Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T13:52:19-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Gigantes do varejo

Carrefour colocou (ou pelo menos tentou colocar) uma pá de cal nos rumores sobre fusão com o Casino

Afirmações do presidente do Carrefour Brasil, Noel Prioux, vieram após o mercado passar dias especulando sobre conversas entre as duas companhias

1 de outubro de 2018
15:22 - atualizado às 13:52
Logo do Carrefour
Mercado vive forte especulação sobre conversas entre Carrefour e Casino para uma proposta de fusão - Imagem: Shutterstock

O Carrefour Brasil tentou enterrar qualquer suspeita de que estaria negociando a compra do Casino, que controla o Grupo Pão de Açúcar no país. As afirmações do presidente do Carrefour aqui no país, Noel Prioux, vieram após especulações sobre uma conversa entre as duas companhias para fechar um acordo de fusão.

Os rumores fizeram as ações da Via Varejo (que pertence ao Pão de Açúcar), despencarem mais de 10% nesta segunda-feira, 1º.

"Não temos discussão com o Casino e não vamos ter", Noel Prioux

Prioux também fez declarações sobre as conversas mantidas entre os dois grupos lá na França. Ele negou que esses encontros sejam para discutir propostas de fusão e disse que as empresas "compartilham ideias".

"O mundo de parcerias hoje é algo importante. Mas não se trata de parceria no sentido de fusão. Podemos compartilhar ideias", Noel Prioux

Um monstro do varejo

Uma união entre as duas empresas criaria um gigante francês e mundial que reuniria marcas como Carrefour, Casino, Monoprix, Franprix, Leader Price e Naturalia. Na França, hoje o Carrefour é a rede número dois, enquanto o Casino ocupa a terceira posição.

No Brasil, bandeiras como Atacadão, Assaí, Pão de Açúcar e Extra seriam afetadas, além de Ponto Frio e Casas Bahia, controladas pela Via Varejo (do GPA). Fontes ligadas às duas companhias admitiram que a fusão provavelmente enfrentaria dificuldades para ser aprovada por órgãos de proteção à concorrência, já que Carrefour e Casino são as líderes de mercado por aqui.

A negociação também poderia reforçar a posição dos dois grupos na transformação digital pela qual o setor supermercadista começa a ser afetado. Desde o início do ano os dois grupos estão em baixa nos mercados financeiros. Casino já perdeu cerca de 30% de seu valor, enquanto Carrefour perdeu cerca de 10%.

Vale lembrar que a possível fusão entre as operações do Casino e o Carrefour começaram no Brasil, em 2011. O negócio foi, na época, amarrado pelo empresário Abilio Diniz, que buscava evitar o repasse do controle do negócio que fora fundado por seu pai aos franceses.

Na corda bamba

Toda essa especulação não poderia vir em um momento pior para o Casino. O grupo sofre com a desconfiança dos investidores em relação ao peso da sua dívida, que levou a diretoria a se desfazer de operações - a Rallye, holding do grupo, devia € 3,7 bilhões em dezembro de 2017.

As ações da empresa chegaram ao menor valor em dez anos em 31 de agosto, antes de recuperar parte das perdas em setembro, já de carona nos primeiros rumores sobre a fusão agora descartada por ambas as partes.

A frequência e a intensidade das oscilações na bolsa de valores, porém, fez a dona do Grupo Pão de Açúcar suspeitar de ataques especulativos coordenados.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa na onda das commodities, short de Nubank e o fim das ações das Lojas Americanas: veja as principais notícias do dia

Entre importar o otimismo ou o pessimismo do exterior, a bolsa brasileira tem preferido a primeira opção, nos últimos dias. Em mais um dia negativo para as bolsas americanas, o Ibovespa novamente nadou contra a maré vermelha e fechou em alta, impulsionado pelo avanço dos preços das commodities – sobretudo do minério de ferro. Com […]

Fechamento Hoje

Ibovespa novamente contraria exterior, sobe mais de 1% e fecha acima dos 108 mil pontos; dólar cai abaixo de R$ 5,50

Mesmo com dia negativo em Nova York, Ibovespa é impulsionado pelas commodities; varejistas e techs se recuperam com alívio nos juros futuros

CRYPTO NEWS

Cada vez mais países devem formar reservas de bitcoin ao longo de 2022; entenda como você pode aproveitar

Você provavelmente já viu uma imagem similar a esta abaixo. Ela mostra o conceito da curva de adoção, em S, de uma nova tecnologia ou produto. A curva em formato de sino é um reflexo da curva em S, mostrando o tamanho, ao longo do tempo, dos públicos que aderem a tal inovação. Malcolm Gladwell […]

NOVAS BAIXAS

Dois secretários e um diretor do Ministério da Economia pedem demissão do cargo; saiba quem são os substitutos

Um dos secretários vai para a Funpresp-Exe e o outro, para o Legislativo. Receita Federal diz que saída de seu diretor ocorreu a pedido do servidor

CONCESSÃO RECORDE

Caixa bate recorde em 2021 ao conceder R$ 140,6 bi em crédito habitacional e diz não esperar mais altas nos juros no financiamento imobiliário; entenda

O executivo afirmou que a Caixa segue os juros futuros com vencimento em oito anos para definir as taxas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies