Menu
2019-04-05T10:22:41-03:00
Estadão Conteúdo
venda do parque fabril

Mourão receberá sindicato dos metalúrgicos do ABC para reunião sobre a Ford

Sindicato tenta ajuda do governo federal para reverter a decisão da Ford e evitar a perda de mais de 2 mil postos de trabalho

1 de março de 2019
7:38 - atualizado às 10:22
Hamilton Mourão
Vice-presidente Hamilton Mourão - Imagem: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O vice-presidente Hamilton Mourão receberá nesta sexta-feira, 1, em Brasília, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, conhecido como Wagnão, para uma discussão sobre a fábrica da Ford em São Bernardo do Campo, que será encerrada pela montadora ao longo de 2019.

A intenção do sindicato é pedir a ajuda do governo federal para reverter a decisão da Ford, garantindo, assim, a permanência da produção e dos 2 mil empregos que seriam perdidos com o fim da operação.

"Vamos lá explicar a situação dos trabalhadores, dar a dimensão do impacto de uma decisão como essa para a região e para o País. Entendemos que o governo federal tem um papel importante nessa discussão, em que está em jogo a preservação de empregos", explicou Wagnão.

O presidente do sindicato, inclusive, notou que Mourão foi rápido em atender ao pedido para a reunião. Segundo ele, o encontro foi solicitado na quarta-feria e a resposta chegou nesta quinta, com o agendamento para sexta. "Eles devem receber milhares de pedidos de agenda, então, se nos atenderam com essa rapidez, é um sinal de respeito", disse Wagnão, que lidera o sindicato que foi o berço político do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, adversário do presidente Jair Bolsonaro.

Wagnão disse que não vai a Brasília para brigar por incentivos para a Ford. "Vamos discutir quais são as possibilidades para que a empresa fique", afirmou.

O presidente do sindicato participou nesta quinta de uma audiência no Ministério Público do Trabalho com representantes da Ford e o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando. Segundo o sindicalista, a reunião não foi produtiva porque os representantes da Ford eram da área jurídica e estavam lá para discutir alternativas para a demissão dos funcionários, enquanto o sindicato apenas quer conversar sobre caminhos para manter a fábrica da Ford.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

PESSIMISMO

Risco fiscal impede Brasil de aproveitar bom momento dos mercados globais

Rogério Xavier, da SPX Capital, e Carlos Woelz, da Kapitalo Investimentos, criticam duramente falta de interesse em controlar contas públicas

Substituição barrada

Investidores de debêntures da Rodovias do Tietê rejeitam venda da empresa para Latache

Venda para fundo foi rejeitada pelos debenturistas da concessionária, que possui pelo menos R$ 1,5 bilhão em dívidas, a maior parte na mão de pequenos investidores

Termômetro da crise

Pedidos de auxílio-desemprego sobem 30 mil na semana nos EUA, a 778 mil

O total de pedidos da semana anterior foi ligeiramente revisado para cima, de 742 mil para 748 mil.

Número se manteve

PIB dos EUA sobe à taxa anualizada de 33,1% na 2ª leitura do 3º tri

A próxima leitura do BEA sobre o PIB americano será divulgada em 22 de dezembro, às 10h30 (de Brasília).

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies