Menu
2019-09-02T13:20:18-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Resseguros

UBS mantém recomendação de compra para ações do IRB e eleva preço-alvo

Perspectiva de alta das receitas locais e no mercado externo devem manter rentabilidade do IRB em alta, segundo analistas do banco suíço

2 de setembro de 2019
12:49 - atualizado às 13:20
Obra de insfraestrutura
IRB assume os riscos de apólices de outras seguradoras Imagem: Shutterstock

A alta acumulada de mais de 85% nos últimos 12 meses – mais que o dobro do Ibovespa – ainda não representa o fim da linha para as ações do IRB Brasil, pelo menos na análise do UBS.

O banco suíço manteve a recomendação de compra para os papéis da empresa de resseguros (IRBR3) – que assume o risco da apólice de outras seguradoras – e elevou o preço-alvo de R$ 113 para R$ 120. No pregão de hoje, as ações eram cotadas a R$ 107,30, em queda de 1,11% por volta das 12h25. Confira também nossa cobertura completa de mercados.

Para os analistas do banco suíço, as ações do IRB se mantêm atrativas em razão da perspectiva de aumento nas receitas no mercado local, além da possibilidade de novos negócios no exterior e da rentabilidade da empresa, que está entre as maiores do mundo no setor.

Nas projeções do UBS, as receitas do IRB devem crescer a uma média anual de 13,5% entre este ano e 2021, puxadas pelo programa de privatizações, subsídios a seguros rurais e projetos de infraestrutura.

"No médio e longo prazo enxergamos oportunidades de crescimento em parcerias com bancos digitais e fintechs e no aumento da penetração do mercado de resseguros", escreveram os analistas em relatório a clientes.

No mercado internacional, o UBS espera um crescimento ainda mais acelerado das receitas do IRB em razão da depreciação do câmbio, reajustes de preços e aumento da participação. A expectativa é que as receitas internacionais atinjam 46% do total em 2020, com foco na América do Sul, onde o mercado de resseguros ainda é pequeno e muito fragmentado.

Tudo isso deve se traduzir em um aumento na rentabilidade sobre o patrimônio (ROE, na sigla em inglês) da resseguradora, que deve atingir os 48%, ainda de acordo com a estimativas do UBS.

Para os analistas, os riscos para o IRB residem em três fatores: uma maior competição no mercado local, o câmbio e um aumento no nível de perdas.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

PREÇOS EM ALTA

Projeções para inflação em 2021 continuam se afastando do centro da meta

Relatório Focus mostra que economistas reajustaram expectativas para IPCA pela nona semana consecutiva e esperam dólar acima de R$ 5,10

O melhor do Seu Dinheiro

Papel, celulose e tesoura

O que você diria de uma empresa que teve um prejuízo anual de quase R$ 11 bilhões e ainda assim conseguiu melhorar praticamente em todas as frentes operacionais? Esse é o curioso caso da produtora de papel e celulose Suzano. Com quase toda a receita em dólar, a companhia teve um forte avanço na geração […]

COMO DOMAR O LEÃO

Seu Dinheiro lança Guia do Imposto de Renda 2021 com orientações para preencher a declaração e pagar menos imposto; conheça

Veja como declarar imóveis, dependentes, pensão alimentícia e investimentos. O curso mostra o que mudou no Imposto de Renda 2021 e caminhos legais para pagar menos imposto ou receber uma restituição maior.

"Cheque em branco"

Câmara analisa retirar o limite de R$ 44 bilhões para pagamento de auxílio emergencial

O medo da maioria dos deputados é de que o governo receba um “cheque em branco” e descontrole os gastos

em recuperação judicial

Oi prorroga acordo de exclusividade com fundo do BTG para negociar rede de fibra

Acerto, estendido para 5 de abril, prevê que oferta do fundo servirá como referência para o leilão dos ativos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies