Menu
2019-04-05T09:54:52-03:00
Estadão Conteúdo
Deu ruim

Avianca fracassa em proposta de devolução amigável de aeronaves

Advogados dos arrendadores estão exigindo o pagamento pela companhia de compromissos atrasados para fechar um acordo

27 de março de 2019
18:31 - atualizado às 9:54
Avianca Brasil
Aeronave da Avianca Brasil - Imagem: shutterstock

A Avianca não conseguiu emplacar sua proposta de devolver amigavelmente as aeronaves aos arrendadores, feita em audiência pública realizada nesta quarta-feira, 27, em São Paulo. Advogados dos arrendadores estão exigindo o pagamento de compromissos atrasados para fechar um acordo de devolução gradual de 19 aeronaves. O prazo vence nsta quinta-feira.

A Avianca propôs entregar duas aeronaves por semana a partir de 15 de abril. O cronograma, segundo representante da Avianca, pretendia minimizar o impacto para os passageiros.

“Temos um inadimplemento confessado e com o consentimento dos arrendadoras. Existe um acordo para o pagamento até amanhã, cujo inadimplemento nos leva a voltar às varas cíveis para execução das ordens de reintegração de posse”, disse um dos advogados presentes.

Os arrendadores sinalizaram que a Avianca encurtasse o prazo de devolução das aeronaves. O juiz concordou que a empresa deveria ter se organizado para fazer a devolução sem ônus dos passageiros.

O juiz lembrou que sem um acordo, a assembleia de credores na sexta-feira pode ser prejudicada, já que não haverá um plano a ser apresentado.

A Azul, também presente, foi convocada a se manifestar para que os arrendadores ficassem cientes de sua posição face a questão.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Benefício com garantia

Paulo Guedes reeditará BEm somente após a aprovação do Orçamento ou da PEC “fura-teto”

“O ministro disse ‘ou um, ou outro, o que sair primeiro a gente faz o BEm'”, afirmou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel

PPI

Decreto de Bolsonaro inclui Correios no Programa Nacional de Desestatização

A privatização dos Correios ainda depende da aprovação de um projeto de lei de autoria do Executivo que permite à iniciativa privada prestar serviços

Exile on Wall Street

Bitcoins, IPOs, reestruturações e M&As: coisas para comprar ainda nesta semana

De onde você menos espera é que não vem nada mesmo. É notável a regularidade da incompetência. Ela não surpreende. Está sempre por aí.  Lembro com frequência da famosa frase, já meio clichê, você tem razão, do Kennedy: não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por […]

decolagem interrompida

Apertem os cintos: recuperação da Gol será mais turbulenta que o esperado

Companhia reduz projeções para receita no primeiro trimestre, dizendo que retomada dependerá de ritmo da vacinação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies