Menu
2019-04-05T10:23:24-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Corrupção

Ghosn recebeu US$ 8,9 milhões em pagamentos “impróprios”, acusam Nissan e Mitsubishi

Ex-presidente do Conselho de Administração das duas companhias, Carlos Ghosn teria recebido US$ 8,9 milhões em pagamentos “impróprios”

18 de janeiro de 2019
9:37 - atualizado às 10:23
Carlos Ghosn
Carlos Ghosn, ex-presidente do grupo Renault-Nissan. - Imagem: Shutterstock

A Nissan e a Mitsubishi informaram nesta sexta-feira, 18, que o executivo brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente do Conselho de Administração das duas companhias, recebeu US$ 8,9 milhões em pagamentos "impróprios" realizados por uma subsidiária que ambas mantinham na Holanda.

A Mitsubishi informou que Ghosn recebeu os pagamentos entre abril e novembro do ano passado, depois de ser contratado pela Nissan-Mitsubishi BV, estabelecida em junho de 2017 em território holandês.

As companhias disseram que seus atuais diretores executivos - Hiroto Saikawa da Nissan e Osamu Masuko da Mitsubishi - não foram consultados sobre os pagamentos, embora também fossem executivos da empresa holandesa, ao lado de Ghosn.

A Nissan afirmou crer que os pagamentos a Ghosn foram "resultado de má conduta" e que vai tentar reaver o dinheiro.

Ghosn foi preso no dia 19 de novembro em Tóquio e posteriormente indicado por fraudes financeiras. O executivo nega irregularidades.

Nesta sexta, uma corte em Tóquio rejeitou o pedido da defesa de Ghosn para que fosse uma estabelecida uma fiança, para que ele pudesse responder ao processo em liberdade.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O golpe do século

Crime e castigo: Bernie Madoff, responsável pela maior pirâmide financeira da história, morre na cadeia

Condenado a 150 anos de prisão, financista que fraudou US$ 20 bilhões e enganou milhares de investidores morreu em desgraça aos 82 anos. Conheça sua história e relembre seus crimes.

Atividade em queda

Indicador da FGV mostra contração da economia em março com agravamento da pandemia

A queda nas expectativas dos consumidores foi um dos destaques negativos entre os componentes do indicador

Benefício com garantia

Paulo Guedes reeditará BEm somente após a aprovação do Orçamento ou da PEC “fura-teto”

“O ministro disse ‘ou um, ou outro, o que sair primeiro a gente faz o BEm'”, afirmou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel

PPI

Decreto de Bolsonaro inclui Correios no Programa Nacional de Desestatização

A privatização dos Correios ainda depende da aprovação de um projeto de lei de autoria do Executivo que permite à iniciativa privada prestar serviços

Exile on Wall Street

Bitcoins, IPOs, reestruturações e M&As: coisas para comprar ainda nesta semana

De onde você menos espera é que não vem nada mesmo. É notável a regularidade da incompetência. Ela não surpreende. Está sempre por aí.  Lembro com frequência da famosa frase, já meio clichê, você tem razão, do Kennedy: não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies