Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
2019-10-11T19:27:52+00:00
Seu Dinheiro na sua noite

Agora vai?

11 de outubro de 2019
19:27
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Sextou! A novela de trama mais rocambolesca da atualidade, que tem mantido os olhos dos investidores grudados na telinha - do Twitter, no caso - chegou a um ponto de virada nesta sexta-feira. Estou falando, é claro, da guerra comercial entre Estados Unidos e China, cujo mais recente capítulo encerra a semana com um gostinho de “agora vai?”

Há pouco, o presidente americano Donald Trump anunciou que chegou a um acordo muito substancial com a China, no que seria a primeira fase de um acerto comercial mais amplo. Trata-se do primeiro passo mais concreto que as duas potências tomam na direção de um acordo depois de meses de conflito.

É claro que ainda tem muita água para rolar embaixo dessa ponte. Mas isso não impediu o mercado de comemorar. Mais cedo, a antecipação do acordo já levou as bolsas do Brasil e do mundo a fecharem em forte alta.

Foi o suficiente para o Ibovespa encerrar a semana com ganho, depois de um início de mês sofrido. O mesmo folhetim que vinha sacrificando os mercados em outubro foi o responsável por redimi-lo, no fim. Confira todos os detalhes do pregão de hoje na cobertura do Victor Aguiar.

Dólar alto? Eu explico!

A recente desvalorização do real frente ao dólar tem deixado muito investidor apreensivo, sobretudo os que apostam contra a moeda americana. Mas não só. O fato de que esse processo ocorreu sem impacto na inflação brasileira ou aumento do risco-país tem deixado o mercado no mínimo intrigado. O que temos de diferente? Quem respondeu a esta pergunta foi o próprio presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, durante o Fórum de Investimentos Brasil que rolou hoje em São Paulo. O Eduardo Campos acompanhou a fala dele de perto e traz todas as explicações nesta matéria.

São tantas emoções

Roberto Carlos pode até não fazer mais seu tradicional show de fim de ano na Globo, mas as emoções sem dúvidas continuam por aí. Só que no mercado financeiro, essa ideia de se deixar levar pelo calor do momento nem sempre dá certo. Para falar a verdade, quase sempre dá errado. E a ciência já andou mostrando isso. No meu vídeo de hoje, eu explico como o seu emocional afeta as suas decisões financeiras e como usá-lo a seu favor na hora de investir.

O que você realmente quer de um banco?

As fintechs estão causando um rebuliço no concentrado setor financeiro brasileiro, com seus discursos descolados, design moderninho e investimento pesado em tecnologia. Mas o que será que os clientes que mais consomem produtos financeiros realmente querem de um banco? Em outras palavras, que fatores são determinantes para os brasileiros escolherem abrir conta numa instituição financeira? O Twitter fez esta pergunta aos seus usuários, um público altamente qualificado do ponto de vista dos serviços financeiros, e eu te conto o que eles responderam nesta matéria.

Quem tem medo do lobo mau?

Os bancões estão longe de subestimar o fenômeno das fintechs, mas o verdadeiro medo deles vem mesmo é das “big techs”, como Amazon, Apple e Google. Pelo menos essa é a visão do presidente do Bradesco, Octávio de Lazari, que também participou do Fórum de Investimentos Brasil nesta sexta. Em sua declaração, Lazari expressou receio em relação a uma tecnologia que está pronta para sair do forno e deve transformar o setor bancário do Brasil.

Duelo de cervej...de titãs

O principal assunto do happy hour do Seu Dinheiro não poderia ser outro: os embates e negociações entre Estados Unidos e China. Se no começo da semana esse tema fez as bolsas caírem, nesta sexta-feiras notícias animadoras puxaram os investimentos para cima. Você também vai encontrar no podcast Touros e Ursos uma análise especial sobre o futuro da Selic e o guia completo da previdência privada. Aperta o play e vem com a gente!

ste artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

*Colaboração Fernando Pivetti.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Ações para uma vida

Conheça os 5 maiores investimentos da carteira do bilionário Warren Buffett

Em junho deste ano, a holding de Warren Buffett detinha na carteira ações de 47 companhias. Mas cinco delas representavam 69% do total em valor de mercado. Confira quais são as queridinhas do “oráculo de Omaha”

QUER GANHAR DINHEIRO?

5 estratégias para lucrar na bolsa olhando apenas os gráficos

Quem souber interpretar esses movimentos pode ter insights valiosos sobre a tendência de preços.

Impasse sem fim

Hoje não? Hoje sim. Parlamento britânico volta a adiar votação sobre acordo do Brexit

Foi um duro golpe para primeiro-ministro Boris Johnson, que poderá se ver obrigado a pedir à União Europeia o adiamento da saída do Reino Unido

Sócios na bolsa

Banco do Brasil atrai mais de R$ 7 bilhões em recursos de pessoas físicas em oferta de ações

Uma parcela de 30% da emissão do Banco do Brasil foi destinada ao varejo, embora a demanda fosse suficiente para cobrir o total da oferta, de R$ 5,8 bilhões

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: Um novo modelo para o concurso público

Durante um bom tempo, se você digitasse “Banco do Brasil” no Google, a primeira palavra sugerida para a busca seria “concurso”. Ainda hoje o termo aparece bem à frente nas pesquisas do site do que “investimentos”, por exemplo. A estabilidade de uma carreira no serviço público continua sendo a aspiração de muita gente, ainda mais […]

Governança corporativa

Após vender Via Varejo, GPA dá novo passo para migrar ações ao Novo Mercado da B3

Pão de Açúcar publicou o primeiro aviso da oferta pública de aquisição (OPA) da Almacenes Éxito, que possui ações listadas na Colômbia, dentro da reestruturação das operações do grupo francês Casino na América Latina

Maquininhas de cartão

Luz verde! UBS inicia cobertura de ações da Stone com recomendação de compra

O preço-alvo para as ações da Stone, que são negociadas na Nasdaq, foi definido em US$ 42, o que representa um potencial de alta da ordem de 23%

Briga política

Bolsonaro quer processar deputado que o chamou de ‘vagabundo’

Em áudio vazado de uma reunião interna da legenda, o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, também disse que vai “implodir” o presidente Jair Bolsonaro

Smartphone

Com iPhone 11 mais barato, Apple volta a atrair fila de lançamento

Preços do iPhone 11 ainda são salgados e variam entre R$ 5 mil e R$ 9,6 mil, mas estão um pouco abaixo de 2018, quando a Apple lançou o modelo XR por pelo menos R$ 5,2 mil

Sopa de letrinhas

Entenda como funciona o rating, a nota de crédito dos países e das empresas

A avaliação sobre a capacidade financeira de países e empresas de uma maneira padronizada serve para que os investidores conheçam o nível de risco a que estão se expondo na hora de comprar títulos de dívida. Eu conto para você o conceito que está por trás dessas notas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements