Menu
2019-06-07T18:42:32-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Para dar um gás

Secretário de Infraestrutura diz que PIB cresceria 3,5% ao ano até 2029 com choque investimento

Diogo Faria afirmou que, sem esse choque, a expectativa de crescimento é de 2,1% ao ano

26 de abril de 2019
15:25 - atualizado às 18:42

Com um choque de investimentos em infraestrutura o PIB do país poderia atingir um crescimento médio de 3,5% ao ano até 2029, de acordo com o secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord de Faria. Sem isso, acrescenta ele, a expectativa de crescimento é de 2,1% ao ano.

Nesse contexto, a secretaria tem como meta elevar a relação investimentos/PIB de 1,7% para 3,8% até 2022 e subir 10 posições no pilar de infraestrutura/GCI (WEF) nesse período.

"Temos vários planos em andamento hoje no Brasil, de Logística, de Segurança, de Saneamento, etc. A intenção é consolidar tudo isso", acrescentou o secretário.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Atualmente, o país ocupa a 81ª posição no ranking GCI (WEF) de competitividade, segundo pilar da infraestrutura. A primeira colocação é ocupada por Cingapura.

De acordo com Faria, os investimentos dos últimos anos não foram suficientes nem para cobrir a depreciação dos ativos e seria preciso investir, ainda em 2019, R$ 2 bilhões em projetos de infraestrutura. A ideia é gerar 2 milhões de empregos adicionais já em 2022.

Faria participou do quarto seminário aberto "Como o novo governo enfrentará os desafios da infraestrutura no Brasil", realizado pelo MBA PPP e Concessões (MBA PPP) no auditório da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Engordando o caixa

Dona de Le Lis Blanc e Dudalina, Restoque anuncia oferta de ações que pode chegar a R$ 278 milhões

Preço final da oferta da Restoque só será definido no dia 18 de dezembro, após a conclusão do processo de bookbuilding, quando o procedimento de coleta de intenções é realizada

olho nos dados

Vendas do comércio no varejo reduzem ritmo e sobem 0,1% em outubro

Esse é o sexto mês consecutivo de crescimento, com um acréscimo de 2,7% no período; já no varejo ampliado, o volume de vendas cresceu 0,8% em relação a setembro de 2019

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

As taxas do Tesouro Direto abriram em queda nesta quarta-feira (11). O Tesouro IPCA+ 2024 (NTN-B Principal) é negociado com taxa de 2,20% ao ano mais IPCA, por um valor mínimo de R$ 58,99. O Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTN-B) é negociado com taxa de 3,40% ao ano mais IPCA e aplicação mínima […]

Mais de 11 milhões de ações

BMG aprova programa de recompra de até 10% das ações em circulação

programa de recompra de ações do BMG entra em vigor nesta quarta-feira (11) e tem prazo de validade de um ano – até 8 de dezembro de 2020.

em brasília

Pacote de Moro e 2ª instância avançam

Bancada lavajatista não encarou esse sinal verde como uma vitória porque o pacote anticrime avalizado pela CCJ “carimbou” a mesma versão autorizada pela Câmara, que desidratou o projeto original

Aproximando banco do cliente

Banco Votorantim anuncia reposicionamento de marca e passa a se chamar BV

O Banco também apresentou um novo posicionamento de marca com a assinatura “leve para a sua vida”. A ideia é aproximar os clientes do banco, seguindo o case de sucesso das fintechs.

Não vai ter veto

Bolsonaro propõe fundo eleitoral de R$ 2,5 bi

Distribuição da verba para candidatos fica a critério das cúpulas partidárias, que, em geral, privilegiam políticos com mandato. Existe, ainda, o Fundo Partidário, que banca atividades do dia a dia das legendas

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Olho nos BCs, na Oi e na XP

Hoje será mais uma super quarta-feira, com decisões importantes dos bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos sobre suas taxas básicas de juros. No caso do BC brasileiro, o mercado quer conferir se o discurso vai mudar ou não após a recente escalada do dólar. O dia começa também com novidades relevantes sobre a […]

Vai mudar

Banco do Brasil reduz diretoria executiva e anuncia novos nomes para o conselho

Banco estatal passará por uma redução de sua diretoria executiva e reestruturação nas atribuições de cada cargo. Agora, a diretoria do banco será composta por 26 posições

será que vai prosperar a ameaça?

EUA ainda discutem tarifas; Brasil espera decisão antes do Natal

Até agora, a ameaça ficou limitada ao tuíte do presidente dos EUA, no qual ele sugeriu que Brasil e Argentina estavam desvalorizando suas moedas para aumentar a competitividade dos seus produtos no mercado internacional

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements