Menu
2019-04-04T16:03:36-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Gigante aérea

Avianca Brasil entra com pedido de recuperação judicial e concorrentes disparam na bolsa

Pedido de R$ 50 milhões foi protocolado nesta terça-feira na Justiça de São Paulo

11 de dezembro de 2018
16:35 - atualizado às 16:03
Aeronave da Avianca
Dívida da companhia aérea chega a quase R$ 100 milhões - Imagem: Shutterstock

A Avianca Brasil será a mais nova integrante do time da recuperação judicial. A companhia aérea entrou nesta segunda-feira, 10, com um pedido de RJ na 1ª Vara Empresarial de São Paulo, no valor de R$ 50 milhões. A empresa contabiliza quase R$ 500 milhões em dívidas.

Segundo comunicado, uma nova lista de credores da aérea deve ser apresentada em cinco dias. O pedido de recuperação judicial já estava protocolado na Justiça desde o início do dia, mas sob sigilo.

Quem aproveitou para surfar na crista da onda foram as concorrentes Gol e Azul, que dispararam na bolsa após a divulgação das informações (13,04% e 6,51%, respectivamente).

Em maus lençóis

A recuperação judicial da Avianca só reafirma as dificuldades que a empresa vem enfrentando dentro do seu modelo de negócios. Na semana passada, a aérea foi alvo de diversas ações judiciais movidas por companhias que alugam aeronaves, e passou a conviver com a ameaças de ter que devolver alguns desses aviões. O motivo de tudo isso? Falta de pagamento do aluguel.

Toda essa situação acontece porque a Avianca Brasil viu seus negócios se expandirem rapidamente nos últimos anos, mas junto com esse "boom" vieram as dificuldades para pagar fornecedores e cumprir obrigações com concessionárias de aeroportos. A empresa citou a crise econômica, as variações cambiais e o preço dos combustíveis de aviação como os motivos para a fragilidade financeira.

De acordo com informações do Broadcast/Estadão, somente a dívida com os aeroportos brasileiros, incluindo públicos e privados, chega a quase R$ 100 milhões - só com o de Guarulhos são R$ 25 milhões. Nos últimos dias, no entanto, a companhia conseguiu pagar parte das dívidas.

A companhia está agora sob risco de ter suas atividades paralisadas, diante de dois pedidos de reintegração de posse de aeronaves pela Boc Aviation, da Irlanda, e da Infinity Transportation, e pela Constitution Aircraft Leasing, também Irlandesa. As três ações representam 30% de sua frota - ou o equivalente a 14 aeronaves. Os pedidos de reintegração podem levar à ANAC a exigir que a Avianca cesse emissão de passagens.

Vale lembrar que a aérea captou recentemente R$ 130,7 milhões com os bancos ABC, Daycoval, Safra e Fibra, com vencimentos entre 2018 e 2021, elevando para R$ 306 milhões o endividamento da companhia ao final do terceiro trimestre. No fim de 2017, estava em 194 milhões.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

medida anticrise

Caixa lança site e aplicativo para auxílio emergencial; veja quem tem direito

Anúncio é uma das medidas do governo para fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

15 notícias para você começar o dia bem informado

O mês de março foi um banho de sangue nos mercados. Todo mundo que investe além da renda fixa perdeu dinheiro… só que não. Um levantamento feito a pedido do Seu Dinheiro mostra que 83 fundos multimercados ficaram no azul em março, enquanto o segmento teve uma queda média de 6,24%. O destaque de hoje […]

de olho no indicador

Vendas no varejo crescem 1,2% em fevereiro, diz IBGE

Houve aumento de 4,7% na comparação com fevereiro de 2019, puxado por atividades como hipermercados, móveis e eletrodomésticos e artigos de uso pessoal

cenário de crise

Embraer deve cortar salários e jornadas

Proposta apresentada pela empresa aos funcionários, na segunda-feira, 6, segundo o sindicato da categoria

Crise diplomática

Líderes do agronegócio pedem cautela no tratamento com a China

Ex-ministro da Agricultura Alysson Paolinelli se disse preocupado. “Não devemos insultar ninguém. E não podemos misturar comércio com política, precisamos de uma posição mais sadia, mais madura.”

balanço

Reservas internacionais da China atingem em março menor nível em 17 meses

Órgão regulador de câmbio da China atribuiu o recuo à forte valorização do dólar em março e a ajustes nos preços de outros ativo

Esquenta dos mercados

Desaceleração do coronavírus nos EUA e Europa traz bom humor aos negócios

Enquanto o número de casos desacelera no exterior, no Brasil os investidores ficam atentos aos números do Varejo de fevereiro e na manutenção do ministro da Saúde no cargo

alívio da ásia

Pela 1ª vez desde janeiro, China não registra mortes por covid-19

Foram notificados nesta terça-feira 32 novos casos, todos importados; número total de infectados baixou para 1.242, ontem eram 1.299

acima das estimativas de analistas

Samsung projeta alta de 2,7% no lucro do 1º trimestre

Segundo os especialistas, a mudança global para o trabalho remoto elevou a demanda por chips de memória fabricados pela Samsung que alimentam datacenters e computação em nuvem

fica no cargo

Mandetta diz que fica no cargo e pede ‘paz’ para continuar trabalho

Segundo o ministro, uma reunião desta segunda-feira com o presidente Jair Bolsonaro e outros ministros trouxe mais “união” ao governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements