Menu
2018-10-23T07:05:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro

Grupo Iguatemi vai apostar em experiência premium online em futuro ‘marketplace’

Controladora de 17 shoppings pretende lançar plataforma online integrando, inicialmente, 64 marcas que estão presentes na rede

23 de outubro de 2018
7:02 - atualizado às 7:05
Fachada do shopping JK Iguatemi
Imagem: Shutterstock

O grupo Iguatemi, que administra 17 shoppings pelo brasil, está se preparando para lançar um e-commerce no formato marketplace. A informação é do jornal "Estado de S. Paulo" desta terça-feira, 23.

O plano da rede, que deve ser lançado no primeiro semestre do ano que vem, deve começar com 64 marcas presentes na rede, que serão mantidas em sigilo até lá.

"A tecnologia do marketplace se assemelha ao nosso negócio: seremos também no ambiente online uma integradora entre os clientes e as marcas, recebendo uma comissão por esse negócio”, disse o presidente da Iguatemi Empresa de Shopping Centers, Carlos Jereissati Filho, ao Estadão.

De acordo com o executivo, o grupo tem a seu favor o fato de ter uma marca reconhecida, o que é muito pouco usual no setor.

“Temos um nome com uma força no comércio de shopping, em moda e estilo de vida. A gente já tem quase um milhão de usuários únicos nas redes, olhando informações do nosso shopping. Facilita muito para esse consumidor ter um canal de compras nesse ambiente”, acrescenta Jereissati.

Jereissati ressalta ainda que a criação da plataforma online de vendas é importante para fortalecer o varejo do grupo como um todo e destacou que os serviços irão se complementar.

“‘Gostei, vi no online, vou ao shopping e compro. Comprei, não ficou bom, vou ao shopping e troco. Com o e-commerce, a gente vai oferecer para o cliente de todo o Brasil o Iguatemi 24 horas por dia, 365 dias por ano. Daí o nome”, disse.

Novos modelos

No setor, vários grupos estão testando soluções para aliar os dois movimentos. Em maio, com objetivo de desenvolver modelo de entregas usando shoppings centers como centrais de distribuição, a BRMalls, maior administradora de shoppings da América Latina, comprou uma participação na plataforma para entregas Delivery Center. A empresa atua como plataforma aberta, que integra diferentes sites de comércio eletrônico às lojas dos shoppings.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

covid-19

Brasil registra 1.349 mortes por coronavírus em 24 h, novo recorde

Balanço divulgado pelo Ministério da Saúde trouxe 28.633 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, totalizando 584.016

efeito coronavírus

Vendas no varejo da zona do euro sofrem queda histórica de 11,7% de abril

Resultado ficou acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam contração ainda mais acentuada nas vendas, de 19%

Exclusivo SD Premium

As melhores ações na bolsa para junho, segundo 14 corretoras

Após consultar 14 corretoras, o Seu Dinheiro selecionou as três ações favoritas de cada uma delas. No pódio, duas velhas conhecidas voltam para mais uma presença no ranking após um bom desempenho em maio.

Agenda BC#

BC estende regras para débito automático a contas de pagamento pré-pagas

A diretoria do Banco Central decidiu estender para as contas de pagamento pré-pagas (aquelas cujos recursos devem ser depositados previamente) as regras sobre autorização e cancelamento de débitos em conta que já estavam previstas para contas de depósitos e para contas-salário

Aprovação concedida

Tim e Vivo recebem aprovação da Anatel e do Cade para compartilhamento de rede

Serão compartilhadas infraestrutura de redes móveis para as tecnologias 2G, 3G e 4G

Empresa diz que não comenta

MPT-RS pede interdição de planta da JBS no Estado por surto de coronavírus

A JBS respondeu, sobre a ação civil pública movida nesta quarta, que não comenta processos judiciais em andamento

seu dinheiro na sua noite

Despiorou

Acabou a crise? Nesta quarta-feira, os mercados mantiveram o otimismo dos últimos dias. As bolsas subiram aqui e lá fora, ao mesmo tempo em que o dólar assistiu a mais um dia de alívio, chegando perto dos R$ 5 novamente. Está até difícil entender de onde sai tanto apetite por risco, dado que a pandemia […]

ANÁLISE

Quarentena de pijama? Não, no mundo cripto tem muita coisa rolando

Nas próximas linhas, Helena Margarido vai mostrar a você um mercado que caminha na contramão de todo establishment e permanece com alta demanda em meio à crise atual: a revolução está somente começando.

Ninguém segura

A corrida dos touros: Ibovespa sobe pelo quarto dia e volta aos 93 mil pontos; dólar cai a R$ 5,09

O Ibovespa teve mais um dia de ganhos e chegou ao maior nível desde 6 de março, sustentado pelo otimismo global. O dólar à vista caiu forte, chegando a R$ 5,01 na mínima da sessão

tombo histórico

Abinee reporta queda de 30,3% na produção do setor eletroeletrônico em abril

Essa foi a maior queda verificada na série histórica iniciada no início de 2002, segundo o presidente da entidade, Humberto Barbato

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements