Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:10:12-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Ações

UBS eleva recomendação de Petrobras para “compra”

Em relatório instituição chama companhia de “Felix incansável” que começa a se levantar novamente. Preço alvo é de R$ 33,00

12 de fevereiro de 2019
10:23 - atualizado às 14:10
Prédio da Petrobras no Rio de Janeiro
Imagem: Shutterstock

Para os analistas do banco UBS, os principais pilares do tema de investimento em Petrobras, aumento de produção e desalavancagem, têm grande chance de desenvolvimento com a chegada no novo presidente, Roberto Castello Branco. Com isso, a recomendação da casa para os papéis da estatal saiu de “neutro”, onde estava desde junho de 2018, para “compra”, com preço algo de R$ 33, ante os R$ 26 anteriores. Atualmente o papel é negociado na casa de R$ 24,80 na B3.

“Acreditamos que a Petrobras tem um futuro brilhante, desde que o controlador mantenha a empresa independente e continue a desinvestir”, diz o relatório.

A tese de investimento é baseada em duas premissas: Crescimento de produção de 20% nos próximos dois anos; E um aceleração no processo de desalavancagem em função da maior capacidade de geração de caixa.

Há, ainda, um “risco de alta” já que o UBS vê um potencial de desinvestimento entre US$ 10 bilhões a US$ 25 bilhões, que poder ser utilizado para redução a relação dívida/Ebitda para baixo de 1,5 vezes de forma mais rápida que a prevista no cenário base.

O banco também trabalha com um preço de longo prazo de US$ 70 o barril do tipo Brent, estima menor custo de extração e aumento nas margens de refino.

Os analistas lembram que a empresa somou seis novas unidades de produção desde 2018 e outras 13 devem entrar em operação até 2023. Os campos do pré-sal se mostraram de menor custo que os demais, com US$ 7 por barris retirado. Além disso, o novo governo já indicou que não deve intervir no preço dos combustíveis, o que pode afetar positivamente as margens.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Ora, pois

Bradesco deve abrir base em Portugal para ‘seguir’ milionários brasileiros

Movimento de migração de famílias clientes do segmento private do banco após a pandemia levou à retomada dos estudos para entrar no mercado lusitano

De volta aos dois dígitos

Mercado já vê juros de até 11% em 2022

Drible no teto de gastos gerou movimento generalizado nas instituições financeiras para revisar para cima suas projeções para a taxa de juros

Óleo e gás

3R Petroleum (RRRP3) certifica reservas provadas de 185,1 milhões de barris

Companhia divulgou resultado da certificação de reservas do Campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos, cuja participação foi adquirida da Petrobras

Valor intangível

As 10 marcas mais valiosas do mundo em 2021 – a líder vale US$ 408,2 bilhões

Apple lidera ranking da Interbrand, seguida de outras big techs; com alta de 184%, Tesla foi a marca com maior salto no seu valor no último ano

Contrata-se

Fintechs fazem mercado de vagas crescer 466%, com foco em tecnologia

Startups de tecnologia para o mercado financeiro procuram talentos sobretudo na área de TI, e alguns processos seletivos são exclusivos para mulheres

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies