Menu
2019-11-01T14:23:51-03:00
Estadão Conteúdo
Crise global

FAO eleva para 7,054 milhões número de animais eliminados por peste suína

Número representa um aumento de 100 mil animais em relação ao levantamento anterior da organização, feito em 24 de outubro

1 de novembro de 2019
14:23
porcos-fazenda
Imagem: Shutterstock

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) informou nesta sexta-feira, 1º de novembro, que 7.054.417 suínos já foram eliminados em países asiáticos por causa da contaminação com a peste suína africana. O número representa um aumento de 100 mil animais em relação ao levantamento anterior da organização, de 24 de outubro.

Os dados da FAO foram atualizados até a quinta-feira, 31, Os dados da FAO divergem das estimativas de mercado por contabilizarem somente os números divulgados pelos órgãos oficiais de cada país.

O aumento se deve principalmente ao número de suínos descartados no Vietnã, que passou de 5,6 milhões para 5,7 milhões. É a pior condição em termos de número de animais levados ao abate sanitário. No país, segundo o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural, a epidemia atingiu 63 províncias desde o relato da doença, em 19 de fevereiro.

A FAO informou ainda que seis novos focos da doença foram detectados no continente. Dos novos casos, quatro foram verificados na Coreia do Sul, um na China e um no Vietnã. Com a atualização, a FAO estima 580 focos da doença espalhados pela Ásia, ante 574 do relatório anterior.

No levantamento desta sexta, a FAO incluiu também a identificação de quatro novos focos da doença na Coreia do Sul.

O Ministério da Agricultura, Alimentação e Assuntos Rurais do país informou que desde que a doença foi notificada, três cidades foram atingidas, com 32 focos detectados e 54,1 mil animais eliminados.

Na China, um novo foco foi identificado na província de Yunnan, levando ao sacrifício de 15 suínos. O país tem a situação mais crítica em termos de extensão, com 161 focos em 32 províncias, incluindo a região administrativa de Hong Kong.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais do país, desde a identificação da doença 1,192 milhão de animais foram eliminados.

Nos demais países afetados, Coreia do Norte, Mongólia, Filipinas, Camboja, Mianmar, Laos e Timor Leste, os números ficaram inalterados em relação ao balanço anterior.

Nas Filipinas, 32 focos em sete províncias e uma cidade foram identificados. Desde 25 de julho deste ano, quando o Departamento de Agricultura local confirmou o primeiro caso, foram eliminados 62 mil suínos.

No Camboja, de acordo com o Ministério da Agricultura, Florestas e Pesca do país, desde a identificação da doença, em 2 de abril, 2,85 mil animais foram mortos e cinco províncias foram atingidas.

Quanto à Mongólia, desde o primeiro caso, detectado em 15 de janeiro, 11 surtos foram notificados em seis províncias, levando à eliminação de 3,115 mil animais, mais de 10% do plantel do país. No Laos, desde a detecção da epidemia, em 20 de junho, 165 focos foram relatados em 17 províncias e 39 mil animais foram eliminados.

A Coreia do Norte permanece com um foco da doença identificado em 23 de maio, o que levou à eliminação de 77 animais.

Em Mianmar, desde que o primeiro caso foi detectado pelo governo, em 1º de agosto, a epidemia atingiu aldeias da província de Shan State com quatro focos e já levou ao abate sanitário de 163 animais.

No Timor Leste, desde que o primeiro caso foi confirmado, em 27 de setembro, 100 focos foram identificados e 405 animais, sacrificados.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

O melhor do seu dinheiro

Alguém chame os bombeiros

Hoje tivemos mais um dia de grande volatilidade nos mercados brasileiros, que entraram em parafuso com o temor de que o teto de gastos poderia vir a ser furado. Os investidores aguardam com grande ansiedade a votação da PEC Emergencial, aquela que permitirá o retorno do auxílio emergencial. E rumores de que ela seria desidratada […]

FECHAMENTO

Em dia de alta volatilidade, Lira salva Ibovespa de um fiasco e segura o dólar em R$ 5,66

A volatilidade reinou absoluta nesta quarta-feira (03) e mais uma vez Brasília foi responsável por movimentar os negócios no Brasil. Lá fora, o dia foi de cautela com a alta dos juros futuros

Luz no fim do túnel?

Ministério da Saúde avança em negociações com laboratórios para comprar vacinas

A declaração do MS foi dada pelo titular da pasta, Eduardo Pazuello, em reunião com a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Crypto News

Bitcoin para leigos e descrentes também

Descrever algo tão complexo como o Bitcoin exige repertório, dedicação e um pouco de sedução de quem apresenta.

Ruim, mas nem tanto?

“É um dos países que menos caíram no mundo”, afirma Bolsonaro, sobre queda de 4% no PIB

Para Bolsonaro a queda do PIB só não foi maior devido a movimentação da economia gerada pelo auxílio emergencial.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies