IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
Cotações por TradingView
2019-04-05T15:39:48-03:00
Seu Dinheiro na sua noite

O futuro é emergente

Uma das lendas do mercado financeiro resolveu dar sua opinião sobre o futuro dos investimentos ao redor do mundo. E ele não falou dos Estados Unidos

8 de março de 2019
19:58 - atualizado às 15:39
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

“The future is female” - “o futuro é feminino” ou “o futuro é das mulheres”, numa tradução livre. O slogan feminista da década de 1970 foi resgatado recentemente e passou a estampar camisetas pelo mundo, inclusive no Brasil. Eu mesma tenho a minha, com letras em roxo e glitter.

É inegável que, historicamente, as mulheres avançaram muito, no mundo inteiro. Hoje já chefiamos famílias e empresas, além de ocupar boa parte do mercado de trabalho. O Seu Dinheiro mesmo é um projeto liderado por mulheres. Mas ainda há muitos problemas a enfrentar, como a alarmante violência contra a mulher e também uma série de questões econômicas.

Já sabemos que empresas com mulheres na liderança tendem a ser mais diversas e obter resultados melhores, mas ainda somos poucas em postos executivos de grandes empresas; sabemos também que mulheres tendem a ser boas investidoras, até melhores que os homens, mas o mercado financeiro ainda é um mundo bastante masculino. Isso sem falar no “gender gap”, a diferença de rendimentos entre homens e mulheres de mesmo posto de trabalho e qualificação, muito influenciada pela maternidade.

Essas desigualdades são ruins não apenas do ponto de vista social, mas também econômico. Mais mulheres no mercado de trabalho, ganhando o mesmo que os homens, ocupando postos de liderança e financeiramente educadas significam economia girando mais e melhor. Eu tendo a acreditar sim que o futuro será mais feminino do que é hoje. O mundo está mudando, e será bastante positivo para as sociedades - e também para os investidores - que grupos sociais e economias antes à margem cresçam e apareçam.

Alguns grandes investidores, por exemplo, andam dizendo por aí, também numa tradução livre da minha parte, que o futuro é emergente. Embora os Estados Unidos ainda sejam a maior economia do mundo, não parece que, nos próximos 20 anos, America will be great again - ao menos não como já foi em outros tempos.

Esta é a opinião do fundador da GMO, Jeremy Grantham, uma verdadeira lenda do mercado. Em rara entrevista à “CNBC”, o gestor aconselhou os investidores a ficarem longe do mercado americano e buscarem retorno nos países emergentes. Não é pouca coisa, vindo de alguém que anteviu as crises de 2008 e das empresas “ponto com” nos anos 2000.

A questão, para ele, é que de fato os mercados desenvolvidos atingiram um certo limite populacional em termos de trabalho e consumo, área em que os emergentes ainda têm gás. O repórter Eduardo Campos traz para você os detalhes desta história.

Sextou!

Essa nuvem cinza que paira sobre os Estados Unidos e os países desenvolvidos já pesa na bolsa. O dia começou mal para o Ibovespa, que na parte da manhã refletiu previsões de menor crescimento global, sobretudo para os países ricos, e os dados ruins do “payroll”, que mostraram a criação de apenas 20 mil postos de trabalho nos EUA, quando a previsão era de 185 mil vagas.

Mas o posto Ipiranga do presidente Bolsonaro trouxe bons ventos no fim do dia: segundo Paulo Guedes, faltam 48 votos na Câmara para passar a reforma da Previdência e garantir o “seu trilhão de reais”. O resultado foi uma alta forte da bolsa no fim do dia, na contramão de Nova York. Veja tudo que movimentou os mercados no pregão de hoje.

Dia 66 de Bolsonaro - Nova estratégia?

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a reforma da Previdência nas suas redes socias e em pronunciamentos que fez ao longo do dia. Os eventos de ontem e hoje parecem sugerir uma mudança de estratégia, com Bolsonaro entrando na batalha da comunicação. A questão, agora, é... (leia mais)

Liberais só até a página 2?

Muitos candidatos se elegeram nas últimas eleições com plataformas econômicas liberais, incluindo o presidente Jair Bolsonaro. Mas assim que uma crise envolvendo duas grandes montadoras passou a ameaçar milhares de empregos em São Paulo, governantes das três esferas da administração pública resolveram mover alguns pauzinhos para tentar segurar as empresas no estado e preservar os postos de trabalho.

Recentemente, a GM veio com uma história de talvez abandonar o Brasil. Agora, o prefeito de São Caetano do Sul, eleito pelo PSDB, tenta negociar, oferecendo à montadora incentivos tributários para ficar. Quanto à Ford, as três esferas de governo decidiram cobrar da montadora um plano detalhado do fechamento da sua fábrica em São Bernardo do Campo, visando a ter argumentos para tentar reverter a decisão.

No meio do imbróglio, o governador João Doria já tratou de afirmar que as empresas do setor automotivo interessadas em comprar a fábrica da Ford se comprometem a preservar os empregos, além de anunciar um programa de incentivo fiscal à indústria paulista de veículos, com redução de ICMS. Confira os detalhes do plano nesta reportagem.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 4% com ações da Vale (VALE3); confira a recomendação

28 de novembro de 2022 - 8:27

Identifiquei uma oportunidade de swing trade baseada na análise quant – venda dos papéis da Vale (VALE3). Veja os detalhes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Hoje é dia de Brasil e… China: Os anúncios de Lula, Elon Musk no Twitter, ações da Cielo e outras notícias para além da Copa do Mundo

28 de novembro de 2022 - 8:14

Hoje, chineses saíram às ruas para protestar contra duras medidas restritivas para deter o avanço da covid-19. Por aqui, a expectativa é de que Lula bata o martelo sobre o formato da PEC da Transição

MERCADOS AGORA

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais caem com aumento da tensão na China; Ibovespa acompanha Lula em Brasília para transição

28 de novembro de 2022 - 7:12

RESUMO DO DIA: Os mercados financeiros internacionais reagem negativamente aos protestos registrados hoje em algumas cidades da China contra a política governamental de covid zero. As bolsas da região registraram perdas, enquanto a abertura na Europa também segue negativa. Diferentemente da última semana, os próximos dias serão recheados de importantes indicadores. Por aqui, os investidores […]

SEU DINHEIRO NA COPA

O risco Neymar: para além da Copa, quanto pode custar o tornozelo machucado do craque?

28 de novembro de 2022 - 6:04

Sem seguro individual para a maioria de seus jogadores, Paris Saint-Germain pode ter um prejuízo e tanto se Neymar ficar muito tempo fora

Cortou demais?

Após demitir mais da metade dos funcionários do Twitter, Elon Musk avisa: “Estamos contratando”

27 de novembro de 2022 - 15:40

Em postagem na rede social, Musk também revelou alguns pontos-chave de como funcionará o chamado Twitter 2.0

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies