Menu
2019-06-11T12:46:01-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Dívida bilionária

Bradesco diz que bancos preferem renegociar dívidas da Odebrecht fora da recuperação judicial

Embora busquem o caminho fora da recuperação judicial, os bancos trabalham com todos os cenários para a Odebrecht, segundo Octavio de Lazari, presidente do Bradesco

11 de junho de 2019
12:33 - atualizado às 12:46
Octavio de Lazari, presidente do Bradesco
Imagem: Vinícius Pinheiro/Seu Dinheiro

Os bancos trabalham para que a renegociação das dívidas bilionárias do Grupo Odebrecht ocorra fora de um processo de recuperação judicial. A afirmação é de Octavio de Lazari, presidente do Bradesco, um dos vários credores do grupo que mergulhou em uma crise desde a Operação Lava-Jato.

"A gente procura que seja uma recuperação extrajudicial, para que todos os atores possam sentar na mesa e chegar a um ajuste", afirmou Lazari aos jornalistas, depois de participar da abertura do Ciab, evento de tecnologia bancária promovido pela Febraban.

Embora busquem o caminho fora da recuperação judicial, os bancos trabalham com todos os cenários para a Odebrecht, segundo Lazari.

Questionado, o presidente do Bradesco disse que tem provisões "dentro dos padrões estabelecidos" para lidar com um eventual calote do grupo. "Garanto que todos os bancos estão provisionados para absorver qualquer problema", afirmou.

Eu perguntei, então, se Lazari vê o caso da Odebrecht como isolado se ou outras empresas com problemas na crise e que tiveram a dívida renegociada pelos bancos também podem passar por dificuldades para honrar os compromissos.

"As empresas brasileiras são muito pouco alavancadas, devem muito pouco na essência. Então o caso da Odebrecht é um caso isolado e que está sendo bem administrado", disse.

Falando em Lava-Jato, o presidente do Bradesco afirmou que as recentes revelações de mensagens entre o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o coordenador da força-tarefa da Lava-Jato Curitiba, Deltan Dallagnol, não atrapalham a tramitação da reforma da Previdência. "A reforma é imprescindível e deve ser foco do Congresso", afirmou aos jornalistas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

de olho na agenda

Congresso sacramenta decisão de levar Orçamento para plenário e abre prazo para emendas

Cúpula do Legislativo tenta afastar o “fantasma” do shutdown; Se a LDO não for aprovada ainda neste ano, o governo fica sem autorização para realizar despesas básicas em janeiro, como salários e aposentadorias

em brasília

Mourão diz que parte dos assessores de Bolsonaro distorce fatos

Vice-presidente afirmou nesta sexta-feira que existe “certa incompreensão” no seu relacionamento com o chefe do Executivo

seu dinheiro na sua noite

Free Solo: Ibovespa escala para perto da marca histórica

Com imagens de tirar o fôlego, o extraordinário documentário Free Solo conta a preparação do alpinista Alex Honnold para chegar ao topo do El Capitan, uma parede rochosa com quase 1000 metros de altura. Detalhe: a escalada é feita sem equipamentos de segurança. O filme vencedor do Oscar está disponível no Disney Plus. Mas quem não é […]

Respiro

E-commerce fatura R$ 7,72 bilhões com Black Friday e Cyber Monday em 2020

O valor representa aumento de 27,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

fechamento dos mercados

Ibovespa engata 5ª semana seguida de alta com Petrobras, Vale e aéreas

Índice local de ações não tinha sequência tão longa de ganhos semanais desde dezembro de 2019; dólar mantém trajetória de queda e juros longos se descomprimem de novo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies