🔴 [TESTE GRÁTIS] 30 DIAS DE ACESSO A SÉRIE RENDA IMOBILIÁRIA – LIBERE AQUI

Estadão Conteúdo
novidades no edital

ANP lança consulta pública para licitação de parte do Gasbol

Licitação permitirá tanto a contratação por empresas que queiram utilizar o gás natural como as que queiram apenas transportar o gás natural para terceiros

Estadão Conteúdo
1 de março de 2019
14:05 - atualizado às 14:28
Gasoduto: bolsas internacionais estão de olho na crise energética na Europa
Imagem de gasoduto - Imagem: Shutterstock

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou na quinta-feira, 28, a realização de uma Consulta Pública para a elaboração do edital de licitação da capacidade do Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol) que estará disponível a partir do final deste ano, de 18,08 milhões de metros cúbicos por dia, do total da capacidade de 30 milhões de metros cúbicos do gasoduto.

A novidade, informou na quinta o diretor da ANP Cesário Cecchi, em reunião de diretoria transmitida pela Internet, é que a licitação permitirá tanto a contratação por empresas que queiram utilizar o gás natural como as que queiram apenas transportar o gás natural para terceiros.

"Todas as empresas poderão se candidatar, desde que qualificadas como carregadora para trazer gás ou injetar. Tem dois significados: pode comprar e pode colocar gás no sistema de transporte", explicou Cecchi durante a reunião. Ele disse considerar a licitação "um marco na indústria de gás brasileiro".

A tarifa de transporte será dividida em duas parcelas: 30% "postalizada" (divide o custo igualmente por todos os agentes) e 70% "locacional" (definida pela distância que o gás vai percorrer).

A Lei do Gás foi publicada em 2009 e ratificada em 2010, estabelecendo novas regras do transporte de gás natural no País. As regras foram complementadas em 2018 com a autorização para a ANP aprovar as tarifas de transporte, que serão propostas pelo transportador. Na época, foi definido o regime de contratação de capacidade por meio do modelo de entrada e saída, o que é considerado um estímulo à competitividade no segmento.

O Gasbol possui três contratos. O primeiro, TCQ Brasil, firmado em 25 de fevereiro de 1999 entre a Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil S.A. (TBG) e a Petrobras, vence em 31/12/2019; o segundo, com capacidade 6 milhões de metros cúbicos diários vence em 31/12/2021; e o terceiro, de 6 milhões de metros cúbicos, termina em 4/09/2041.

A Petrobras já informou que não pretende renovar o contrato integralmente e pode ficar com metade do atual volume contratado. Antecipando o fim do contrato da estatal, a Shell assinou em dezembro do ano passado com a boliviana YPFB acordo para um futuro contrato de importação de gás natural para o Brasil, no total de 4 milhões de metros cúbicos diários.

"A planilha da tarifa vai ser disponibilizada no site a partir de 1º de março. O mercado vai sugerir qual vai ser o modelo adequado, isso já estabelece a entrada e a saída e vantagens regionais desse grande Brasil", disse Cecchi, que abriu em seguida para o tema para votação da diretoria colegiada da ANP e foi aprovado por unanimidade.

Compartilhe

LIVRE DAS PUNIÇÕES

Petrobras (PETR4) troca multas da ANP por investimento de R$ 855 milhões em exploração e produção no País

27 de julho de 2022 - 20:15

O acordo já terá um efeito significativo no balanço da petroleira, cuja divulgação está marcada para amanhã (28) após o fechamento do mercado

BATENDO O MARTELO

3R Petroleum (RRRP3) arremata seis blocos em leilão da ANP; veja todos os vencedores

13 de abril de 2022 - 16:36

ANP realizou o terceiro ciclo de leilões da oferta permanente; nesta fase foram ofertadas sete bacias em 14 setores

Tanque cheio, bolso vazio

Gasolina acima de R$ 8,00 o litro: segundo a ANP, essa já é uma realidade nos postos do Brasil

30 de janeiro de 2022 - 11:17

Angra dos Reis (RJ) tem a gasolina mais cara do país; veja os detalhes da pesquisa de preços de combustíveis da ANP

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

22 de janeiro de 2022 - 10:58

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

nenhuma proposta

Blocos próximos a Fernando de Noronha, que ANP insistiu em leiloar apesar dos riscos ambientais, não atraem investidores

7 de outubro de 2021 - 17:13

Além do resultado vazio para os blocos da chamada Bacia Potiguar, onde se localiza a área do arquipélago e da reserva biológica, não houve propostas para a Bacia de Pelotas, também considerada como região de sensível preservação

Atualização do presidente

Bolsonaro edita MP que antecipa venda direta de etanol entre produtores e postos; entenda

14 de setembro de 2021 - 7:57

Nova medida dispensa a intermediação de distribuidores e ainda flexibiliza a “tutela à bandeira”

Pesando no bolso

Não é só a gasolina! Preço médio do etanol sobe em 21 Estados

23 de agosto de 2021 - 11:44

Nos postos pesquisados pela ANP em todo o País, o preço médio biocombustível subiu 2,23%, de R$ 4,399 para R$ 4,497 no comparativo semanal

Dados da ANP

Consumidor já paga mais de R$ 7 por gasolina

21 de agosto de 2021 - 18:24

Para especialistas, o dólar tem grande influência nesse comportamento, mas outros fatores também influenciam

Cheia de energia

Petrobras (PETR4) amplia oferta de combustíveis e quadruplica geração térmica

19 de agosto de 2021 - 7:34

Medida da estatal permitiu aumentar a geração termelétrica de suas usinas e clientes de 2 mil megawatts (MW) para quase 8 mil MW

Recorde

Petrobras: campos de petróleo da cessão onerosa têm produção recorde em julho

17 de agosto de 2021 - 13:10

Produção dos poços explorados pela estatal aumentou 6,23% em relação ao mês anterior, diz ANP

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies