Menu
2019-04-05T15:54:38-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Petróleo disputado

Aos 48′ do 2º tempo, 5 empresas entram no jogo da partilha do pré-sal

Governo arrecadou R$ 6,82 bilhões com último leilão de petróleo realizado nesta sexta-feira, 28

28 de setembro de 2018
15:01 - atualizado às 15:54
Plataforma de petróleo
Expectativa é de que o governo arrecade R$ 235 bilhões em royalties e participações especiais durante 25 anosImagem: Shutterstock

Foi considerado um sucesso o último leilão de petróleo do governo para vender áreas de pré-sal. Isso porque nas negociações que aconteceram nesta sexta-feira, 28, as quatro áreas leiloadas foram arrematadas, gerando um saldo de R$ 6,82 bilhões aos cofres públicos.

Essa foi a 5ª rodada de partilha do pré-sal, com prazo de 25 anos para as empresas compradoras explorarem as áreas. A expectativa é de que o governo arrecade R$ 235 bilhões em royalties e participações especiais durante esse período. Esse número é bem maior do que o projetado pela União antes do leilão (R$ 180 bilhões), impactado pela forte alta recente nos preços do petróleo.

Todos na concorrência

Cinco empresas que participaram do leilão saíram vitoriosas e ganharam o direito de explorar uma das regiões negociadas.

A Petrobras levou a área Sudoeste de Tartaruga Verde, que não obteve concorrência. O consórcio formado pela Shell (50%) e a Chevron (50%) poderá explorar o bloco Saturno com excedente em óleo de 70,20%, frente ao mínimo de 17,54%.

Já o consórcio formado pela ExxonMobil (64%) e QPI Brasil (36%), arrematou o disputado bloco Titã com excedente em óleo de 23,49%, frente ao mínimo predefinido de 9,53%.

Por fim, o consórcio entre BP (50%), Ecopetrol (20%) e CNOOC (30%) arrematou o bloco Pau-Brasil com excedente em óleo de 63,79%, frente ao mínimo predefinido de 24,82%.

Com os resultados de todos os leilões de partilha realizados pelo governo em um ano, cinco petroleiras passaram a ser operadoras do pré-sal, além da Petrobras. São elas a Total, Shell, Equinor, BP e Exxon.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Crédito à vista

Bancos privados também preparam crédito prefixado

Diferentemente da modalidade com lastro no IPCA, no prefixado bancos privados mostram apetite: veem mais segurança para emprestar sem o risco da inflação

Deu mais

CCR vence leilão da BR-101 no Sul com deságio de 62%

Valor ficou bem abaixo das duas outras propostas; fontes afirmaram ter sido lance arriscado e que a empresa terá de injetar cerca de R$ 1 bilhão de capital social por causa deságio elevado

um risco no radar

Por coronavírus, Arábia Saudita avalia romper aliança com a Rússia no setor de petróleo

Os dois lados têm colaborado desde dezembro de 2016 para tentar equilibrar a oferta global, em meio a um salto na oferta do xisto vinda dos EUA

presidente vai aos EUA

Bolsonaro diz ter intenção de trazer a Tesla, de Elon Musk, para o Brasil

Filho do presidente já havia declarado a intenção; Ele disse ter participado de teleconferência com o ministro da Ciência e Tecnologia para tratar sobre o assunto

Exile on Wall Street

O tamanho certo da sua proteção para este Carnaval

*Por Bruno Mérola

de olho nas cifras

Rombo nas contas externas soma US$ 11,8 bilhões em janeiro

Resultado é o pior resultado para o mês desde 2015, quando houve déficit de US$ 12,011 bilhões

mercados agora

Dólar bate R$ 4,40 pela primeira vez na história; Ibovespa cai mais de 1%

O mercado local novamente é afetado pela cautela no exterior, fazendo a moeda norte-americana testar um novo recorde; no ano, a alta do dólar à vista já é de mais de 9%

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

De olho no futuro

Montadoras investem em postos de recarga para fomentar híbridos

Volkswagen se une assim a empresas como BMW, Volvo e à própria parceria em que participa com Volkswagen e Porsche na instalação de pelo menos outros 680 pontos de abastecimento, vários deles com tecnologias de recarga rápida

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

13 notícias para você começar o dia bem informado

2019 poderia ter sido um dos melhores anos da história da Vale, especialmente pela alta de mais de 30% no preço do minério de ferro. A tragédia de Brumadinho mudou severamente esse quadro e levou a empresa a um prejuízo de US$ 1,7 bilhão no ano todo, conforme números divulgados ontem à noite. A sexta-feira […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements