Menu
2019-07-11T10:28:57-03:00
Nova Previdência

Ramos diz que é possível haver novos ajustes no texto do relator da reforma

Próxima sessão da comissão está marcada para logo mais às 13h. Às 15h, há sessão do Congresso, o que pode fazer com que o colegiado tenha de suspender os seus trabalhos

3 de julho de 2019
12:24 - atualizado às 10:28
Marcelo Ramos
Presidente da Comissão Especial da reforma da Previdência, Marcelo Ramos, apresenta balanço das atividades do colegiado - Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou que é possível que o relator, Samuel Moreira (PSDB-SP), faça novos ajustes no seu texto que foi apresentado na terça-feira. "Há uma demanda para que se retire referências a Estados e municípios do texto. Há possibilidade de novos ajustes", disse ele ao chegar para reunião com coordenadores de bancadas.

Na terça-feira, algumas lideranças do Centrão pediam nos bastidores um novo voto complementar de Moreira, já que ele teria deixado "pontas soltas" e não acatado algumas mudanças acordadas. Ramos, no entanto, negou que esses ajustes sejam um novo voto complementar.

A próxima sessão da comissão está marcada para logo mais às 13h. Às 15h, há sessão do Congresso, o que pode fazer com que o colegiado tenha de suspender os seus trabalhos. Questionado se será possível fazer os trabalhos da reforma avançarem ainda nesta quarta, ele afirmou que a responsabilidade dele é "colocar para votar, já conseguir os votos é com os líderes".

"Vamos enfrentar os requerimentos de adiamento, vamos ver se tem nova complementação de voto e vamos ver se tem acordo para votar o texto e deixar os destaques para depois", disse Ramos.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

CONTRATO FIRMADO E APROVADO

Superintendência do Cade aprova aquisição pela Elanco de divisão da Bayer

A operação consiste na aquisição, pela Elanco Animal Health da divisão de saúde animal da Bayer Aktiengesellschaft (BAH).

NOVO MINISTRO

Militar recebe cargo no Ministério da Saúde cobiçado pelo Centrão

O coronel Luiz Otávio Franco Duarte, nome levado pelo ministro interino Eduardo Pazuello, foi nomeado nesta quarta-feira, 27, para comandar a secretaria.

Quinta-feira, às 12h

Imposto de Renda 2020: As respostas estão aqui

A Julia Wiltgen estará ao vivo nesta quinta-feira (28), às 12h, com o tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados Associados, para responder às perguntas dos leitores no canal do Seu Dinheiro no Youtube.

IMPASSE

TCU pode suspender contratação de militares da reserva para reduzir filas do INSS

A contratação dos militares é considerada um ponto central da estratégia do governo Bolsonaro, mas enfrenta resistências de diversos setores da sociedade civil, do Judiciário e mesmo dentro do TCU, que veem com preocupação o aumento da presença de militares em funções destinadas a servidores civis.

INVESTIGAÇÃO

Aras tende a vetar pedido por celulares de Bolsonaro e Carlos

Na avaliação de Augusto Aras, não cabe a terceiros pedir a abertura de inquéritos ou medidas de investigação no caso.

EFEITO CORONAVÍRUS

Compras com cartões desaceleram ritmo e crescem 14,1% no 1º tri, diz Abecs

Trata-se do menor crescimento desde 2007, conforme a entidade.

DESACELERAÇÃO DO CONSUMO

Queda na Confiança das Famílias é a mais intensa da série histórica, diz CNC

O índice caiu para 81,7 pontos na pesquisa de maio, contra 95,6 pontos em abril, registrando queda mensal de 13,1% e anual de 13,7%.

volta gradual

Doria anuncia retomada gradual da economia em SP no dia 1º de junho

Segundo o governador, medida não é um relaxamento, mas um ajuste levando em conta as particularidades regionais do Estado

ENERGIA

Aneel tenta reduzir reajustes tarifários para ex-distribuidoras da Eletrobras

Segundo a Aneel, a última vez que essas distribuidoras passaram por revisão tarifária foi em 2013.

VALIDADE PRORROGADA

Congresso prorroga por 60 dias prazo de vigência de quatro MPS

O Congresso Nacional prorrogou o prazo de validade de quatro medidas provisórias por mais 60 dias. Os atos estão publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 27. Uma das MPs que teve vigência prorrogada é a MP 930, que dispõe sobre o tratamento tributário incidente sobre a variação cambial do valor de investimentos realizados […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements