A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-09-02T08:58:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Entre uma crise e outra...

Rejeição ao governo Bolsonaro cresce e atinge a marca de 38%, segundo Datafolha

Em pesquisa realizada nos dias 29 e 30 de agosto, a reprovação ao presidente Jair Bolsonarou avançou de 33% para 38%, com a região nordeste liderando o índice de rejeição

2 de setembro de 2019
8:07 - atualizado às 8:58
jair Bolsonaro, emburrado
Jair Bolsonaro - Imagem: Shutterstock

A reprovação do presidente Jair Bolsonaro continua avançando. Segundo pesquisa nacional realizada pelo Instituto Datafolha e divulgada nesta segunda-feira (02), a reprovação do presidente atingiu a marca dos 38%. Dois meses atrás, no início de julho, a reprovação representava 33% dos entrevistados.

Durante a pesquisa realizada no dia 29 e 30 de agosto, 2.878 pessoas com mais de 16 anos em 175 municípios foram consultadas.

Não foi só a reprovação que cresceu. O índice que mede a aprovação do governo Bolsonaro apresentou queda, dentro do limite da margem de erro de dois pontos percentuais. A aprovação foi de 33% para 29%.

As críticas de Bolsonaro aos governadores da região Nordeste contribuíram para o índice de rejeição do governo na região. Tradicionalmente um reduto antibolsonarista, a rejeição ao presidente saltou de 41% para 52% entre as pesquisas.

A rejeição de Bolsonaro é a maior entre os presidentes eleitos de primeiro mandato em agosto: em 1995, Fernando Henrique Cardoso era reprovado por 15%; Lula, em 2003, por 10%; e Dilma, em 2011, por 11%.

O apoio ao presidente também diminuiu tanto entre os mais ricos, com renda mensal acima de 10 salário mínimos, com queda de 52% em julho para 37% em agosto, como entre os mais pobres, com renda de até 2 salários mínimos. Nesta faixa, a aprovação do presidente ficou em 22%

Ainda segundo a pesquisa, a avaliação do governo como regular permaneceu estável, indo de 31% para 30%. 38% classificam o governo como ruim ou péssimo e 29% como ótimo ou bom.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

IMPASSE CONTINUA

Vitória do governo ameaçada? FUP vai à Justiça para anular resultado de assembleia que elegeu novo conselho da Petrobras (PETR4)

19 de agosto de 2022 - 20:20

A FUP vai centrar argumentação contra a eleição a conselheiros de dois nomes barrados pelo Comitê de Elegibilidade da estatal

1ª troca em 20 anos

Americanas (AMER3) anuncia Sergio Rial, ex-CEO do Santander, para o comando da companhia no lugar de Miguel Gutierrez

19 de agosto de 2022 - 19:17

Trata-se da primeira troca no cargo de diretor presidente da varejista em 20 anos; Rial assumirá cargo no início do ano que vem

Acionistas felizes

Dividendos: Telefônica (VIVT3) e Marfrig (MRFG3) pagam nova rodada de proventos. Veja as condições para receber

19 de agosto de 2022 - 19:14

A Telefônica não fixou data para o pagamento dos dividendos, mas segundo a companhia, os créditos serão realizados até 31 de julho de 2023

VAI DISPARAR?

Polo Capital aumenta participação na Tenda (TEND3) e se aproxima do gatilho para “poison pill”; construtora discutirá fim do mecanismo em assembleia

19 de agosto de 2022 - 18:36

O movimento ocorre poucos dias após a companhia anunciar que, atendendo a um pedido da gestora, vai convocar uma Assembleia Geral Extraordinária para discutir a exclusão da “poison pill” de seu estatuto social

FECHAMENTO DO DIA

Frente fria chega ao Ibovespa e índice recua 1,12% na semana; dólar vai a R$ 5,16

19 de agosto de 2022 - 18:33

Apesar da semana calma, o Ibovespa refletiu a cautela com os juros americanos e a queda das commodities

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies