Menu
2019-07-24T17:04:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Dinheiro na mão

Governo confirma limite de R$ 500 para saques das contas do FGTS

Detalhes serão apresentados hoje à tarde. Limite será por conta e não por CPF. Quase 80% das contas do FGTS têm saldo de até R$ 500

24 de julho de 2019
10:05 - atualizado às 17:04
Onyx
Imagem: Marcos Corrêa/PR

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, confirmou na manhã desta quarta-feira, 24, a liberação do saque de até R$ 500 das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Mais tarde, o presidente Jair Bolsonaro reafirmou o limite, mas disse que até "a última hora" tudo pode mudar.

Em entrevista à "Rádio Gaúcha", o ministro disse que a liberação irá injetar cerca de R$ 30 bilhões na economia brasileira neste ano e mais R$ 10 bilhões no ano que vem. Com os recursos do PIS/Pasep, o total chegará a R$ 42 bilhões, até março de 2020.

De acordo com o ministro, os saques terão o limite de R$ 500 por conta e não por CPF, contudo, serão proporcionais ao montante que o trabalhador tem na conta. Ou seja, quem tem um montante na faixa dos R$ 500, não poderá sacar tudo, pois terá de respeitar a proporcionalidade elaborada pela Caixa.

A medida deve ser anunciada na tarde de hoje, em cerimônia que ocorrerá a partir das 16 horas, no Palácio do Planalto. Onyx confirmou que das 260 milhões de contas do FGTS, mais de 80% ou 211 milhões, possuem saldo de apenas R$ 500.

Segundo o ministro, a proposta deve ajudar até 96 milhões de trabalhadores e vem da preocupação do presidente Bolsonaro com os mais de 60 milhões de brasileiros endividados, que têm o nome sujo no Serasa.

Em 2017, quando Michel Temer promoveu a liberação de contas inativas, foram colocados R$ 44,3 bilhões em circulação. Estudo feito pelo BC mostrou que 26 milhões de indivíduos foram beneficiados, com saque médio de R$ 1.704. A diferença é que agora além de contas inativas as contas ativas também poderão ser sacadas.

O anúncio estava previsto para a quinta-feira da semana passada, para coroar os 200 dias de governo Jair Bolsonaro, mas no último instante uma reunião com representantes do setor de construção, que temem perder acesso a recursos “baratos” do fundo para obras de construção civil, saneamento e infraestrutura, levou ao adiamento e surgiu esse desenho de limitar os saques.

Até então, o que se aventava saques escalonados de acordo com o saldo em conta. Quem tinha até R$ 5 mil, poderia pegar 35%. Trabalhadores com o limite de R$ 10 mil no FGTS seriam autorizados a sacar 30% do valor. Já para valores entre R$ 10 mil e R$ 50 mil, o porcentual estava em aberto. Acima disso, a retirada seria de 10% do valor.

Liberação anual e multa

Na terça-feira, o ministro Paulo Guedes disse que as liberações ocorrerão anualmente. Falta esclarecer se ao optar por esse “saque aniversário”, o trabalhador terá de abrir mão de receber todo o saldo do fundo em caso de demissão.

Questionado sobre recentes comentários críticos do presidente Bolsonaro sobre a multa de 40% paga por empregadores a trabalhadores demitidos sem justa causa, Onyx afirmou que a regra, por enquanto, não será mudada, mas que concorda com Bolsonaro que há muitos encargos envolvidos. "Para rever isso, vamos ter que mexer na questão estruturante. A questão deverá ser tratada na reforma tributária", disse.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Estudo

Fundos imobiliários ou ações de properties: qual a melhor forma de investir no mercado imobiliário?

Estudo da gestora RBR mostra que fundos são mais eficientes para investimento imobiliário do que empresas que administram imóveis, mas o melhor veículo pode variar caso a caso.

SEXTOU COM RUY

Onde colocar seu dinheiro se a poupança está uma merda?

Portanto, se o rendimento da poupança está uma merda, não se preocupe, porque isso significa que esse é justamente o melhor momento para investir em ações

Oportunidade para o investidor

Conselho da Iguatemi aprova emissão de R$ 264 milhões em debêntures

Trata-se da oitava emissão dos títulos pela empresa, que serão negociados em série única e vinculados a uma emissão de CRI

Seu Dinheiro na sua noite

O que mudou e o que não mudou na bolsa

Quando surgiram as primeiras notícias sobre o surto do coronavírus na China, havia poucos elementos para afirmar se estávamos ou não diante de uma crise de saúde de proporções globais. Hoje já não temos mais dúvidas disso. A dolorosa queda de 7% da bolsa na quarta-feira de cinzas marcou a passagem da incerteza que tínhamos […]

É dólar na veia

Na luta para conter o dólar, Banco Central anuncia oferta de US$ 1 bilhão em contratos de swap nesta sexta-feira

Negociação será realizada na bolsa entre 9h30 e 9h40 e deve contemplar até 20 mil contratos

Dados do Banco Central

Reservas internacionais subiram US$ 976 milhões no dia 26 de fevereiro, para US$ 360,578 bilhões

Resultado reflete sobretudo a oscilação do valor de mercado dos ativos que compõem as reservas

Menor nível em quatro meses

Pressionado pelo coronavírus, Ibovespa cai mais 2,59% e fecha na mínima do dia; dólar sobe a R$ 4,47

O mercado até ensaiou um movimento de recuperação no meio da tarde, mas a cautela com o surto de coronavírus prevaleceu, derrubando o Ibovespa — apenas quatro ações do índice fecharam em alta. O dólar cravou mais uma máxima

No radar

Abimaq diz não ter dado que indique desabastecimento por causa do novo coronavírus

Setor de máquinas está promovendo ações preventivas para evitar qualquer risco de desabastecimento

Negócio em aberto

Bayer concorda com nova revisão sobre aquisição da Monsanto

Empresa vai permitir que um especialista independente revise suas regras e examine os seus principais negócios

Enchentes

Chuvas de fevereiro dão prejuízo de R$ 203 milhões ao comércio do sudeste, diz CNC

Mais da metade do rombo foi concentrado no Estado de São Paulo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements