Menu
2019-07-15T14:27:33+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
na expectativa

Participação de ferrovias na matriz de transportes vai chegar a 30% até 2025, diz ministro

Projeção anunciada por Freitas se deve a uma série de investimentos e concessões no setor, entre as quais o leilão do trecho entre Porto Nacional (TO) e Estrela D’Oeste (SP) da Norte-Sul, vencido pela Rumo

15 de julho de 2019
14:26 - atualizado às 14:27
12/04/2019  Inauguração do Novo Terminal de Passageiros do Aer
Ministro de Estado da Infraestrutura, Tarcisio Freitas. - Imagem: Alan Santos/PR

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que a participação das ferrovias na matriz de transportes do País deve aumentar dos atuais 15% para 30% até 2025. "Em seis anos, o modal ferroviário vai passar por uma mudança bastante significativa", disse

A projeção anunciada por Freitas se deve a uma série de investimentos e concessões no setor, entre as quais o leilão do trecho entre Porto Nacional (TO) e Estrela D'Oeste (SP) da Norte-Sul, vencido pela Rumo. Considerado "histórico" pelo ministro, o leilão foi realizado no primeiro semestre deste ano.

O ministro citou ainda projetos propostos para o futuro, como a Ferrogrão e a Fiol (Ilhéus a Caetité), ambas em estudo; a Fico (Água Boa a Mara Rosa); e a ferrovia Rio - Vitória, as duas em análise pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Além das prorrogações da malha paulista e da estrada de ferro Carajás, estrada de ferro Vitória Minas, a MRS e a ferrovia Centro-Atlântica.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Papel a cumprir

Freitas disse ainda que a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) tem sido responsável pela elaboração de estudos para o programa de concessões do governo e, por isso, não deve ser liquidada. Segundo ele, liquidá-la poderia gerar uma economia de R$ 70 milhões por ano ao governo. Porém, a estatal tem um papel a cumprir, disse.

O ministro defendeu a manutenção da empresa como estruturadora de projetos, ao lado do BNDES. "O BNDES talvez não consiga fazer todas concessões. Temos que mitigar risco e diversificar estruturadores", acrescentou.

A EPL, disse o ministro, começou a gerar receitas, pois recebe ressarcimento pelo custo dos estudos quando os leilões de infraestrutura são bem sucedidos. "Ela não pode fazer isso sendo contratada por Estados e municípios?", sugeriu.

Sobre a Valec, o ministro disse que a companhia não é "privatizável" e que, se houver alguma decisão em relação a ela, seria para liquidá-la. Afirmou, no entanto, que a empresa ainda tem ativos que precisam ser transferidos para a iniciativa privada e, portanto, um papel a cumprir.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

saindo do atoleiro

Aviação executiva começa a dar sinais de recuperação após a crise

Executivos de empresas que chegaram a vender menos de cinco aeronaves nos piores anos de recessão afirmam que os seis primeiros meses de 2019 já foram melhores do que todo 2018

dinheiro que entra

Arrecadação em julho soma R$ 137,735 bilhões, diz Receita

Valor arrecadado foi o melhor desempenho para meses de julho desde 2011; resultado veio dentro do intervalo de expectativas de especialistas

olho nos números

Prévia da inflação de agosto tem menor taxa para o mês desde 2010

IPCA-15 variou 0,08%; no ano, o índice acumula alta de 2,51% e, em 12 meses, de 3,22%, informa o IBGE

atenção

Confiança do consumidor sobe em agosto, mas ainda há cautela, diz FGV

Índice de Confiança do Consumidor subiu 1,1 ponto no mês em comparação a julho, chegando a 89,2 pontos

segue a tensão

China promete novamente contramedidas em reação a tarifas dos EUA

Segundo o porta-voz, apesar da decisão do presidente americano, Donald Trump, de adiar algumas das cobranças, as tarifas violaram um consenso entre as potências

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Prudência

Cautela no exterior faz Ibovespa operar em queda; dólar sobe a R$ 4,05

O Ibovespa aparece no campo negativo e volta ao patamar dos 100 mil pontos, pressionado pelo tom de maior precaução que toma conta dos ativos globais

Câmbio

BC vende US$ 550 milhões em leilão à vista de dólar

Com venda integral do lote ofertado, não teremos, hoje, o leilão de swap tradicional. Mercado trocou swap por dólar de verdade

no documento

BCE discutiu pacote de estímulos monetários em reunião de julho, mostra ata

Banco Central Europeu também considerou examinar formas de fortalecer sua orientação futura (“forward guidance”) paras os juros

tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Bienvenido ao paraíso dos especuladores

Enquanto (quase todos) os bancos centrais do mundo reduzem os juros, há uma taxa em escalada aqui do lado. A Argentina subiu seu juro para 74% ao ano diante do pânico dos investidores com a vitória da esquerda nas eleições primárias no início do mês. Poxa, 74% ao ano na renda fixa é uma bolada, […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements