Menu
2019-04-02T15:00:32-03:00
Estadão Conteúdo
Dados divulgados pela ANP

Produção do pré-sal cresce 3,6% em fevereiro ante mesmo mês de 2018

Segundo ANP, aproveitamento de gás natural no Brasil no mês alcançou 95,4% do volume total produzido; 56,2 milhões de m³/d foram disponibilizados ao mercado

2 de abril de 2019
14:18 - atualizado às 15:00
tnrgo_abr_1907181901 (1)
Plataforma de petróleo,ancorada na Baía de Guanabara, destinada ao Sistema de Produção do Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos. - Imagem: Tania Regô/Agência Brasil

A produção do pré-sal em fevereiro fechou em 1,826 milhão de barris de óleo equivalente por dia (que inclui petróleo e gás, boe/d), um aumento de 3,6% se comparada ao mesmo mês de 2018. Em relação a janeiro, no entanto, houve redução de 0,6%.

Foram produzidos 1,450 milhão de barris de petróleo por dia (bpd) e 59,8 milhões de metros cúbicos diários (m³/d) de gás natural por meio de 88 poços. A participação do pré-sal na produção total nacional em fevereiro foi de 57,4%.

Já a produção total de petróleo e gás no Brasil, no mês, totalizou 3,182 milhões de boe/d, sendo 2,489 milhões de bpd e 110 milhões de m³/d de gás natural. A produção de petróleo no período diminuiu 5,4 % na comparação com o mês anterior e 4,9% se comparada com fevereiro de 2018.

A produção de gás natural, por sua vez, teve uma redução de 2,7% em comparação ao mês anterior e um aumento de 0,3%, se comparada com o mesmo mês de 2018.

"Os principais motivos para a queda em relação a janeiro foram a interdição da plataforma P-43, que opera nos campos de Barracuda e Caratinga, e a parada programada para manutenção da FPSO Capixaba, que opera nos campos de Jubarte e Cachalote", informou a ANP, em comunicado.

O aproveitamento de gás natural no Brasil no mês alcançou 95,4% do volume total produzido. Foram disponibilizados ao mercado 56,2 milhões de m³/d. A queima de gás totalizou 5,1 milhões de m³/d, uma diminuição de 9,4% se comparada ao mês anterior e um aumento de 42,1% em relação ao mesmo mês em 2018.

A ANP informou ainda que o campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural. Produziu, em média, 885 mil bpd de petróleo e 37,5 milhões de m³/d de gás natural. Os campos operados pela Petrobras produziram 94% do petróleo e gás natural.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Mudanças

BB confirma Ieda Cagni para presidência do Conselho de Administração

Nesta quarta-feira, foi realizada a primeira reunião do novo Conselho do Banco do Brasil. Na ocasião, os membros eleitos na assembleia definiram os ocupantes dos cargos de presidente e vice-presidente do colegiado.

Seu Dinheiro na sua noite

A receita do dr. Copom: +0,75 ponto de Selic na veia

O Copom cumpriu as expectativas e aumentou a Selic ao nível de 3,5%. No entanto, o comunicado trouxe algumas surpresas

Ficou para 31 de maio

Bolsonaro veta novo adiamento de prazo para entrega do Imposto de Renda

O presidente aceitou a recomendação feita pelo Ministério da Economia, que previa um impacto negativo na arrecadação da União e estados com uma nova data

Mudança nos juros

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou na decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 3,5% ao ano

CRYPTO NEWS

O mercado está cheio de bitcoin, mas as prateleiras estão vazias

O fluxo de saída da criptomoeda mais famosa das exchanges é algo inédito deste ciclo e pode representar a falta do ativo nas exchanges de cripto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies