Menu
2019-04-09T08:26:43-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Em vídeo, a defesa

Preso novamente, ex-presidente da Nissan divulga mensagem alegando inocência

Executivo brasileiro Carlos Ghosn disse que vem sofrendo desde o ano passado e que suas ações foram “distorcidas” para que ele parecesse ganancioso

9 de abril de 2019
8:25 - atualizado às 8:26
Carlos Ghosn
Carlos Ghosn, ex-presidente do grupo Renault-Nissan. - Imagem: Shutterstock

O executivo brasileiro Carlos Ghosn alegou ser inocente das acusações que vem sofrendo desde o ano passado.

Preso na semana passada, o ex-presidente divulgou mensagem em vídeo nesta terça-feira, gravado um dia antes da prisão. Ghosn  já esperava ser detido depois de acompanhar o noticiário japonês.

No vídeo, o brasileiro diz que que suas ações foram "distorcidas" para que ele parecesse ganancioso  que sua prisão ocorreu devido a um complô de executivos da Nissan que temiam uma possível fusão da montadora japonesa com a Renault.

Para Ghosn, esses executivos fizeram um "jogo muito sujo". A Nissan respondeu que o brasileiro é o único responsável por sua prisão.

Ghosn é acusado de uma série de irregularidades, incluindo a de ter declarado, por vários anos, renda menor do que recebia na Nissan.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Nova operação

Lava Jato mira ex-funcionário da Petrobras pela 2ª vez por US$ 2,2 mi em propinas

Agentes cumprem dois mandados de busca e apreensão em Angra dos Reis e Araruama, no Rio de Janeiro

diversificação

BR Distribuidora entra para o mercado de comercialização de eletricidade

Empresa adquire participação na comercializadora Targus Energia por R$ 62,1 milhões, de olho na atração de novos clientes

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

9 notícias para começar o dia bem informado

Os investidores estão no meio de um cenário nebuloso. Neste momento, não dá para enxergar com clareza o que vem pela frente. Há chances grandes de esbarramos nas seguintes situações: A segunda onda de covid-19 chega ao Brasil e o isolamento social fica mais forte. Shoppings e restaurantes voltam a ser fechados nas grandes cidades. A pandemia […]

esquenta dos mercados

Com bolsas americanas fechadas, embate entre Guedes e Campos Neto ganha os holofotes

O ministro da Economia rebateu as críticas do presidente do Banco Central, que disse que o governo precisa de um plano mais concreto para passar credibilidade e maior confiança com o cenário fiscal,

NOVAS METAS

Petrobras planeja investir US$ 55 bilhões até o final de 2025

Plano estratégico prevê que maior parte dos recursos serão destinados ao pré-sal e redução da dívida bruta a US$ 60 bilhões até 2022

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies