Menu
2019-12-06T19:37:50-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A segunda vida da bolsa

6 de dezembro de 2019
19:37
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Entre as muitas histórias geniais de Machado de Assis, uma das minhas favoritas é um conto chamado “A Segunda Vida”, sobre um homem que diz ter morrido e voltado para uma nova existência aqui na Terra.

O escritor se vale de uma premissa que parece sobrenatural para tratar de um tema bem próximo de todos nós: o medo do risco. O tal homem pede para renascer experiente, só que acaba passando ao largo da nova vida, por já saber o que deu errado na anterior.

Eu me lembrei da história depois de receber algumas mensagens de leitores que querem saber se devem ou não investir na bolsa. O Ibovespa, aliás, cravou mais um recorde – o terceiro na semana, pode pedir música – e fechou em alta de 0,46%, aos 111.125 pontos.

Nesses níveis, e depois da alta de quase 200% desde as mínimas lá em 2016, é natural se questionar se ainda é hora de entrar. Não há sensação pior do que chegar na festa justo na hora em que estão apagando as luzes.

De fato, não há certeza alguma de que a bolsa vai continuar a subir. Mesmo assim, considero fundamental ter uma parte da carteira em renda variável neste momento.

O investimento em bolsa é por natureza arriscado. Mas o medo de não agir muitas vezes pode ter um efeito ainda pior, como nos ensina o analista Machado de Assis.

Além de Machado (claro), eu recomendo a leitura do texto do Victor Aguiar, que conta como a bolsa cravou novas máximas e o dólar tomou o caminho oposto e caiu mais de 2% na semana. 

Quem é que sobe?

A inflação medida pelo IPCA de novembro trouxe dados acima das expectativas do mercado. Mas como a alta foi puxada por itens pontuais, como a carne do seu churrasco, a percepção de que a Selic vai ficar baixa por longo tempo continua. E juro baixo significa fôlego para os setores mais ligados ao consumo na bolsa, como as varejistas e construtoras. Confira os destaques do pregão da B3 nesta sexta-feira.

Privatização ou morte

Com um tom bastante negativo, o ministro Paulo Guedes disse hoje que, se nada for feito em relação à Eletrobras, a empresa está fadada a desaparecer. A situação da gigante do setor elétrico não está nada fácil, já que depende da aprovação de um projeto de lei no Congresso para permitir a sua capitalização e por enquanto, não há regime de urgência para a votação. Veja todos os detalhes nesta matéria.

O jogo do Unicórnio

Depois que nomes como Loggi, Gympass e QuintoAndar entraram para o hall da fama dos unicórnios brasileiros, a mais nova integrante a ser avaliada em mais de US$ 1 bilhão é a Wildlife. Criada com um investimento inicial de R$ 100 e com uma trajetória bastante discreta, o estúdio de games desenvolve jogos gratuitos para smartphones. Conheça mais essa história de sucesso entre as startups tupiniquins.

Quem quer dinheiro?

A proximidade do Natal vai trazer boas novas para os não-correntistas da Caixa que fazem aniversário em setembro e outubro. Isso porque o banco liberou o pagamento do saque imediato do FGTS – os famosos R$ 500 – para quem nasceu nesses meses. Confira todas as regras para sacar o dinheiro e os horários estendidos das agências.

O gigante despertou?

Em uma semana movimentada pela divulgação de grandes indicadores como PIB acima do esperado, produção industrial e inflação, o Victor Aguiar e eu comentamos os principais assuntos que mexeram com os mercados em nosso podcast Touros e Ursos. No bate-papo, falamos também sobre as perspectivas para a economia brasileira, os recordes do Ibovespa e o IPO da XP Investimentos. Então, aperte o play e solte o som!

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

FECHAMENTO

Em dia de alta volatilidade, Lira salva Ibovespa de um fiasco e segura o dólar em R$ 5,66

A volatilidade reinou absoluta nesta quarta-feira (03) e mais uma vez Brasília foi responsável por movimentar os negócios no Brasil. Lá fora, o dia foi de cautela com a alta dos juros futuros

Luz no fim do túnel?

Ministério da Saúde avança em negociações com laboratórios para comprar vacinas

A declaração do MS foi dada pelo titular da pasta, Eduardo Pazuello, em reunião com a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Crypto News

Bitcoin para leigos e descrentes também

Descrever algo tão complexo como o Bitcoin exige repertório, dedicação e um pouco de sedução de quem apresenta.

Ruim, mas nem tanto?

“É um dos países que menos caíram no mundo”, afirma Bolsonaro, sobre queda de 4% no PIB

Para Bolsonaro a queda do PIB só não foi maior devido a movimentação da economia gerada pelo auxílio emergencial.

Queda bilionária

BC tem perda de R$ 5,081 bi com swap cambial em fevereiro

O BC obteve ainda um ganho de R$ 9,699 bilhões com a rentabilidade na administração das reservas internacionais no mês passado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies