Menu
2019-07-21T07:43:13+00:00
Nicolas Gunkel
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP) com Nanodegree em Marketing Digital pela Udacity. Foi editor de Redes Sociais e repórter do site Exame, além de repórter no jornal Metro São Paulo.
MUITO RICOS X MAIS RICOS AINDA

Esta é a grande diferença entre milionários e bilionários, segundo autor

Milionários e bilionários podem ser grupos muito mais distintos do que a maioria acredita. Segundo especialista, esse contraste fica claro com a resposta para uma pergunta

16 de junho de 2019
14:01 - atualizado às 7:43
O megainvestidor Warren Buffett
O megainvestidor Warren Buffett: famoso também por seus hábitos contidos - Imagem: Shutterstock

“Você tem mais prazer em ganhar ou gastar dinheiro?” A pergunta, que pode soar capciosa ou até dotada de algum julgamento, na verdade, pode diferenciar dois grupos muito específicos de afortunados: os milionários e os bilionários.

A assertiva não é minha, mas sim de Rafael Badziag, especialista em psicologia do empreendedorismo, que passou cinco anos entrevistando 21 bilionários que construíram seus próprios impérios, os chamados self-made men.

O resultado é o livro “The Billion Dollar Secret: 20 Principles of Billionaire Wealth and Success” (“O segredo do bilhão de dólares: 20 princípios da riqueza e do sucesso dos bilionários”, em uma tradução livre).

Segundo Badziag, a principal diferença entre os milionários e os bilionários reside no fato de que os últimos têm prazer em ganhar dinheiro, mas não em gastá-lo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

"A diferença entre pessoas financeiramente bem-sucedidas (milionárias) e financeiramente super bem-sucedidas (bilionários) resume-se ao fato de que os últimos ganham muito dinheiro, mas não gostam de gastá-lo", escreve.

De fato, uma série de magnatas atribuem suas fortunas a seus hábitos financeiros. “Você quer ficar rico? Há uma forma de fazer isso: gaste menos do que você ganha. Se você gastar menos e acumular, você ficará rico”, afirmou o bilionário canadense Frank Hasenfratz ao autor.

A posição de Hasenfratz vai ao encontro do que defende o mexicano Carlos Slim. Além de pregar austeridade a seus funcionários em tempos prósperos, ele já disse em uma entrevista que “ter uma fortuna é como ter um pomar, porque o que você precisa fazer para que ele cresça é reinvestir ou diversificar”.

Ter em mente que os juros compostos só vão fazer sua mágica quando você puder investir aquilo que gasta é um bom começo.

Como vivem os bilionários

A frugalidade, qualidade de quem poupa e é prudente economicamente, é denominador comum também a um dos maiores nomes do mundo dos investimentos. Warren Buffett, o oráculo de Omaha, ainda vive na mesma casa que comprou por US$ 270 mil (já em valores corrigidos) em 1958, em Nebraska.

Apesar de ter um patrimônio avaliado em US$ 84 bilhões, Buffett raramente troca de celular e paga US$ 18 por um corte de cabelo. O fundador da Berkshire Hathaway também gosta de tomar café da manhã no McDonald’s e comer hambúrgueres no Burger King, acompanhados de uma boa Coca-Cola.

Outro nome que entra para a lista de bons poupadores é Larry Page, fundador do Google.

Com uma fortuna estimada em US$ 50 bilhões, o fundador do Google não é muito fã de ostentação. Como você pode ler na série sobre bilionários do Seu Dinheiro, o décimo homem mais rico do mundo curte mesmo é viver em harmonia com a natureza, motivo pelo qual vive numa mansão ecológica em Palo Alto, com painéis solares, um jardim no telhado e um carro elétrico na garagem.

Mark Zuckerberg, o famoso CEO do Facebook, chega a causar espanto por seu guarda-roupas, composto unicamente por calças jeans e camisetas básicas de cor cinza. O carro na garagem? Um veículo compacto da Volkswagen.

A lista de bilionários com hábitos comedidos é vasta. Para ficar em mais alguns exemplos, Amancio Ortega, dono da Zara, almoça na mesma cantina que seus funcionários; o brasileiro José Galló, ex-presidente da Renner, usava apenas ternos e sapatos da própria empresa; e Ingvar Kamprad, fundador da IKEA, já foi “flagrado” viajando de avião na classe econômica.

Claro que nem todos os bilionários adotam a frugalidade, e mesmo aqueles que o fazem se permitem alguns luxos. Mas, guardadas as devidas proporções, você leva um estilo de vida mais parecido com o dos milionários ou dos bilionários?

*Com informações do Business Insider

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Diplomacia

Bolsonaro e líderes tentam vender o peixe dos Brics a empresários

Presidentes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul contam a empresários o que têm feito para melhorar o ambiente de negócios

Na ponta do lápis

Natura, brMalls, Qualicorp… os balanços que movimentam os mercados nesta quinta-feira

Resultados das companhias vieram mistos, com dados positivos e negativos para todos os lados. Confira cada um deles

Seu Dinheiro na sua noite

A quarta-feira 13 da Via Varejo

Assim como no cinema, as histórias das empresas com ações na bolsa podem ser divididas em vários gêneros, para todos os gostos. Existem as comédias, estreladas por aquelas companhias que vivem arrancando sorrisos de seus acionistas com crescimento das operações e do lucro. Temos também os faroestes, de empresas em setores que enfrentam forte competição. […]

Corrupção em SP

Lava Jato fecha acordo de leniência de R$ 214 milhões com Andrade Gutierrez

Documento refere-se a ilícitos cometidos pela companhia em obras do Metrô de São Paulo, Prefeitura de São Paulo, CPTM, DERSA, EMTU e CODESP nos governos do PSDB

Medidas do governo

Pesquisa mostra que 57% dos brasileiros reprovam congelamento de salários de servidores

Levantamento da XP mostra também que o conhecimento sobre o pacote de reformas estruturais apresentado no início deste mês é limitado

O Disney Plus vem aí

Te cuida, Netflix: o novo serviço de streaming da Disney já tem 10 milhões de usuários

As ações da Disney dispararam com a informação de que, em apenas um dia, o novo serviço de streaming da companhia já conta com 10 milhões de usuários. E agora, Netflix?

Próximos passos

Banco dos BRICS quer trabalhar com mais empréstimos em moedas locais

NDB tem como foco o financiamento de projetos no Brasil, na Rússia, na Índia, na China e na África do Sul

Trato feito

Grupo Prumo e Siemens AG assinam acordo de cooperação em projetos de energia

Assinatura ocorreu durante a reunião do BRICs, em cerimônia que contou com a presença dos principais executivos das companhias envolvidas

Ficou difícil

Negociação EUA-China trava por questão de compras agrícolas, dizem fontes

Impasse sobre agricultura cria outro obstáculo no caso, conforme Pequim e Washington tentam fechar a fase 1 do acordo

Mantendo relações

Bolsonaro confirma viagem à Índia em janeiro de 2020

Mais cedo, presidente teve reunião com o presidente da China, Xi Jinping, para a assinatura de acordos bilaterais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements