🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Tem novidade no radar

Ministro da Infraestrutura diz que governo começará próximas consultas públicas para concessões em maio

Tarcísio Freitas refutou a ideia de que haverá um “vácuo” no movimento de privatização

Tarcísio Gomes de Freitas
Imagem: Divulgação/PPI.gov

O leilão de arrendamentos portuários realizado nesta sexta-feira, 5, encerra uma primeira fase de concessões de ativos de infraestrutura para a iniciativa privada. Concessões aeroportuárias, portuárias e ferroviárias foram licitadas com sucesso, atraindo investidores privados para operar esses ativos por 15 a 30 anos.

Não há novos certames federais já marcados, mas o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, refuta a ideia de que haverá um "vácuo" no movimento de transferência dos ativos para a iniciativa privada.

"Estamos caminhando bem naquilo que está planejado pelo Ministério de Infraestrutura em termos de parcerias com investidores privados. Seguindo rigorosamente, de forma ortodoxa, o plano que foi traçado no que diz respeito a esse pilar, que é a transferência de ativo para a iniciativa privada", disse a jornalistas, após o certame.

Ele citou iniciativas como o lançamento de chamada pública para novos estudos de concessões em aeroportos, já realizada, e disse que o governo, por meio da EPL, está na fase final de estudos de algumas rodovias, como a BR-163/PA na ligação de Sinop para Miritituba, a BR-381/MG, e a BR-153-GO/TO.

No primeiro caso, salientou que o edital deve ser apresentado para consulta pública em breve, já que o plano é leiloá-lo no ano que vem. "(O trecho) é fundamental para logística de grãos", justificou. "Acredito que no mês de maio começam a ir para a rua as primeiras consultas públicas", acrescentou.

Além disso, citou que o Tribunal de Contas da União (TCU) está em fase adiantada de análise da BR-364/365, na ligação Jataí-Uberlândia.

A expectativa, comentou, é que este seja um dos próximos leilões, ao lado do terminal de contêineres de Suape (PE), que também está perto de ter sua avaliação pelo TCU concluído, para que então possa ser publicado o edital.

Portos

Ainda no setor portuário, ele citou que os leilões de arrendamentos portuários em Santos e Paranaguá devem ocorrer este ano.

O secretário Nacional de Portos, Diogo Piloni, comentou que estão em vias de serem publicados os editais de um terminal de fertilizantes em sal (republicação) e de granéis líquidos, vocacionado para combustíveis e químicos, em Santos, e um terminal de celulose no Porto de Paranaguá, para o qual também já houve uma tentativa de licitação anterior.

"Isso na nossa previsão significa um leilão ainda no mês de agosto", disse, acrescentando que no caso de Suape, a expectativa é que o edital seja publicado até o fim do semestre.

Piloni também comentou que a secretaria está perto de concluir estudo para dois ou três terminais no porto de Itaqui, para granéis líquidos, com previsão de edital no fim do segundo semestre.

Ferrovias

Está em andamento trabalho para a incorporação de contribuições da consulta pública nos editais da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) e da Ferrogrão. "Acredito que em maio a gente mande para o TCU", disse o ministro.

Freitas afirma esperar uma tramitação rápida dos dois projetos, tendo em vista as discussões já realizadas, com a possibilidade de um edital ser publicado ainda este ano. Ele citou, ainda, os avanços no que diz respeito a renovação de concessões ferroviárias, tendo em vista o aval da área técnica do TCU dado esta semana. "Isso abre caminho para outras discussões", afirmou, citando as ferrovias de Carajás e Vitória-Minas, a concessão da MRS e a FCA.

Segundo o ministro, leilões de rodovias como a BR-153/GO/TO, BR-163/230-PA, BR-381-MG, BR-101/SC, BR-470-SC, bem como dos 22 aeroportos, devem ocorrer, provavelmente, no primeiro semestre do ano que vem. "E tem um pacote de outras licitações que estão sendo estruturadas que vão ficar mais para o final do ano que vem", disse, citando estudos a serem iniciados para cerca de 1,7 mil quilômetros de rodovias.

Também para o ano que vem estão previstas a relicitação da Nova Dutra e da Rio-Teresópolis (BR-040), incorporando o Arco Metropolitano do Rio de Janeiro, um trecho de BR-116-MG.

Compartilhe

SEM CONFIDENCIALIDADE

Fim do sigilo: Light (LIGT3) revela os segredos da negociação com credores

21 de fevereiro de 2024 - 20:16

A empresa de energia abriu nesta quinta-feira (21) os detalhes das propostas que estiveram sobre a mesa desde novembro do ano passado; confira os principais pontos

SEM EXCESSO

XP (XPBR31) vai enxugar US$ 9 bilhões do capital e apenas um acionista será restituído

21 de fevereiro de 2024 - 19:12

A operação foi aprovada nesta quarta-feira (21) em assembleia; confira os detalhes e o que levou a corretora a optar por essa redução

SINAL VERDE

Acionistas da Hypera (HYPE3) aprovam aumento de capital de R$ 4,5 bilhões; veja como será feita a operação

21 de fevereiro de 2024 - 19:06

A operação será realizada sem a emissão de novas ações e por meio da capitalização de uma parte da reserva de incentivos fiscais da companhia

EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Fim do calvário? Oi (OIBR3) dispara 124% em fevereiro e mira R$ 1 bilhão em valor de mercado. Veja o que está por trás da alta das ações

21 de fevereiro de 2024 - 15:06

A operadora atingiu um valor de mercado de R$ 941,78 milhões — o nível mais alto desde que a empresa entrou com o novo pedido de reestruturação de dívidas

AÇO FORTE

Por que as ações da Gerdau (GGBR4) sobem na B3 apesar do lucro menor 4T23?

21 de fevereiro de 2024 - 14:47

Resultados da Gerdau (GGBR4) tiveram impactos da importação de aço na China e crise inflacionária na Argentina, mas vieram dentro do esperado

AQUECIMENTO

A campeã voltou? Weg (WEGE3) supera as projeções no 4T23 e ações lideram o Ibovespa

21 de fevereiro de 2024 - 13:10

Lucro de R$ 1,75 bilhão da Weg (WEGE3) fica 30% acima do esperado pelo mercado, com melhora em praticamente todas as divisões

CONFIRA OS NÚMEROS

Iguatemi (IGTI11) divulga balanço sólido e ações têm desconto ante uma rival na bolsa, apontam analistas; é hora de comprar?

21 de fevereiro de 2024 - 12:34

A companhia divulgou ontem os números do quarto trimestre e também um guidance dos resultados projetados para 2024

DANÇA DAS CADEIRAS

De saída: CEO da Taesa (TAEE11) renuncia ao cargo após três anos no controle da elétrica; veja quem vai assumir a posição

21 de fevereiro de 2024 - 12:13

Desde 2020 na posição, o atual CEO da empresa de energia, André Augusto Telles Moreira, apresentou hoje a renúncia

DEVO, NÃO NEGO...

Unigel entra com plano de recuperação extrajudicial para reestruturar R$ 3,9 bilhões em dívidas

21 de fevereiro de 2024 - 8:40

Indústria química obteve a adesão de pouco mais de um terço dos credores e agora tem 90 dias para aprovar plano de recuperação extrajudicial; veja a proposta

NÃO VAMOS DOBRAR A META?

Por que a Vamos (VAMO3) abandonou de vez o plano de atingir uma frota com 100 mil ativos até 2025

20 de fevereiro de 2024 - 19:50

A meta havia se tornado pública em entrevista concedida pelo CEO da empresa, Gustavo Couto, em meados do ano passado

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies