Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2019-12-12T09:10:29-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Selic a 4,5%: como ficam seus investimentos?

12 de dezembro de 2019
9:10
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

O Banco Central derrubou a taxa básica de juros brasileira para 4,5% ao ano, a nova mínima histórica. Isso mexe com a rentabilidade de aplicações da renda fixa e favorece os investimentos em ações, imóveis e fundos imobiliários.

O que você precisa saber hoje:

Mercados

• A taxa básica de juro brasileiro renovou sua mínima histórica ontem. O Banco Central anunciou um corte na Selic de 0,5 ponto e a taxa agora é de 4,5% ao ano. Tão importante quanto a decisão em si é a mensagem do BC no comunicado. O recado é que até há espaço para um novo corte em 2020, mas o ciclo de baixa está perto do fim. 

• Nos Estados Unidos, o ciclo de corte de juros foi interrompido. Após três reduções consecutivas de 0,25 ponto, o Fed manteve a taxa básica na faixa entre 1,50% e 1,75% ao ano.

• O Ibovespa terminou o pregão de ontem com leve alta de 0,26%, aos 110.964,27 pontos. O dólar fechou com baixa de 0,72%, a R$ 4,1190. 

• Como estão os mercados? Na Ásia, a reação à decisão do Federal Reserve foi positiva. Já o Ocidente está de olho no andamento da guerra comercial. Os índices futuros em Nova York e o pregão na Europa amanhecem sem rumo. 

• A agência de risco S&P elevou a perspectiva da classificação de risco brasileira de 'estável' para 'positiva'. É uma sinalização de que a nota pode ser revisada para cima em breve. 

Investimentos

• Como ficam seus investimentos com a Selic a 4,5% ao ano? A Julia Wiltgen fez as contas e mostra nesta matéria a rentabilidade da poupança, dos fundos de renda fixa, do Tesouro Selic e da LCI. 

Ivan Sant’Anna
Ivan Sant’Anna

• As grandes tacadas de Ivan Sant’Anna: o colunista do Seu Dinheiro conta como encontrou tesouros enterrados no mercado financeiro em sua carreira de 60 anos como trader. Esse texto imperdível é um dos benefícios do Seu Dinheiro Premium.

Empresas

• A Notre Dame Intermédica captou R$ 5 bilhões em sua nova oferta de ações, com cada papel valendo R$ 57. A companhia pretende financiar investimentos, liquidar debêntures e pagar a aquisição do grupo Clinipam

• Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos, não descartou a possibilidade de listar as ações da corretora também na bolsa brasileira. Para isso acontecer, a regulação brasileira precisa passar por algumas mudanças.

• A empresa de turismo CVC irá pagar R$ 62,7 milhões em juros sobre capital próprio aos seus acionistas no dia 8 de janeiro. O valor corresponde a R$ 0,417 por ação da companhia

• Estrangeiros injetaram R$ 161 bilhões em aquisições este ano no Brasil. No total, as operações de fusões e aquisições no País atingiram até novembro R$ 275,8 bilhões, um valor recorde, segundo a consultoria TTR.

Política

• O Senado aprovou o projeto anticrime idealizado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro. O texto segue para ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, mas parlamentares já esperam vetos em alguns pontos.

• A Câmara aprovou na noite de ontem a MP que transfere o Coaf para o Banco Central. Além da mudança de casa, o órgão também será reestruturado e passa a se chamar Unidade de Inteligência Financeira (UIF). Agora o texto segue para análise do Senado. 

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Otimismo

Mercado reage bem a prévias da Cyrela, consideradas ‘impressionantes’ e ‘excepcionais’ por analistas

Ontem, após o fechamento, a incorporadora informou alta de 46% no número de lançamentos e de 58% nas vendas do terceiro trimestre, em comparação ao mesmo período do ano passado

Ações em queda

O alçapão no fundo do poço: Cielo tem preço-alvo reduzido pelo Goldman Sachs

Analistas do banco norte-americano mantiveram a recomendação de venda e reduziram o preço-alvo das ações da Cielo (CIEL3) de R$ 3,70 para R$ 3,30

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Saúde

Ações da Qualicorp disparam com interesse da Rede D’Or em elevar participação

Maior acionista da Qualicorp, com participação de 12,95%, Rede D’Or entrou com pedido de autorização no Cade para adquirir mais ações da companhia na bolsa

Exile on Wall Street

IPOs: O princípio da contraindução — voltamos a comprar powerpoints?

Podemos nos atrair por casos de crescimento. Não há o menor problema nisso. Mas que haja alguma substância. E, acima de tudo, que cometamos erros novos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies