Menu
2019-11-01T14:23:51-03:00
Crise global

FAO eleva para 7,054 milhões número de animais eliminados por peste suína

Número representa um aumento de 100 mil animais em relação ao levantamento anterior da organização, feito em 24 de outubro

1 de novembro de 2019
14:23
porcos-fazenda
Imagem: Shutterstock

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) informou nesta sexta-feira, 1º de novembro, que 7.054.417 suínos já foram eliminados em países asiáticos por causa da contaminação com a peste suína africana. O número representa um aumento de 100 mil animais em relação ao levantamento anterior da organização, de 24 de outubro.

Os dados da FAO foram atualizados até a quinta-feira, 31, Os dados da FAO divergem das estimativas de mercado por contabilizarem somente os números divulgados pelos órgãos oficiais de cada país.

O aumento se deve principalmente ao número de suínos descartados no Vietnã, que passou de 5,6 milhões para 5,7 milhões. É a pior condição em termos de número de animais levados ao abate sanitário. No país, segundo o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural, a epidemia atingiu 63 províncias desde o relato da doença, em 19 de fevereiro.

A FAO informou ainda que seis novos focos da doença foram detectados no continente. Dos novos casos, quatro foram verificados na Coreia do Sul, um na China e um no Vietnã. Com a atualização, a FAO estima 580 focos da doença espalhados pela Ásia, ante 574 do relatório anterior.

No levantamento desta sexta, a FAO incluiu também a identificação de quatro novos focos da doença na Coreia do Sul.

O Ministério da Agricultura, Alimentação e Assuntos Rurais do país informou que desde que a doença foi notificada, três cidades foram atingidas, com 32 focos detectados e 54,1 mil animais eliminados.

Na China, um novo foco foi identificado na província de Yunnan, levando ao sacrifício de 15 suínos. O país tem a situação mais crítica em termos de extensão, com 161 focos em 32 províncias, incluindo a região administrativa de Hong Kong.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais do país, desde a identificação da doença 1,192 milhão de animais foram eliminados.

Nos demais países afetados, Coreia do Norte, Mongólia, Filipinas, Camboja, Mianmar, Laos e Timor Leste, os números ficaram inalterados em relação ao balanço anterior.

Nas Filipinas, 32 focos em sete províncias e uma cidade foram identificados. Desde 25 de julho deste ano, quando o Departamento de Agricultura local confirmou o primeiro caso, foram eliminados 62 mil suínos.

No Camboja, de acordo com o Ministério da Agricultura, Florestas e Pesca do país, desde a identificação da doença, em 2 de abril, 2,85 mil animais foram mortos e cinco províncias foram atingidas.

Quanto à Mongólia, desde o primeiro caso, detectado em 15 de janeiro, 11 surtos foram notificados em seis províncias, levando à eliminação de 3,115 mil animais, mais de 10% do plantel do país. No Laos, desde a detecção da epidemia, em 20 de junho, 165 focos foram relatados em 17 províncias e 39 mil animais foram eliminados.

A Coreia do Norte permanece com um foco da doença identificado em 23 de maio, o que levou à eliminação de 77 animais.

Em Mianmar, desde que o primeiro caso foi detectado pelo governo, em 1º de agosto, a epidemia atingiu aldeias da província de Shan State com quatro focos e já levou ao abate sanitário de 163 animais.

No Timor Leste, desde que o primeiro caso foi confirmado, em 27 de setembro, 100 focos foram identificados e 405 animais, sacrificados.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Oportunidade para o investidor

Conselho da Iguatemi aprova emissão de R$ 264 milhões em debêntures

Trata-se da oitava emissão dos títulos pela empresa, que serão negociados em série única e vinculados a uma emissão de CRI

Seu Dinheiro na sua noite

O que mudou e o que não mudou na bolsa

Quando surgiram as primeiras notícias sobre o surto do coronavírus na China, havia poucos elementos para afirmar se estávamos ou não diante de uma crise de saúde de proporções globais. Hoje já não temos mais dúvidas disso. A dolorosa queda de 7% da bolsa na quarta-feira de cinzas marcou a passagem da incerteza que tínhamos […]

É dólar na veia

Na luta para conter o dólar, Banco Central anuncia oferta de US$ 1 bilhão em contratos de swap nesta sexta-feira

Negociação será realizada na bolsa entre 9h30 e 9h40 e deve contemplar até 20 mil contratos

Dados do Banco Central

Reservas internacionais subiram US$ 976 milhões no dia 26 de fevereiro, para US$ 360,578 bilhões

Resultado reflete sobretudo a oscilação do valor de mercado dos ativos que compõem as reservas

Menor nível em quatro meses

Pressionado pelo coronavírus, Ibovespa cai mais 2,59% e fecha na mínima do dia; dólar sobe a R$ 4,47

O mercado até ensaiou um movimento de recuperação no meio da tarde, mas a cautela com o surto de coronavírus prevaleceu, derrubando o Ibovespa — apenas quatro ações do índice fecharam em alta. O dólar cravou mais uma máxima

No radar

Abimaq diz não ter dado que indique desabastecimento por causa do novo coronavírus

Setor de máquinas está promovendo ações preventivas para evitar qualquer risco de desabastecimento

Negócio em aberto

Bayer concorda com nova revisão sobre aquisição da Monsanto

Empresa vai permitir que um especialista independente revise suas regras e examine os seus principais negócios

Enchentes

Chuvas de fevereiro dão prejuízo de R$ 203 milhões ao comércio do sudeste, diz CNC

Mais da metade do rombo foi concentrado no Estado de São Paulo

Não vai dar

Facebook e Microsoft cancelam participação em eventos por temor com coronavírus

Sony, Electronic Arts e Unity Technologies também já tinham informado que não participariam de conferência

Embraer monitorada

S&P mantém rating BBB da Embraer em observação para eventual rebaixamento

Avaliação reflete a aprovação ainda pendente da Comissão Europeia sobre o acordo entre a empresa brasileira e a Boeing, diz agência

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements