Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-21T09:30:04-03:00
Estadão Conteúdo
Voando

Startups do Cubo Itaú atraem R$ 480 milhões

Resultado é mais que o dobro em relação ao ano anterior, quando as startups faturaram R$ 230 milhões

21 de setembro de 2019
9:29 - atualizado às 9:30
itau
Itaú - Imagem: Shutterstock

O centro de inovação Cubo Itaú anunciou ontem que suas startups residentes receberam mais de R$ 480 milhões em investimento nos últimos dois anos e faturaram mais de R$ 540 milhões em 2019 - mais que o dobro em relação ao ano anterior, quando as startups faturaram R$ 230 milhões. Os números foram anunciados em evento na sede do Cubo, em São Paulo, em comemoração aos quatro anos do centro de inovação.

"O cenário do ecossistema de startups mudou muito nos últimos anos. O Brasil virou um grande foco de investimentos de capital de risco, e as apostas do grupo japonês SoftBank provam isso", afirmou Pedro Prates, diretor do Cubo. "E isso não vai parar no SoftBank: cada vez mais as startups vão fazer parte dos negócios no País", disse.

Em quatro anos, o Cubo já ocupa sua segunda sede na Vila Olímpia, zona sul da capital paulista. Atualmente, cerca de 250 startups mantêm atividades no Cubo, seja no prédio físico da Vila Olímpia ou por meio de uma plataforma digital - só em 2019, mais de 2 mil startups procuraram o Cubo para serem residentes.

O centro de inovação conecta as startups com outras novatas inovadoras, e também com investidores, universidades e corporações. Nos últimos quatro anos, o Cubo realizou mais de 2,7 mil eventos e, todos os dias, mais de 2 mil pessoas circulam pelo espaço em SP.

Em 2019, as startups do Cubo fecharam mais de 180 negócios com grandes corporações. No centro de inovação, existem startups com soluções para 15 segmentos de mercado.

Para Pedro Prates, as mudanças dos últimos anos, principalmente relacionadas ao acesso de capital, deixou o mercado de startups "mais apetitoso" para quem quer empreender, e também colocou novos desafios para o Cubo: "O crescimento gera necessidades. Precisamos conectar as startups com esses investimentos, além de ligá-las a clientes e talentos", afirma.

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies