição de dividendos. É o que vai acontecer agora, quando elas levarão uma parcela bem maior do lucro de R$ 25,8 bilhões obtido pela estatal em 2018. Não por acaso, as ações PN tiveram um desempenho bem melhor na bolsa hoje que as ON. Mas não é só pelos dividendos que os analistas veem um melhor momento para os papéis preferenciais da Petro. Eu te conto as razões nesta reportagem.

Um mês após o outro

Quem viu o “boom” das ações no mercado brasileiro em janeiro dificilmente diria que o Ibovespa terminaria o segundo mês do ano com uma queda acumulada de quase 2%. O resultado poderia ser diferente se não fosse o pregão de hoje. De balanços ruins à fala de Bolsonaro, o fato é que nenhuma notícia agradou. Na nossa cobertura de mercados você fica sabendo todos os detalhes desse dia ruim para a bolsa.

Fração de cripto

Se você costuma acompanhar a variação das criptomoedas, deve saber que atualmente o bitcoin é negociado por volta de R$ 14.000. Mas, na hora de ir às compras, muita gente não tem essa grana para investir e acaba aplicando um valor menor. Nesses casos, você sabia que existem alguns nomes que classificam algumas partes quebradas do bitcoin? Para te mostrar e ajudar a entender melhor essa história, o Fausto Botelho apresenta hoje o “Satoshi” , vulgo o nome que você pode chamar de “a centésima milionésima parte do bitcoin”.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro avança em dia de alta volatilidade pós-Fed e dólar recua hoje

Após a decisão de juros do Fed, os mercados operam voláteis em um forte movimento de ajuste de carteiras hoje

O melhor do Seu Dinheiro

Mais um alarme de preço baixo, Tesla em queda, bear market do bitcoin, novo fundo do Itaú e outras notícias que mexem com o seu bolso

Apesar de resultados sólidos no quarto trimestre, papéis de construtoras seguem em queda. Confira se é hora de comprar ações do setor e quais informações você precisa levar em conta antes de decidir

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior tentam se recuperar da queda após decisão do Fed e Ibovespa busca manter ritmo de alta mesmo com risco fiscal no radar

Depois de tocar os 112 mil pontos ontem (26), a bolsa brasileira precisa enfrentar o ajuste de carteiras ao novo cenário de juros altos

Exclusivo

Na “caça aos unicórnios”, Itaú lança fundo para aplicar em gestores de investimentos alternativos

O banco acaba de abrir para captação o Polaris, fundo com objetivo de retorno de até 25% ao ano e foco em investimentos que vão bem além do “combo” tradicional de bolsa, dólar e juros

CONSTRUTORAS COM DESCONTO

Vendas de imóveis em alta, ações em baixa. A queda das incorporadoras abriu uma oportunidade de compra na bolsa?

Os resultados do quarto trimestre mostram que as empresas do setor entregaram desempenhos sólidos, mas as ações caminham na direção contrária