Menu
2019-11-13T16:23:45-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Investimentos

Bradesco vai concentrar operações de corretora para pessoas físicas na Ágora

Os esforços fazem parte dos planos do segundo maior banco privado brasileiro de lançar uma nova plataforma para o público de varejo chamada Casa de Investimentos

13 de novembro de 2019
10:30 - atualizado às 16:23
Bradesco na tela do celular
Logo do Bradesco - Imagem: shutterstock

Em meio ao acirramento da concorrência com as plataformas de investimento, o Bradesco anunciou na manhã de hoje que vai concentrar os serviços de corretora para o público de varejo na Ágora.

Os esforços fazem parte dos planos do segundo maior banco privado brasileiro de lançamento de uma nova plataforma chamada "Casa de Investimentos". O banco diz que pretende oferecer mais opções de produtos e facilidades para os clientes realizarem seus investimentos.

A migração para a Ágora ocorrerá em até 120 dias. A corretora do banco passará a operar apenas para clientes institucionais.

A corretora Ágora foi comprada pelo Bradesco em 2008 por R$ 830 milhões. Na época, a empresa era líder no mercado de ações para pessoas físicas (home broker), mas foi perdendo a relevância nos anos seguintes.

Com o avanço da XP Investimentos e outras plataformas, porém, os grandes bancos foram obrigados a se mexer.

O movimento mais relevante foi dado pelo Itaú Unibanco, que comprou uma participação de 49,9% no capital da XP em 2017, por R$ 6,3 bilhões. Já o Santander optou por lançar no início deste ano sua própria plataforma, a Pi Investimentos, do zero e separada da instituição.

O ataque da concorrência e o efeito da queda da taxa básica de juros já deixam marcas no balanço do Bradesco. No terceiro trimestre, o banco sofreu queda nas receitas com administração de fundos de investimento.

Em evento que acontece agora à tarde com analistas e investidores, o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari deu mais detalhes sobre a nova plataforma, que vai oferecer produtos próprios e de terceiros. "Clientes de todos os segmentos poderão operar na Ágora liquidando operações direto na conta do Bradesco de forma consolidada", disse.

O banco também pretende reforçar a assessoria de investimentos na rede de agências. "Teremos um especialista em cada agência Prime (de clientes de alta renda) e em todas as agências com mais de 500 clientes", afirmou.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

números da pandemia

Brasil chega a 72,1 mil mortes por covid-19, diz Ministério da Saúde

Foram registrados 24.831 novos casos da doença; total chegou a 1.864.681

entrevista

‘Brasil virou pária do investimento internacional’, diz Persio Arida

Um dos signatários da carta de ex-ministros da Fazenda e do BC em defesa de uma retomada econômica “verde”, ele observa que o presidente tem feito uma “política ambiental horrenda” e na contramão do mundo

ao menos sete parlamentares

Verba de gabinete é usada para lucrar na internet

Deputados da base governista recorreram a empresas contratadas com dinheiro da cota parlamentar e assessores pagos pela Casa para gerir canais monetizados no YouTube

entrevista

‘Caminhamos para o precipício ambiental’, diz CEO da Suzano

Walter Schalka diz que a sustentabilidade tem de unir empresas e governo para que o Brasil possa virar uma potência ambiental no mundo

decisão da justiça

Ex-secretário, vereador e empresário de Marília tornam-se réus por fraudes

De acordo com o Ministério Público Federal, o grupo é acusado de corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements