Menu
2019-05-02T16:16:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Troca de comando

Marfrig compra argentina Quickfood, da BRF, por US$ 54,9 milhões

Líder na produção de alimentos derivados de carne bovina, companhia argentina se prepara lançar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) na bolsa de Buenos Aires

7 de dezembro de 2018
10:44 - atualizado às 16:16
Embalagem de carne bovina
Imagem: Shutterstock

A Marfrig Global Foods comprou da BRF 97,89% do capital votante e total da argentina Quickfood por US$ 54,9 milhões. O anúncio foi realizado nesta sexta-feira, 7.

Com a compra, a Marfrig também deve lançar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) pelos 8,11% restantes do capital da Quickfood negociados na Bolsa de Comércio de Buenos Aires.

A empresa é líder na produção de alimentos derivados de carne bovina na Argentina, operando três plantas. Elas são localizadas em San Jorge, Baradero e Arroyo Seco, com capacidade de processar cerca de 6 mil toneladas por mês de hambúrgueres, salsichas, frios e vegetais congelados.

'Bônus'

As duas empresas também firmaram acordo pela qual a Marfrig assumirá, por R$ 100 milhões, a operação da fábrica da BRF em Várzea Grande, no Mato Grosso, que inclui a produção de hambúrgueres, com capacidade de 69 mil toneladas por ano, almôndegas e quibe, entre outros.

"Além da parceria firmada com BRF, esse acordo permitirá com que a Marfrig volte a suprir produtos, como hambúrguer, às empresas globais de foodservice instaladas no Brasil e adeque o investimento previsto para uma nova planta de hambúrguer no país", diz a empresa em comunicado ao mercado.

A aquisição, destaca a Marfrig, fortalece seu portfólio de produtos de maior valor agregado e está em linha com seu plano estratégico de crescimento, atendendo ainda potenciais sinergias e melhorias de escala das operações no país.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

2020 é o novo ‘ano dos IPOs’?

Se um viajante do tempo contasse à Julia de março ou abril que, bem antes do fim do ano, as bolsas americanas já teriam se recuperado e ultrapassado os patamares anteriores à crise, o Ibovespa já teria retornado ao patamar dos 100 mil pontos e que 2020 seria um grande ano de aberturas de capital […]

no zero a zero

Ibovespa zera ganhos no fim com queda em NY em meio à incerteza sobre estímulos

Dólar também encerra dia no zero a zero, demonstrando cautela dos investidores sobre pacote de ajuda à economia dos Estados Unidos, e juros futuros sobem com temor fiscal. Após pregão, saiu a notícia de que autoridades americanas estão mais próximas de um acordo

Dia de euforia

Bitcoin quebra recorde em reais e supera a marca dos R$ 70 mil

A moeda também rompeu a máxima do ano em dólar, cotada a mais de US$ 12 mil

Recorde

Arrecadação tem melhor resultado mensal em 6 anos

O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 1,97% na comparação com o mesmo mês de 2019

Expandindo horizontes

Todo player olha privatização dos Correios com interesse, diz presidente do Magazine Luiza

Frederico Trajano disse que todas as aquisições recentes da companhia fazem parte de uma estratégia de ecossistema do grupo.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies