Menu
2018-09-23T22:52:33-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Mercados

Mesmo com Ibope preocupando, dólar fecha em baixa puxado pelo mercado exterior

Câmbio foi impactado positivamente pela melhora nas perspectivas dos mercados emergentes

19 de setembro de 2018
9:39 - atualizado às 22:52
Donald Trump e Xi Jinping
Donald Trump e Xi Jinping - Imagem: Shutterstock

O dólar terminou a quarta-feira (19) em baixa com a melhora no ambiente de negócios para as economias emergentes diante da perspectiva de que as taxas impostas por EUA e China foram mais brandas do que o inicialmente esperado. A moeda norte-americana caiu 0,43%, a R$ 4,124.

Na segunda-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou tarifas de 10% sobre o valor de US$ 200 bilhões em importações chinesas com a previsão de aumentar-las para 25% no início de 2019.

Em menos de 24h, a China anunciou sua retaliação a Washington com tarifas US$ 60 bilhões sobre importações norte-americanas.

Atento e esperando

A influência lá de fora conseguiu conter a volatilidade que o câmbio apresentou nas últimas semanas por conta das eleições de outubro. O resultado do Ibope divulgado ontem, que indica fortalecimento do PT na corrida ao Planalto  apesar de Jair Bolsonaro (PSL) continuar à frente na disputa, assustou alguns e foi visto com cautela por outros. Os investidores devem ficar atentos aos próximos números das pesquisas. Aliás, amanhã é dia de Datafolha.

 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

9 notícias para começar o dia bem informado

Um dos fenômenos dos processos de evolução é abalar os mercados ineficientes. Os mais velhos certamente se lembram do tempo em que comprar uma linha telefônica era um “investimento”. O sistema de telefonia brasileiro era tão ruim que a escassez de oferta gerava um mercado paralelo. Você pode até xingar a Vivo, Claro, TIM e […]

DINHEIRO NO BOLSO

Construtora Tenda vai pagar R$ 13,7 milhões em dividendos

Montante equivale a R$ 0,13952 por ação e será repassado a partir de 16 de outubro

condição para investimentos

Audi pode deixar de produzir carros no Brasil se governo não pagar dívida

Desde o ano passado há boatos de que a empresa deixaria de produzir automóveis no País porque os investimentos para fabricar as novas versões de A3 e Q3 seriam elevados

esquenta dos mercados

Preocupação com segunda onda da covid-19 segue azedando os mercados em dia de agenda esvaziada

Na falta de novidades locais, o mau humor dos investidores estrangeiros deve impactar a bolsa brasileira

sistema financeiro

CMN amplia escopo e prorroga prazos de medidas para combater efeitos da pandemia

CMN vai permitir que instituições financeiras reduzam valores provisionados em seus balanços para arcar com os riscos em todas as operações de crédito feitas com recursos da União durante a calamidade

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements