🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2019-04-30T10:48:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Novas operações

Nubank terá cartão de débito, mas saque custará R$ 6,50

Empresa permitirá que usuários da “Nuconta” saquem dinheiro em qualquer unidade da rede 24 horas; inicialmente, serviço será oferecido a 10 mil clientes

12 de dezembro de 2018
7:18 - atualizado às 10:48
Cartão da fintech Nubank
Imagem: Divulgação / Nubank

O Nubank anunciou nessa terça-feira, 11, que terá um cartão de débito com opção de saque em caixas eletrônicos.

Mas indo contra a sua fama de "taxa zero" no caso do cartão de crédito isento de anuidade, o saque custará R$ 6,50 cada em qualquer caixa da rede 24 horas.

Segundo a companhia, o valor será repassado à Mastercard, bandeira por meio da qual a Nubank vai permitir as retiradas em caixas eletrônicos. A companhia admite que o preço é relativamente alto.

“Nunca seremos supercompetitivos no mundo offline, do saque. Mas o dinheiro (físico) vai acabar”, diz Cristiana Junqueira, cofundadora do Nubank.

O serviço, no entanto, estará disponível inicialmente a 10 mil clientes e deverá ser estendido a toda base de usuários da NuConta no primeiro semestre de 2019. A bandeira do novo cartão continuará a ser Mastercard.

Quinta maior emissora de cartões de crédito do País, a Nubank espera ampliar sua base de clientes - e diz ter uma “fila” de espera para isso.

Segundo David Véles, cofundador da empresa, a Nubank recusou 20 milhões de pedidos de cartão de crédito por dificuldades de comprovação de renda pelos clientes.

Com o cartão de débito associado à NuConta, a companhia espera atrair aqueles que não obtiveram aprovação na modalidade crédito. Atualmente o serviço de “quase” conta corrente da empresa tem 2,5 milhões de clientes - a startup não revela quantas estão ativas.

A Nubank diz que espera atrair dezenas de milhões de novos correntistas com as novas funcionalidades.

Por enquanto, o foco da companhia continuará a ser os consumidores com necessidades transacionais simples, como cartão de débito e saque.

Apenas após a ampliação de sua base de clientes, a companhia diz que testará recursos voltados a investimentos, já a partir de 2019.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies