Menu
2019-04-04T14:43:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Patrimônio de R$ 500 milhões

JGP Asset será a gestora do novo FIDC de debêntures de infraestrutura do BNDES

Fundo será formado com títulos que já integram a carteira do banco de fomento

16 de novembro de 2018
15:01 - atualizado às 14:43
infraestrutura
JGP foi selecionada para ser gestora do fundo numa chamada pública - Imagem: Shutterstock

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta sexta-feira, 16, que a JGP Asset Management será a gestora do seu novo Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC). O projeto será dedicado a investir em debêntures incentivadas de infraestrutura.

O novo FIDC já estava no radar do BNDES nos últimos anos e será formado com títulos que já integram a carteira do banco de fomento. O patrimônio do fundo deverá ser de, aproximadamente, R$ 500 milhões.

A JGP foi selecionada numa chamada pública. No total, oito instituições participaram do processo seletivo, incluindo a vencedora, informou o BNDES em nota. As gestoras Votorantim Asset Management e Itaú Asset Management ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente, e ficarão no cadastro de reservas.

Segundo o BNDES, o fato de o novo FIDC ser formado com debêntures de infraestrutura que já estão na carteira do banco contribui para diminuir o "risco de originação de ativos" e garante o benefício tributário para os cotistas do fundo - conforme a Lei 12.431/2011, as debêntures de infraestrutura são isentas de Imposto de Renda (IR).

"Além de criar mais uma fonte de financiamento a projetos de infraestrutura, o BNDES espera aumentar a base de investidores e incrementar a liquidez de títulos de infraestrutura, bem como securitizar parte de sua carteira, alienando ativos nos quais entende que já cumpriu sua missão institucional", informa a nota do BNDES, que ressalta que o banco de fomento não será cotista do fundo.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

seu dinheiro na sua noite

O IPO da Caixa Seguridade vem aí; vale a pena entrar?

Depois de algumas idas e vindas, o já mítico IPO da Caixa Seguridade finalmente vai sair. O processo de abertura de capital da holding de seguros da Caixa Econômica Federal foi paralisado duas vezes no ano passado, mas finalmente será concluído na semana que vem, com a estreia das ações na bolsa. O IPO da […]

plano do ipo

Espaçolaser compra lojas franqueadas em GO e PR por R$ 35,6 milhões

Rede de depilação já detinha opção de compra; no início do mês, companhia anunciou aquisição de outras 18 lojas

FECHAMENTO

Bolsa, dólar e juros terminam o dia no vermelho com repercussão do Orçamento e novo plano Biden

Plano de Biden de aumentar impostos não agradou o mercado e a perspectiva de nova injeção de estímulos puxou para baixo o dólar. Já os juros futuros recuaram de olho na sanção do Orçamento

dança das cadeiras

Carrefour muda alto escalão, em processo de integração com Grupo BIG

Sébastien Durchon deixa o cargo de vice-presidente de finanças e de relações com investidores; executivo ficará à frente do processo de integração com a companhia adquirida

Concorrência pesa

Lucro líquido da Intel despenca 41% no 1º trimestre

Apesar do resultado negativo, a receita da companhia caiu apenas 1% na comparação com os primeiros três meses do ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies