';

🔴 O ‘NOVO PETRÓLEO’ FOI ENCONTRADO E JÁ É MOTIVO DE DISPUTA NO MUNDO — DESCUBRA AQUI

Cotações por TradingView
2019-02-13T16:39:12-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Otimismo no mercado

Credit Suisse eleva ações da BR Distribuidora para “outperform” e sobe preço-alvo de Cosan e Ultrapar

Privatização da BR é um dos fatores que impulsionou o otimismo do banco para as ações da companhia

13 de fevereiro de 2019
16:39
Petrobras BR
Banco também subiu o preço-alvo para a companhia, de R$ 24/ação para R$ 34/açãoImagem: Shutterstock

Olho nas oportunidades! O Credit Suisse elevou nesta quarta-feira, 13, a sua recomendação para os papéis da BR Distribuidora para "outperform", ou seja, um desempenho acima da média do mercado.

O relatório divulgado pelo banco também uma alta no preço-alvo para a companhia, de R$ 24/ação para R$ 34/ação, o que representa um potencial de alta de 33% ante o fechamento de ontem, de R$ 25,32. De acordo com o Credit, a mudança teve como base dois cenários: um com a privatização da empresa e outro com ela permanecendo como está.

"Nós acreditamos que a Petrobras alienará partes adicionais da BR e, potencialmente, irá ceder sua posição de controle", Credit Suisse.

Para a instituição, caso a BR seja privatizada, o risco da empresa será mitigado e a ela tenderá a ter melhores custos e mais eficiência.

Mas vale lembrar que nem tudo na BR Distribuidora depende da privatização. O Credit reduziu, por exemplo, a estimativa de margem Ebitda do grupo para R$ 70/m3 em 2019, o que ainda representaria um valor da empresa em relação ao Ebitda (EV/Ebitda) de 9,5 vezes em 2019, contra 10 vezes para a Ultrapar, por exemplo.

"Entretanto, no cenário de privatização a companhia chegaria a um EV/Ebitda de 6,6 vezes em 2020 (após aprimoramentos serem concluídos). Nós agora também esperamos melhoras no fluxo de caixa para os próximos dois anos diante dos recebíveis da Eletrobras, levando para um rendimento de fluxo de caixa livre ao acionista (FCFE) de 8%, que provavelmente se tornará um rendimento de dividendos", conclui o relatório.

Cosan e Ultrapar também surfam

O Credit Suisse também revisou o preço-alvo dos papéis da Cosan ON, de R$ 45 para R$ 50 por ação, com potencial de valorização de 17,53% ante o fechamento de ontem (de R$ 42,54).

Já o preço-alvo para a Ultrapar ON subiu de R$ 39/ação para R$ 48/ação, com potencial de queda de 10,6% ante o fechamento de ontem, de R$ 53,69/ação.

Ambas as mudanças levaram em conta o menor custo de capital e atualizações nos modelos do banco.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro de 5% com ações da Sanepar (SAPR4); confira a recomendação

30 de janeiro de 2023 - 8:04

Identifiquei uma oportunidade de swing trade baseada na análise quant – compra dos papéis de Sanepar (SAPR4). Veja os detalhes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Como fugir do óbvio na bolsa: Balanço dos bancões após crise na Americanas, Tesouro RendA+, Petrobras e outras notícias do dia

30 de janeiro de 2023 - 7:59

O Santander dá o pontapé inicial dos balanços dos grandes bancos brasileiros sob a sombra do calote da Americanas

MERCADOS HOJE

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais caem e Ibovespa começam semana de olho na ‘Super Quarta’ dos Bancos Centrais

30 de janeiro de 2023 - 7:21

RESUMO DO DIA: Os investidores nacionais e internacionais aguarda a Super Quarta desta semana. As decisões dos Bancos Centrais brasileiro e norte-americano prometem mexer com os negócios esta semana. A temporada de balanços corporativos no exterior também mexe com os negócios. Isso porque os próximos dias serão recheados com os balanços das Big Techs. Por […]

De olho no futuro

Tesouro RendA+, novo título público para a aposentadoria, estreia hoje no Tesouro Direto; veja como vai funcionar

30 de janeiro de 2023 - 6:35

Novo investimento é indexado à inflação e promete o pagamento de uma renda mensal futura durante 20 anos; estão disponíveis, inicialmente, oito vencimentos diferentes

Temporada aberta

Sob a sombra da Americanas, grandes bancos divulgam lucro do quarto trimestre a partir desta semana; veja o que esperar

30 de janeiro de 2023 - 6:26

Coletivas de resultados dos bancos devem ser tomadas não pela análise dos números passados, mas sim pelo que é possível mensurar de possíveis impactos nos bancos após a debacle da Americanas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies