Menu
2020-05-10T18:25:55-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
COMPANHIAS AÉREAS

Com queda de mais de 80% no preço das ações no ano, Avianca Holdings pede recuperação judicial nos EUA

A companhia – que é a segunda maior empresa aérea da América Latina – estimou o seu passivo entre US$ 1 bilhão e US$ 10.000 bilhões

10 de maio de 2020
18:25
Avianca
Aeronave da Avianca - Imagem: shutterstock

A holding área colombiana Avianca Holdings entrou hoje (10) com um pedido de recuperação judicial nos EUA com base no capítulo 11, por causa do rápido impacto econômico causado pela crise do coronavírus em seu balanço.

A atitude desesperada da empresa ocorre, especialmente em razão da aproximação da data para pagamento de títulos, assim como a negação dos pedidos de ajuda feitos ao governo colombiano após perdas causadas pela Covid-19.

A companhia - que é a segunda maior empresa aérea da América Latina - estimou o seu passivo entre US$ 1 bilhão e US$ 10.000 bilhões em uma presentação feita ao tribunal.

Em comunicado, a empresa disse que o processo de reestruturação tem a intenção de permitir a continuidade das operações, assim como a preservação de empregos, manutenção do transporte anual de milhares de passageiros e a recuperação econômica da Colômbia e de outros mercados-chave para a companhia.

No documento, o presidente da Avianca Holdings, Anko van der Werff, disse ainda que "os efeitos da pandemia Covid-19 fizeram a empresa enfrentar a crise mais desafiadora em seus 100 anos de história". Mas destacou que o pedido é um passo necessário para contornar os problemas financeiros.

“Acreditamos que a reorganização conforme o capítulo 11 é o melhor caminho a seguirmos para proteger os serviços essenciais de viagem e transporte aéreo que fazemos na Colômbia e nos demais países da América Latina", afirmou Werff.

Ações

Depois de ser obrigada a suspender o transporte aéreo de passageiros desde março deste ano, a Avianca Holdings diz que sofreu uma redução de 80% em sua receita.

A queda na primeira linha do balanço, além dos demais impactos econômicos causados pela rápida proliferação do coronavírus assustaram os investidores, e pressionaram o preços das ações da empresa para baixo.

Na última sexta-feira, por exemplo, os recibos de depósitos de ações (ADRs, na sigla em inglês) da companhia (código AVH) negociados em Nova Iorque fecharam o pregão cotados abaixo de US$ 1.

E o desempenho ao longo do último mês também não foi positivo. Nos últimos 30 dias, os papéis tiveram queda de 22,12%. No ano, o recuo no preço das ações já ultrapassa os 80%.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Dados atualizados

Mortes por coronavírus no Brasil vão a 34.973; infectados são 643.766

Na quinta-feira, havia 34.021 mortes registradas, segundo o Ministério da Saúde. O balanço diário totalizava 614.941 infectados

Números da pandemia

‘Acabou matéria no Jornal Nacional’, diz Bolsonaro sobre atraso em dados do coronavírus

Questionado sobre o terceiro dia com atraso seguido na divulgação de mortos e infectados pela covid-19 pelo Ministério da Saúde, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira, 5, que “acabou matéria no Jornal Nacional”, telejornal da TV Globo

seu dinheiro na sua noite

A crise do coronavírus vai ser uma marolinha?

Em 2008, ao ser questionado sobre a crise financeira, o ex-presidente Lula disse que o tsunami sobre a economia global chegaria ao Brasil como uma “marolinha”. O resultado você e eu conhecemos. Pois bem, com a rápida recuperação dos mercados nas últimas semanas já vejo muita gente resgatar a tese da marolinha. Na nova versão, […]

Marcelo Guaranys

Ninguém voltará para fila do Bolsa Família após fim do auxílio emergencial, diz secretário

Depois de o governo transferir quase R$ 84 milhões do Bolsa Família para publicidade institucional, secretários do Ministério da Economia disseram que o programa está com a fila zerada

Isso é que é alívio

Dólar despenca 6,52% na semana e fica abaixo de R$ 5,00; Ibovespa dispara mais de 8%

O dólar à vista terminou a semana a R$ 4,99, indo ao menor nível desde 26 de março, enquanto o Ibovespa cravou a sexta alta seguida e voltou ao patamar de 94 mil pontos. Entenda o que motivou toda essa onda de otimismo nos mercados

Secretário especial da fazenda

Bolsa Família não foi prejudicado com transferência de recurso à Secom, diz Waldery

Ele lembrou que o governo decidiu prorrogar o auxílio emergencial por duas parcelas “em princípio” e que, depois da medida provisória que previa o pagamento permanente do 13º para o Bolsa Família caducar, o governo analisará o espaço orçamentário para esse medida neste ano

Efeito coronavírus

Varejo de SP tem perdas de R$ 16 bilhões durante quarentena, diz Fecomercio

O cálculo é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), levando em consideração 72 dias de quarentena até ontem

Menos frequência, mais gasto

Redes de supermercados e atacarejos faturam 12,5% a mais em maio

Os dados são de um levantamento da GS Ciência do Consumo, empresa de inteligência analítica e soluções de tecnologia para indústria e varejo

YDUQ3 salta 10% na bolsa

BTG mantém-se neutro sobre Yduqs, mas vê ‘gatilho valioso’ após aquisição de R$ 120 milhões

Yduqs salta mais de 10% no Ibovespa; para BTG, o fraco ímpeto de lucros da companhia e a falta de catalisadores ainda justificam a cautela na recomendação

Dono da Warner Music

Len Blavatnik: o bilionário que apostou na indústria fonográfica e se tornou um dos homens mais ricos do mundo

Com o bem-sucedido IPO da Warner Music, na Nasdaq, Blavatnik, que apostou na empresa quando a indústria fonográfica desmoronava, saltou quase 20 posições na lista dos mais ricos do mundo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements