Menu
2019-07-01T15:04:15-03:00
fazendo as contas

Etanol recua em 19 Estados e no DF; preço médio cai 0,89% no País

Já valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros recuou em 22 Estados na semana passada, segundo a ANP

1 de julho de 2019
12:54 - atualizado às 15:04
Posto de combustível em Brasília
Posto de combustível em Brasília - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os preços médios do etanol hidratado recuaram em 19 Estados brasileiros e no Distrito Federal na semana passada, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Houve alta em seis Estados e no Amapá não foi feita avaliação.

Na média dos postos brasileiros pesquisados pela ANP houve recuo de 0,89% no preço médio do etanol na semana passada ante a anterior, de R$ 2,803 para R$ 2,778. Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, houve baixa de 1,39% no período e a cotação média do hidratado variou de R$ 2,593 para R$ 2,557 o litro. A maior queda semanal, de 2,19%, foi na Bahia e a maior elevação, de 1,23%, foi em Alagoas.

Na comparação mensal, os preços do etanol recuaram em 23 Estados e no Distrito Federal e subiram apenas na Paraíba e em Tocantins. Sem avaliação na semana passada, não houve base de comparação mensal no Amapá. Na média brasileira o preço do biocombustível pesquisado pela ANP acumulou baixa mensal de 5,70%, com destaque para Mato Grosso, maior recuo individual, de 7,70% no período.

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,159 o litro, em São Paulo e o menor preço médio, de R$ 2,436, foi em Mato Grosso. O preço máximo individual de R$ 4,970 o litro, foi registrado em um posto do Pará e o Rio Grande do Sul registrou o maior preço médio, de R$ 4,116 o litro.

Gasolina

O valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros recuou em 22 Estados brasileiros na semana passada, segundo dados da ANP compilados pelo AE-Taxas. Houve alta apenas no Distrito Federal, no Maranhão, no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Norte. Em Tocantins, não houve variação entre as semanas.

Na média nacional, o preço médio recuou 0,45% na semana sobre a anterior, de R$ 4,445 para R$ 4,425. Em São Paulo, maior consumidor do País e com mais postos pesquisados, o litro da gasolina caiu 0,62%, de R$ 4,168 para R$ 4,142, em média. No Rio de Janeiro, o combustível subiu 0,02%, de R$ 4,927 para R$ 4,928, em média. Em Minas Gerais houve a queda no preço médio da gasolina foi 0,15%, de R$ 4,715 para R$ 4,708 o litro.

Vantagem

Os preços médios do etanol continuaram vantajosos ante os da gasolina em cinco Estados brasileiros na semana passada - Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo e Paraná -, todos grandes produtores do biocombustível. O levantamento da ANP compilado pelo AE-Taxas considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido, em média, por 54,77% do preço da gasolina, em Goiás a 63,24% e em Minas Gerais a 61,98%. Em São Paulo, a paridade ficou em 61,73% e no Paraná em 67,54%.

Na média dos postos pesquisados no País, a paridade é de 62,78% entre os preços médios de etanol e gasolina, também favorável ao biocombustível. A gasolina foi mais vantajosa no Rio Grande do Sul, com a paridade de 90,42% para o preço do etanol.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

agenda de privatizações

Capitalização será retomada no 2º semestre e venda em 2021, diz Eletrobras

Apesar da crise na economia trazida pela pandemia do covid-19, o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Jr, disse confiar que o processo de capitalização da estatal será retomado no Congresso Nacional ainda neste segundo semestre

US$ 2 bilhões em 12 dias

Warren Buffett compra mais de US$ 300 milhões em ações do Bank of America e passa a deter 12% do banco

Conglomerado do bilionário continua aumentando sua posição no BofA. Em menos de 15 dias, a fatia já cresceu 9%

SD Premium

Mapa dos balanços: veja as datas de divulgação das empresas do Ibovespa

É a primeira vez que os balanços compreendem um período totalmente impactado pela pandemia; números ajudam a calibrar tomada de decisão dos investidores

Quem te viu, quem te vê

Ações da Petrobras e PetroRio disparam na B3 com rali do petróleo

Ambas as empresas se beneficiam das cotações internacionais do petróleo, em meio a um movimento de valorização generalizada das commodities

sinal verde

Cade aprova aquisição do controle da Tempest pela Embraer

Embraer já tinha participação indireta na empresa desde 2016

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements