Menu
Eduardo Campos
Diário dos 100 dias
Eduardo Campos conta os bastidores do início do governo
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:12:32-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
dia 43

Quem chora, mama

Produtores de leite seguem protegidos e Bolsonaro teria definido idade mínima de aposentadoria de 57 anos para mulheres e 62 para os homens

12 de fevereiro de 2019
18:25 - atualizado às 14:12

O presidente Jair Bolsonaro continua com um quadro de melhora gradativa, mas o boletim oficial não fala em alta hospitalar, embora a expectativa seja de saída do hospital ainda nesta semana, até mesmo amanhã, quarta-feira. De São Paulo mesmo, o presidente confirmou que o governo vai manter “o nível de competitividade” dos produtores de leite e que “todos ganharam, em especial, os consumidores do Brasil”.

Os produtores choraram após a queda de tarifa antidumping e “mamaram” tarifas mais altas para produtos importados. Não sei se o consumidor ganha, quem perde é a equipe econômica comandada por Paulo Guedes, que vinha em um firme discurso de redução de tarifas e abertura comercial. Será que leite em pó é ativo que se encaixa na categoria “setor estratégico” que todos os governos invocam para explicar medidas protetivas? Ou será esse um dos custos de negociar votos com bancadas e não com partidos? Detalhe, tinha 20 anos que as tarifas estavam em vigor.

Em Brasília, o secretário especial da Previdência, Rogério Marinho, disse que o texto-base da reforma está pronto e é “bem diferente” da minuta que vazou na semana passada e sugeria idade mínima de 65 anos para homens e mulheres. Segundo Marinho, o texto será apresentado a Bolsonaro assim que ele tiver alta e será divulgado a todos “o mais rápido possível”. Mesmo com o texto ainda em aberto, já vimos algumas notícias de que Bolsonaro vai mesmo manter idades de 57 anos para mulheres e 62 para homens, modelo que ele tinha sugerido em entrevista logo após assumir o posto. Essas idades passariam a valer em 2022, mas não está definida uma transição. Se for isso, resta saber o que quer mesmo o governo, pois o Congresso certamente vai mudar esses números...

O ponto que tem me intrigado é que sempre que Bolsonaro ou o “senhor fontes” falam no assunto, os termos “disparidades regionais” e “Piauí” andam juntos, dando o tom “populista” da mensagem. Como falamos ontem, pouco importa a expectativa de vida ao nascer, o que vale é a expectativa de sobrevida. Logo saberemos se o presidente vai manter a racionalidade liberal ou vai ceder às origens e aos “ismos” tão caros ao brasileiro, entre eles o populismo, o protecionismo e o desenvolvimentismo.

Leia aqui todo o Diário dos 100 Dias.

 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

OS RUÍDOS CONTINUAM

Renda mínima permanente? Presidente da Câmara dá a entender que Auxílio Brasil pode se tornar política contínua

Expectativa é de que a mera menção a um programa de renda mínima permanente mantenha a pressão sobre os ativos financeiros locais

Quem dá mais?

A CCR (CCRO3) e o leilão da Dutra: o que está em jogo para a companhia?

A CCR (CCRO3) administra a Dutra desde 1996. Mas, com o novo leilão marcado para essa sexta (26), a empresa pode perder a concessão

ÚLTIMO ADEUS?

De malas prontas para deixar a B3, Banco Inter (BIDI11) reverte prejuízo em lucro líquido de R$ 19,2 milhões no terceiro trimestre

O banco digital também celebrou a marca de 14 milhões de clientes no período, um salto de 94% na comparação com o terceiro trimestre de 2020

Tecnologia em foco

As big techs na balança: veja como foi o trimestre de Google, Microsoft e Twitter

Três das principais big techs americanas reportaram seus balanços nesta noite; veja como se saíram Alphabet/Google, Microsoft e Twitter

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Pressão nos juros, Elon Musk mais rico e o brilho das ações das elétricas

As projeções de bancos e economistas para a alta da Selic não param de subir. É possível ver essa tendência semanalmente no boletim Focus, divulgado toda segunda-feira pelo Banco Central, em relatórios de diversas casas de análise e na curva dos juros futuros — que não param de ser revisados para patamares cada vez mais […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies