2018-10-28T21:28:31-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Eleições 2018

O que interessa é a formação de governo, diz economista do ABC Brasil

Para Luis Leal, confirmada a vitória é possível que o mercado “ande mais um pouco” e dólar busque a linha de R$ 3,60. Autonomia do BC é medida que pode surpreender

28 de outubro de 2018
21:28

O que interessa para o mercado é a formação do novo governo, dos nomes da equipe, especialmente para o Ministério da Fazenda, Banco Central (BC), e o que Jair Bolsonaro vai falar com relação às privatizações. A avaliação é do economista-chefe do Banco ABC Brasil, Luis Otavio Souza Leal.

Para o economista, confirmada a vitória é possível que o mercado “ande mais um pouco” nesta segunda-feira. Como exemplo, Leal citou o dólar que na sexta-feira foi a R$ 3,65, descolado da cena externa. É possível que dólar caminhe para a linha de R$ 3,60.

De acordo com Leal, a autonomia do Banco Central poder ser uma grande surpresa. A percepção é de que o projeto possa ser aprovado no Congresso, e que isso acabe determinando a permanência de Ilan Goldfajn no comando da instituição pelo período de transição.

“A conjunção dessa independência do BC com a permanência de Ilan pode contrabalancear uma certa frustração com a reforma da Previdência no curto prazo”, disse.

Pelos modelos de autonomia em discussão, presidente do BC e diretores teriam mandatos não coincidentes com o do presidente da República. Assim, Ilan poderia ficar por mais dois anos comandando o BC até a entrada em vigor da nova regra.

Para Leal, a reforma da Previdência não deve andar, pois Bolsonaro teria pouca disposição em levar adiante o modelo proposto por Michel Temer.

Segundo o economista, a Previdência é a reforma mais urgente, mas o candidato pode começar a tratar disso em 2019.

A nova etapa

Agora, diz Leal, começa uma segunda fase no jogo, com o mercado acompanhando de perto a mudança de Bolsonaro candidato para o Bolsonaro eleito e já jogando para frente como será o Bolsonaro presidente.

Quando Bolsonaro era candidato, havia uma complacência com as falas, pois elas eram “coisa de campanha”. Agora, as falas do eleito começam a ganhar contorno de verdade. Como exemplo, Leal cita a fala de Bolsonaro sobre não entregar a geração de energia elétrica para os chineses, quando falou sobre privatizações.

“Isso é bravata ou é o que ele pensa? Qualquer coisa que ele fale será tomada a valor de face”, diz Leal.

 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) cai hoje, mas projeções para mercado de criptomoedas permanecem otimistas, segundo analistas; Cardano (ADA) dispara mais de 8%

Qualquer gatilho neste momento pode desencadear uma alta de preços e um novo bull market das criptomoedas

EXILE ON WALL STREET

Você quer ser reconhecido ou quer ganhar dinheiro? Entenda por que estar na moda nem sempre significa lucrar

O objetivo do investidor não deveria ser estar na moda nem ser reconhecido em conversas pseudointeligentes, uma vez que os ciclos não necessariamente se repetem à frente

Insights para lucrar

VOTAÇÃO: Qual o investimento mais atrativo para o seu patrimônio em 2022?

Seu Dinheiro abre espaço de diálogo entre investidores para cada um saber o que o outro pensa sobre bolsa, criptomoedas, renda fixa e muito mais; vote

BRASILEIRO NÃO DESISTE NUNCA

Longe do fim: Aliansce Sonae (ALSO3) avisa que vai insistir na fusão com a brMalls (BRML3)

Negócio bilionário entre as gigantes rivais daria origem à maior administradora de shoppings da América Latina

TRÉGUA CLIMÁTICA

Depois da Usiminas, Vale anuncia retomada gradual das atividades após chuvas devastadoras em MG

Retorno parcial das operações coincide com trégua nos temporais que deixaram dezenas de mortos e milhares de desabrigados no Estado