Menu
2019-04-04T16:03:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Escândalo de corrupção

Ex-presidente do conselho executivo da Nissan, Carlos Ghosn é indiciado no Japão

Promotoria alega que Ghosn recebeu salários totalizando cerca de 10 bilhões de ienes (US$ 89 milhões) num período de cinco anos fiscais encerrado em março de 2015

10 de dezembro de 2018
7:08 - atualizado às 16:03
Carlos Ghosn
Carlos Ghosn, ex-presidente do grupo Renault-Nissan. - Imagem: Shutterstock

Promotores em Tóquio indiciaram nesta segunda-feira, 10, o executivo brasileiro Carlos Ghosn por ter supostamente fraudado sua declaração de renda quando era presidente do conselho administrativo da montadora Nissan, segundo a mídia japonesa. Ghosn foi afastado do cargo no mês passado, após uma investigação interna da Nissan apontar irregularidades.

Um ex-diretor da Nissan, Greg Kelly, também foi indiciado por suposta colaboração com Ghosn.

A promotoria alega que Ghosn recebeu salários totalizando cerca de 10 bilhões de ienes (US$ 89 milhões) num período de cinco anos fiscais encerrado em março de 2015, mas teria declarado apenas cerca de metade desse valor.

A Nissan, que Ghosn resgatou de uma situação de quase falência nas duas últimas décadas, faz parte de uma aliança com a Renault e Mitsubishi.

Ghosn está detido em Tóquio desde 19 de novembro, quando as acusações vieram à tona. Somente advogados de Ghosn e autoridades de embaixadas do Líbano, França e Brasil foram autorizados a visitá-lo na prisão.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Renovação do Conselho

Comitê interno da Petrobras desaprova dois nomes indicados ao Conselho

Indicados foram considerados inaptos pelo Comitê de Pessoas por terem atuado em empresas com relação direta com a estatal nos últimos três anos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies