⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2019-06-07T18:55:15-03:00
Estadão Conteúdo
Pibinho de novo?

Itaú e Bradesco pioram projeção do PIB no 1º trimestre após dado industrial

Bancos também demonstraram temores com relação ao dinamismo da atividade econômica no segundo trimestre

3 de maio de 2019
16:39 - atualizado às 18:55
Gráfico de barras
Dados da indústria desanimaram os analistas do Itaú e do Bradesco - Imagem: Shutterstock

Após a queda da produção industrial em março, os dois maiores bancos privados do País - Bradesco e Itaú Unibanco - pioraram suas análises em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre.

Além disso, há temores com relação ao dinamismo da atividade econômica no segundo trimestre. O PIB do primeiro trimestre será divulgado no dia 30 deste mês pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Itaú Unibanco foi mais assertivo quanto à estimativa para o PIB do primeiro trimestre. A projeção para o período de janeiro a março saiu de baixa de 0,1% para retração de 0,2%. A queda, se confirmada, será a primeira após oito trimestres de crescimento.

O banco observa que o declínio de 1,3% da produção industrial de março na margem veio pior que o esperado (-0,7%), ressaltando que o movimento foi disseminado entre os componentes, sendo que somente nove das 26 atividades econômicas apresentaram alta no mês.

"Os primeiros indicadores coincidentes (confiança da indústria, utilização da capacidade instalada, dados semanais de comércio exterior, entre outros) sinalizam recuo de 0,5% da produção industrial em abril (variação mensal dessazonalizada). Nossa projeção para o PIB do primeiro trimestre aponta para queda de 0,2% na comparação trimestral dessazonalizada", dizem em nota os economistas do Itaú Luka Barbosa e Alexandre Gomes da Cunha.

Conforme o Bradesco, a queda da produção industrial em março, de 1,3% na margem, foi bem superior à esperada. "Com isso, a nossa estimativa de variação do PIB de -0,1% no primeiro trimestre tem um viés baixista", admite em relatório.

De acordo com o Bradesco, a indústria segue com pouco dinamismo, com o nível de produção próximo ao verificado em 2017.

"Adicionalmente, os indicadores coincidentes de abril disponíveis até o momento e a moderação do mercado de trabalho indicam que, por ora, a transição do primeiro para o segundo trimestre está ocorrendo em velocidade aquém da esperada."

A queda de 1,3% da produção industrial veio igual o piso das estimativas na pesquisa do Projeções Broadcast, bem como o recuo de 6,10% na comparação com março de 2018.

Ano

Apesar da visão negativa em relação às projeções para o PIB do primeiro trimestre, tanto o Itaú Unibanco quanto o Bradesco não alteraram por enquanto as estimativas para o dado fechado do ano. No Itaú, a expectativa para o PIB de 2019 continua sendo de alta de 1,3% e, no Bradesco, a previsão permanece em 1,9%, por ora.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa fecha setembro no azul, o potencial da Weg (WEGE3) e a semana do bitcoin; confira os destaques do dia

30 de setembro de 2022 - 19:19

O último pregão do mês foi também o último antes da definição do primeiro turno das eleições presidenciais de 2022. Apesar disso, levou um tempo até que a política fosse o principal gatilho para os negócios.  Isso porque o debate final entre os candidatos à chefia do Executivo não trouxe grandes mudanças no cenário-base, já […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa fecha setembro no azul por um triz após nova onda do ‘efeito Meirelles’; dólar vai a R$ 5,39

30 de setembro de 2022 - 18:53

O Ibovespa deixou a política parcialmente de lado no último pregão antes do pleito de domingo

Balanço do mês

Os melhores investimentos de setembro: dólar tem a maior alta do mês, e Brasil vai na contramão do mundo com valorização de quase todos os ativos

30 de setembro de 2022 - 18:42

Títulos prefixados vêm logo em seguida, beneficiados pelo fim do ciclo de alta da Selic no Brasil. Veja o ranking completo dos melhores e piores investimentos do mês

EFEITO MEIRELLES 2.0

Bolsa amplia alta e Magazine Luiza (MGLU3) dispara com novo rumor sobre Henrique Meirelles no governo em caso de vitória do petista

30 de setembro de 2022 - 16:01

Descolando de seus pares internacionais, a bolsa brasileira opera em forte alta, mas o grande destaque fica com a curva de juros e a disparada de ações do setor de consumo

É HORA DE COMPRAR?

Morgan Stanley altera recomendação da Weg (WEGE3) de venda para compra e papel sobe mais de 6%

30 de setembro de 2022 - 15:51

Na avaliação dos analistas, a Weg (WEGE3) tende a se beneficiar das tendências de automação, eletrificação e descarbonização do mercado e pode subir 29,3%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies