Menu
2018-11-26T08:41:54-02:00
Estadão Conteúdo
Irregularidades financeiras

Mitsubishi Motors remove Carlos Ghosn da presidência do conselho

Executivo foi afastado também do comando do conselho da Nissan, três dias depois de ser preso em Tóquio por supostas irregularidades financeiras

26 de novembro de 2018
8:41
Carlos Ghosn
Executivo brasileiro Carlos Ghosn - Imagem: shutterstock

A Mitsubishi Motors informou nesta segunda-feira, 26, que seu conselho de administração votou pela remoção do executivo brasileiros Carlos Ghosn da presidência do colegiado.

Na última quinta-feira, 22, Ghosn foi afastado também do comando do conselho da Nissan, três dias depois de ser preso em Tóquio por supostas irregularidades financeiras.

A Nissan, que é parceira da Mitsubishi e da francesa Renault numa aliança das três montadoras, acusa Ghosn de ter fraudado sua declaração de renda por anos seguidos.

O atual chefe-executivo da Mitsubishi, Osamu Masuko, vai acumular o cargo de presidente do conselho da empresa.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

PANDEMIA NO PAÍS

Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados

Do total de contaminados, 86% se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

Cheiro de pedalada e de drible no teto de gastos

Caro leitor, O governo bem que tentou se safar manejando o cobertor curto, mas pelo menos para o mercado financeiro, não colou. O anúncio do programa social Renda Cidadã nesta segunda-feira lançou um combo de preocupações nos investidores e atirou o Ibovespa na lama, totalmente na contramão do resto do mundo. O dólar, por sua vez, voltou […]

dinheiro à vista

CCR paga R$ 373,2 milhões em dividendos em 30 de outubro

Empresa pagará o correspondente a R$ 0,18477410142 por ação ordinária

Na contramão

Bolsa cai e dólar dispara depois de governo revelar como pretende financiar Renda Cidadã

Ibovespa abriu em alta, mas virou em meio à frustração dos investidores com o financiamento do programa que sucederá o Bolsa Família

em anúncio do renda cidadã

Guedes: Política dá o timing e desoneração está sendo estudada

No anúncio do novo programa social do presidente Jair Bolsonaro, o Renda Cidadã, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a proposta do governo foi feita com a busca da “verdade orçamentária”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements