Menu
2019-06-07T18:54:32-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Decisão polêmica

Gol anuncia voos para Lima com avião da Boeing proibido de decolar

Modelo que está proibido de voar desde março e a montadora ainda trabalha para corrigir problemas na aeronave que podem ter gerado dois acidentes fatais

2 de maio de 2019
19:50 - atualizado às 18:54
Boeing 737 Max 8
Boeing 737 Max 8 - Imagem: shutterstock

A Gol anunciou novos voos entre São Paulo e Lima, no Peru, a partir de dezembro. Chama a atenção a escolha pelo modelo Boeing 737 Max 8 para a realização das viagens.

Esse é o modelo que está proibido de voar desde março. Atualmente, a Boeing trabalha para corrigir problemas que podem ter gerado dois acidentes fatais com a aeronave e, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a suspensão das operações do 737 Max 8 está mantida no Brasil.

Em março, um avião Boeing 737 Max 8 que voava pela Ethiopian Airlines caiu logo após decolar, deixando 157 mortos.

No fim de outubro de 2018, uma aeronave da Lion Air, do mesmo modelo, caiu na Indonésia, com 189 pessoas a bordo.

Com os acidentes, companhias aéreas e autoridades de aviação suspenderam as operações com o avião em praticamente todo o mundo.

Mesmo com essa decisão também imposta pela Anac no Brasil, a Gol anunciou nesta quinta-feira a nova rota com o modelo.

O pano de fundo para a decisão é a expectativa da direção da aérea de que será possível retomar os voos do modelo em breve.

Em 30 de abril, o presidente da Gol, Paulo Kakinoff, afirmou em teleconferência que as operações do modelo devem voltar até junho.

"Estamos em contato com a Boeing desde o início dos problemas e temos confiança que o Max 8 deve estar operando novamente em junho."

Os voos entre os aeroportos de Guarulhos e Lima estão programados a partir de 12 de dezembro. As vendas das passagens, porém, começam no próximo dia 15 de maio.

Com a capital peruana, a malha da empresa aérea chega ao seu 15º destino fora do Brasil. Em nota, o vice-presidente de operações da Gol, Celso Ferrer, disse que o novo destino é estratégico por ser "um dos mais importantes centros turísticos da América do Sul".

Gol: se não for um, vai outro

Em resposta aos questionamentos da imprensa, a Gol disse acreditar que o uso do modelo Boeing 737 Max 8 estará normalizado no segundo semestre deste ano.

Caso contrário, a empresa informou que fará a nova rota entre São Paulo e Lima, no Peru, com o modelo 737 NG.

Esse segundo modelo faz as viagens sem escalas entre São Paulo e Quito no intervalo de seis horas, tempo menor que as cinco horas de voo estimadas até Lima.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Ano de eleição

Promessas de Bolsonaro estouram “folga” do Orçamento em 2022

A ampliação do Bolsa Família e um eventual aumento de 5% nos salários do funcionalismo público já superam o espaço adicional de R$ 25 bilhões para o próximo ano

Nova esperança?

Estados Unidos planejam investir US$ 3,2 bilhões em antivirais para tratar covid-19 e outras doenças

Segundo o Dr. Fauci, principal conselheiro do presidente Joe Biden no combate à pandemia, novo programa vai acelerar o que já está em andamento

PODCAST MESA QUADRADA

De pintor de parede a chef renomado, Alex Atala diz que competitividade foi empurrão: ‘se não fosse provocado, seria um bundão’

Chef de cozinha fala sobre sua trajetória e comenta crises e investimentos bem sucedidos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies