Menu
2019-04-04T14:14:49-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Mercado potencial

Diplomata chinesa abre jogo sobre potencial de importação do Brasil no próximos anos

Em evento, Xia Xiaoling disse que a China precisará importar o equivalente US$ 10 trilhões em produtos brasileiros nos próximos cinco anos

25 de outubro de 2018
13:08 - atualizado às 14:14
China-Brasil
Imagem: shutterstock

A China precisará importar US$ 10 trilhões em produtos brasileiros nos próximos cinco anos. A estimativa foi dada pela diplomata chinesa no Brasil, Xia Xiaoling,durante evento nesta quinta-feira, 25, para promover a Feira Internacional de Importação da China, que será realizada entre os dias 5 e 10 de novembro, em Xangai.

"Embora nesse momento a China importe mais soja, petróleo e minérios do Brasil, há aqui produtos de maior valor agregado e a China precisa comprá-los", disse.

Entre os potenciais, segundo Xia, estão os aviões da Embraer, os biocombustíveis e os veículos flex, que podem ganhar espaço entre os chineses em um momento o país precisa aumentar seu consumo de etanol.

Além disso, a diplomata destaca que produtos não tão conhecidos atualmente pelo público chinês têm potencial, como vinho, cachaça, derivador do leite e até itens de vestuário e calçados.

"O que falta no Brasil é divulgação, é dar a conhecer seus produtos. A China tem 1,3 bilhão de consumidores e esse é um mercado enorme que o Brasil não pode perder", disse.

Mudança de ares

O ministro-conselheiro da Embaixada da China no Brasil, Qu Yuhui, disse que os ataques do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) aos investimentos chineses refletem "falta de conhecimento do conteúdo estratégico de nossa parceria". Yuhui, porém, disse que o pais está "aberto para conversar com qualquer político" e "vai ter uma nova agenda e vamos precisar de um período de adaptação".

Na semana passada, Bolsonaro disse que não venderia ativos de geração de energia a investidores chineses e acrescentou que eles estão "comprando o Brasil".

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

cara nova

Cemig deixa capital social da Light e leva R$ 1,37 bilhão

Com saída da estatal mineira, distribuidora de energia deixa de ter um controlador e passa a ser uma corporation

decisão do copom

BC deve manter Selic a 2% e pode derrubar ‘forward guidance’ nesta quarta

Retirada do instrumento pode vir acompanhada de uma sinalização de que seu fim não tem relação mecânica com o começo do ciclo de aperto monetário

Ivan Sant'Anna - SD Premium

O segundo tempo do governo Bolsonaro começou mal. O que esperar daqui para frente?

Não quero dar uma de adivinho, muito menos pretender ser o dono da verdade, mas as perspectivas para a reeleição de Jair Bolsonaro em outubro de 2022 não são muito boas, embora no momento lidere todas as pesquisas de intenção de voto

dados do ministério da saúde

Brasil tem 1,1 mil mortes por covid-19 registradas em 24 horas

Com os novos óbitos, o total de vidas perdidas para a pandemia subiu para 211.491, segundo o Ministério da Saúde

seu dinheiro na sua noite

As incertezas da vez

Não sei vocês, mas desde que a pandemia de coronavírus começou, minha vida e rotina mudaram tanto, que tem estado difícil fazer planos para o futuro e ter boas perspectivas, do ponto de vista pessoal e social. Entrei no modo “um dia de cada vez”, já que ainda não temos uma data certa de quando […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies