Menu
2019-10-14T14:15:25-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
na onda da desestatização

Conselho propõe estudos sobre privatização da Serpro e Dataprev

PPI ainda sugere que o BNDES poderá ser contratado para a elaboração dos estudos para a desestatização

18 de setembro de 2019
10:26 - atualizado às 14:15
conselho empresários privatização
Imagem: Shutterstock

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) recomendou ao presidente da República inclusão de estudos sobre a desestatização de mais de duas empresas: Serpro e Dataprev.

A primeira é o Serviço Federal de Processamento de Dados. Já a segunda é a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência. As recomendações constam de resoluções publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Pelos documentos, o Conselho do PPI ainda sugere que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) poderá ser contratado para a elaboração dos estudos para a desestatização ou parceria com setor privado das duas empresas.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Coronavírus

Brasil atinge 100 mil mortos por covid-19; STF decreta luto de 3 dias

Enquanto isso, Bolsonaro destaca 2 milhões de recuperados

Balanço

Lucro da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, sobe 87% no 2º trimestre

Recuperação do mercado de ações teve bons reflexos no balanço da companhia do megainvestidor Warren Buffett, mas no ano a empresa ainda amarga prejuízo

Às vésperas do orçamento

Ministros pedem mais recursos a Guedes

Sob pressão interna para ampliar os gastos como forma de combater os efeitos econômicos da covid-19, o ministro da Economia, Paulo Guedes, precisa entregar o Orçamento do ano que vem até o dia 31 deste mês

Entrevista

Meirelles: ‘A raiz da pressão por aumento de gastos é sempre a mesma, eleição’

Em entrevista ao Estadão, Henrique Meirelles lembra que o País tem pouca memória e que quebrar o teto levaria a uma crise muito maior do que a de 2015

Confirmação

Acordo de exclusividade das teles com a Oi terá renovação automática

Acordo entra em vigor no dia 11 de agosto e foi confirmado por Tim e Vivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements