Menu
2019-04-16T15:23:18-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Balanços da semana

Itaú, Klabin e Lojas Renner divulgam balanços nesta semana; saiba o que esperar

Expectativa é de que Itaú comece a semana apresentando lucro líquido de R$ 6,60 bilhões no 4º trimestre de 2018

4 de fevereiro de 2019
5:49 - atualizado às 15:23
klabin – itau – renner
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A temporada de balanços já está rolando e a semana deve ser marcada por alguns resultados de peso.

Como de costume, o Itaú deve ganhar os holofotes entre os bancos e começa a semana soltando os resultados nesta segunda-feira, 4. Na quinta-feira é a vez da Klabin e da Lojas Renner abrirem o jogo.

E para você não ser pego de surpresa, reuni a expectativa dos analistas do mercado em torno desses resultados. Todos eles foram ouvidos pela Bloomberg. Mais do que avaliar se a empresa deu lucro ou prejuízo, você precisa olhar se o resultado veio em linha, pior ou melhor do que o mercado esperava. Isso pode levar as ações da companhia a ganhar ou perder valor na sequência da divulgação dos resultados.

‘Pressãozinha’

O Itaú não vem fazendo feio nos últimos balanços, sempre surpreendendo de forma positiva. E, por isso, a expectativa é alta de que o banco feche o 4º trimestre de 2018 com um lucro líquido de R$ 6,60 bilhões ante os R$ 6,28 bilhões registrados no mesmo período de 2017, o que representaria uma alta de 5,09%. No terceiro trimestre, a instituição registrou um lucro líquido de R$ 6,454 bilhões.

Dessa vez, somada ao “bom passado” do banco, existe uma certa "pressãozinha" da concorrência.

Na semana passada, o Santander anunciou um lucro líquido de R$ 3,4 bilhões no 4º trimestre, o que representa uma rentabilidade de 21,1%. Isso o coloca na briga pelo posto de mais rentável do país, atualmente liderado pelo Itaú, que teve retorno de 21,3% no 3º trimestre.

Os analistas esperam que o banco feche o ano com lucro de R$ 25,89 bilhões, uma alta de 4,1% na comparação ao ano anterior, quando registrou lucro líquido de R$ 24,87 milhões. Todos os valores estão em R$. 

O bom desempenho do banco no último trimestre também pode ser atribuída ao aumento no número de financiamentos, uma melhora no cenário econômico e um aumento com as receitas de crédito.

Depois da queda…

Os resultados da Klabin não caíram bem para o mercado no 3º trimestre. A companhia teve um lucro líquido de R$ 104 milhões, valor 73% menor aos R$ 391 milhões registrados no mesmo período do ano anterior.

Apesar do tombo, a expectativa do mercado é que a empresa consiga lucrar R$ 701,800 milhões no último trimestre do ano. Com isso, os analistas acreditam que a empresa fechará o ano com lucro líquido de R$ 419,750 milhões, o que representaria uma cifra menor comparada a de 2017, quando a Klabin obteve um lucro líquido de R$ 532 milhões. 

O mercado também prevê que a companhia apresente uma melhora na receita líquida, a R$ 2,726 bilhões, ante os R$ 2,298 bilhões registrados no mesmo período de 2017.

A contínua demanda por celulose, principalmente por parte da China, é o que puxou os resultados da Klabin no último trimestre. Com os entraves tarifários entre Pequim e Washington ainda em vigor, esse cenário não deve mudar muito, pelo menos por enquanto.

Com planos de expansão

A Lojas Renner é mais uma empresa que não deve decepcionar o mercado. Depois de superar a expectativa de lucro líquido nos três primeiros trimestres do ano, o mercado espera que esse valor chegue a R$ 443 milhões no 4º trimestre.

A empresa já começou o ano informando que abriria três lojas na Argentina no segundo semestre. Em novembro do ano passado, a rede também já havia anunciado que trocaria seu presidente, José Gallo, após 27 anos. O cargo será preenchido por Fabio Faccio em abril.

O anúncio do plano de expansão ocorreu depois que a varejista desembarcou no Uruguai, em 2017, e desde então só colheu bons frutos.

No ano, a expectativa é que o grupo lucre R$ 432 milhões, alta de 30% na comparação a 2017, quando obteve lucro de R$ 331 milhões.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

balanços 3º tri

Hypera Pharma atinge maior receita da história e lucro cresce 29,4% no terceiro trimestre

Além da evolução de dois dígitos no segmento de ‘sell-out’ (vendas em farmácias), o período também fechou a conclusão de dois grandes negócios para a Hypera Pharma

Mudanças no time

BB Seguridade anuncia Marcio Hamilton Ferreira como novo diretor-presidente

Ferreira é graduado em Administração de empresas e desde janeiro ocupava o cargo de Diretor-Presidente da Brasilprev, empresa investida da BB Seguridade.

Multa de US$ 40 milhões

Justiça dos EUA aprova acordo para encerramento de ação coletiva, diz BRF

A empresa pagou a quantia de US$ 40 milhões para encerrar todas as demandas pendentes e que possam vir a ser propostas por pessoas ou entidades

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Um grande passo para a Arezzo

A Arezzo, rede de lojas de calçados femininos presente em boa parte dos shoppings brasileiros, abriu o capital na bolsa em 2011. Se você buscar no Google, provavelmente vai encontrar a matéria que eu escrevi na época sobre o IPO da empresa. Eu inclusive estive na sede da antiga BM&FBovespa (atual B3) na manhã do […]

fechando a conta no azul

Perdeu, mas ganhou: Ibovespa tem correção e cai, mas termina semana em alta; juros disparam com inflação

Índice não conseguiu manter toada positiva vista em outros dias e recuou com quedas de bancos e Petrobras; dólar sobe com inflação maior à vista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies