🔴 AÇÃO QUE JÁ DISPAROU 1.200% E AINDA ESTÁ BARATA – VEJA QUAL

Estadão Conteúdo
Reforma

Ausência de regras para militares na PEC da Previdência foi questão de tramitação, diz Onyx

Ministro reforçou a necessidade de compromisso de que as forças armadas vão contribuir com as mudanças na Previdência e reforçou alterações

Estadão Conteúdo
21 de fevereiro de 2019
11:03 - atualizado às 9:53
Ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni - Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, esclareceu nesta quinta-feira, 21, que o encaminhamento da proposta de reforma da Previdência, ao Congresso, sem incluir o projeto que altera as regras dos regimes previdenciários dos militares foi uma decisão tomada apenas para facilitar a tramitação.

"Como há um processo de PEC (proposta de emenda à Constituição) para todos, com exceção dos militares, preferimos postergar o envio apenas por uma questão de tramitação", disse Lorenzoni em entrevista à Rádio Gaúcha.

Ele reforçou, no entanto, que há o compromisso de que as forças armadas vão contribuir com as mudanças na Previdência e ressaltou pontos que serão alterados como o aumento na alíquota de contribuição e maior tempo de serviço até a aposentadoria militar.

Ontem, caciques de partidos do chamado Centrão criticaram publicamente o governo federal por não apresentar as regras propostas para os militares.

"A ausência dos militares das Forças Armadas na proposta de reforma da Previdência enviada hoje por Bolsonaro à Câmara é um sinal ruim para a sociedade e pode dificultar o andamento da proposta entre os deputados", escreveu o deputado Marcos Pereira (SP), presidente do PRB e 1º vice-presidente da Câmara, em sua página no Twitter.

O senador Ciro Nogueira (PI), presidente do PP, escreveu também na rede social que uma reforma da Previdência que não inclua os militares, "não deveria sequer tramitar".

Mais tarde, em pronunciamento na televisão, Bolsonaro afirmou que a reforma seria justa para todos e citou os militares no discurso.

"A nova Previdência será justa para todos, sem privilégios. Ricos e pobres, servidores públicos, políticos ou trabalhadores privados, todos seguirão as mesmas regras de idade e tempo de contribuição. Também haverá a reforma dos sistemas de proteção social dos militares", disse.

Na entrevista dada por Onyx na manhã de hoje, em linha com o posicionamento de Bolsonaro, o ministro ressaltou que o governo federal está preocupado com as pessoas de baixa renda e que o sistema previdenciário que está sendo construído - que vai do pagamento de R$ 400 a um salário mínimo - seria melhor do que deixar esta faixa da população com recursos do programa Bolsa Família.

"Quando a gente fala de olhar fraterno é isso", comentou. O chefe da Casa Civil ainda enfatizou que os políticos vão entrar no regime geral da Previdência e desmentiu a possibilidade de corte de recursos para pessoas com deficiência.

Compartilhe

Fala do ministro

Onyx Lorenzoni projeta abertura de 2,5 milhões de postos de trabalho até dezembro

26 de agosto de 2021 - 12:32

A projeção foi feita em coletiva nesta quinta-feira para comentar a divulgação do Caged de julho, que registrou saldo positivo de 316.580 vagas

Novos tempos

Bolsonaro recria Ministério do Trabalho e Previdência com poder sobre FGTS e FAT

28 de julho de 2021 - 7:37

Diário Oficial da União traz a decisão do presidente de recriar a pasta, além da nomeação de Onyx Lorenzoni para comandá-la

stf ainda vai analisar

Onyx confessa caixa 2 e assina acordo com PGR

4 de agosto de 2020 - 7:00

Ele se comprometeu a pagar R$ 189.145,00 como multa para que a investigação seja encerrada

auxílio emergencial

Onyx diz que filas da Caixa ocorrem por causa da ‘natureza’ dos brasileiros

1 de maio de 2020 - 8:22

Benefício contempla milhões de pessoas consideradas “invisíveis”, que, em diversos casos, não possuem registro civil e acesso à internet

Dança das cadeiras

Bolsonaro tira Onyx da Casa Civil e convida general para o cargo

12 de fevereiro de 2020 - 16:09

Walter Braga Netto é o atual Chefe do Estado-Maior do Exército e comandou a intervenção no Rio de Janeiro em 2018

volta do ministro

‘Estamos estudando mudar regras para uso de aviões da FAB, diz Onyx Lorenzoni

3 de fevereiro de 2020 - 13:05

Sobre a crise iniciada com a demissão de Santini, ministro disse que “essa é uma situação a ser ajustada, passível de várias interpretações”

sem mudanças por ora

Bolsonaro dá sobrevida a Onyx, apesar de pressões

1 de fevereiro de 2020 - 12:41

Interlocutores do presidente afirmam que a intenção é mantê-lo no posto por enquanto, apesar de ter suas funções esvaziadas

Projeção

‘Não há espaço para o centro em 2022’, diz Onyx Lorenzoni

20 de dezembro de 2019 - 13:15

Filiado ao DEM, Onyx prevê uma nova disputa polarizada entre a direita e a esquerda, mas com muitas mudanças no quadro partidário até lá

Grana solta

Onyx anuncia liberação de R$ 8,3 bilhões em recursos do Orçamento

17 de setembro de 2019 - 17:24

Informações do ministro mostram que, do total desbloqueado, R$ 1,9 bilhão ficará para a Educação

Agora é oficial

Governo apresenta lista de privatizações, com Correios e Telebras

21 de agosto de 2019 - 18:07

Anúncio foi feito após reunião do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI). Petrobras não está na lista, ministro fala em “passo a passo”. Governo vai vender ações do BB

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar