Menu
2019-06-12T17:29:20-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Não muda nada

Governo ainda defende economia de mais de R$ 1 trilhão na reforma da Previdência, segundo líder na Câmara

Perguntado sobre a possibilidade de retirar a capitalização do projeto, Victor Hugo disse que isso “não impacta em nada”, porque o que consta na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) é uma chamada para permitir a discussão desse modelo futuramente. 

12 de junho de 2019
17:29
Major Vitor Hugo
Major Vitor Hugo - Imagem: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Ao longo da tarde, tivemos notícias falando que a economia estimada com a reforma poderia cair para R$ 800 bilhões, ante os R$ 1,2 trilhão previstos inicialmente. Mas o líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo, negou. Ele afirmou hoje (12) que o governo continua buscando uma economia de mais de R$ 1 trilhão em dez anos, com a reforma da Previdência.

Vitor Hugo falou, após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e outros deputados do PSL que aconteceu no Ministério da Economia.

Perguntado sobre a possibilidade de retirar a capitalização do projeto, Victor Hugo disse que isso "não impacta em nada", porque o que consta na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) é uma chamada para permitir a discussão desse modelo futuramente.

Segundo o líder do governo na Câmara, o regime de capitalização deve ser enviado posteriormente como projeto de lei ou nova PEC.

Com relação aos Estados e municípios, o líder disse que a ausência na reforma não muda em nada a economia pretendida pelo governo. Segundo ele, vivemos em uma federação e é importante que haja discussões de diferentes níveis de governo.

Victor Hugo também manifestou expectativa com a aprovação do projeto citando sinais de deputados, especialistas e da sociedade. O deputado citou as manifestações que aconteceram em 26 de maio.

Perguntado sobre os votos, o parlamentar disse que é prematuro pensar em contagem de votos porque o relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) ainda não foi formalmente apresentado.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Recuperação à vista?

EUA pisam fundo na vacinação e economia responde com ritmo moderado entre fevereiro e abril

Confira os destaques do Livro Bege para o período de imunização acelerada e fortalecimento dos gastos dos consumidores

Crescimento gringo

BofA passa a recomendar compra de ação da MRV, otimista com atuação da empresa nos EUA

Banco incorporou avaliação da AHS à sua análise e considera que potencial de crescimento da empresa ainda não está precificado

Ninguém escapa

Cenário turbulento afeta até mesmo os IPOs da saúde, um dos setores preferidos dos investidores

Empresas com ofertas ambiciosas tiveram de reduzir suas estimativas de preços ou adiar datas para seguir com as operações

Disparada

No embalo do recorde do bitcoin, ações da Coinbase disparam mais de 70% na estreia na Nasdaq

O CEO da empresa, Brian Armstrong, comentou mais cedo sobre a abertura de capital da Coinbase ao portal CNBC

Fura-teto?

Criticado, governo vai rever PEC que livra obras do teto

O texto não caiu bem entre economistas, parlamentares e membros do próprio governo federal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies