🔴 ALGORITMO MOSTRA COMO BUSCAR ATÉ R$ 3 MIL POR DIA – CONHEÇA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Internacional

Na China, investidores migram para títulos públicos por falta de opção melhor para investir, derrubando as taxas

Banco Popular da China já alertou em relatório sobre investimento especulativo com títulos do governo

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
6 de junho de 2024
12:03 - atualizado às 11:21
Grandes empreendimentos imobiliários na China
Crise imobiliária chinesa tem levado os investidores a buscarem outras alternativas para colocar o dinheiro - Imagem: Shang Kaiyv/Pexels

A crise imobiliária da China está canalizando recursos para títulos do governo por falta de uma opção melhor para os investimentos, derrubando os ganhos para as mínimas históricas e estimulando o Banco Popular da China a sugerir que poderia intervir no mercado.

Segundo o site Nikkei Asia, a imprensa tem citado fontes anônimas dando conta de que o BC chinês pode intervir no mercado. Essas informações, surgem num contexto de superaquecimento do mercado de dívida pública da China.

Uma nova emissão de títulos de longo prazo nos mercados de Xangai e Shenzhen, no final do mês passado, foi recebida pelo mercado com um dilúvio de ordens de compra, levando a duas interrupções nas negociações, o que fez com que as cotações caíssem acentuadamente no dia seguinte.

Os títulos da dívida pública chinesa estão se tornando cada vez mais populares entre investidores que procuram retornos estáveis. O rendimento dos títulos de 10 anos caiu até 2,205% no final de abril, o mais baixo nível desde 2000, segundo dados da Bolsa de Londres, citados pelo site.

As cotações e os rendimentos dos títulos chineses movem-se inversamente entre si. Quanto maior o preço, menor o rendimento.

Nível razoável de juros

Em meados de maio, o jornal Financial News, citado pelo site, se referiu a uma análise que considerava 2,5% a 3% um “nível razoável” para os juros dos bônus de longo prazo do governo chinês. As taxas para os papéis com vencimento em 10 anos atingiram 2,361% no dia seguinte à uma suposta intervenção verbal do BC, e se mantinha acima de 2,3% ontem (05/06), abaixo do que tem sido considerado razoável pelo mercado.

Essa popularização dos títulos de dívida do governo chinês acontece em um momento em que o mercado imobiliário está enfraquecido e que há uma desconfiança enraizada entre os investidores em relação ao mercado de ações.

Com depósitos bancários em alta, os bancos batalham para encontrar boas oportunidades para emprestar dinheiro, em um contexto de fraca demanda por capital por parte das empresas, forçando-os a colocar mais dinheiro em títulos da dívida pública - situação semelhante à ocorrida no Japão pós-bolha econômica.

Banco alerta sobre investimento especulativo

Um relatório trimestral de política monetária do Banco Popular da China (PBOC), divulgado no mês passado, fez um alerta sobre o investimento especulativo com títulos do governo. “O excesso de investimento de curto prazo pode levar a perdas e deve ser evitado”, afirmou o relatório.

O Banco Central do país detém 1,52 bilhões de yuans (cerca de US$ 210 bilhões) em títulos do governo, o equivalente a apenas cerca de 5% do mercado total. Mas “isso, provavelmente, não afetará sua capacidade de intervir no mercado, uma vez que não podemos descartar a possibilidade de vendas a descoberto”, disse um participante do mercado de títulos.

Compartilhe

Grandes demais para falir

Onde há fumaça há fogo? Fiscais do setor bancário nos EUA acendem alerta sobre os planos dos bancões para evitar quebras

21 de junho de 2024 - 20:01

Federal Reserve e Corporação de Seguros de Depósitos alertam bancos sobre seus planos para evitar problemas

Os britânicos vão às urnas

Deu para o Sunak? Pesquisa indica que trabalhistas devem obter maioria nas eleições ao Parlamento Britânico

20 de junho de 2024 - 19:49

Eleições no Reino Unido acontecem em 4 de julho e foram antecipadas pelo primeiro-ministro

OLHO POR OLHO

A hora da revanche da BYD chegou? China não deixa barato e parte pra cima da Europa na guerra dos elétricos

20 de junho de 2024 - 18:48

Em uma reunião a portas fechadas, as fabricantes chinesas pedem que o governo responda com vigor às tarifas impostas pela Europa e incendeia ainda mais a guerra comercial

COLABORANDO COM UM 'COMUNISTA'?

Milei acena a Lula — de novo — e manda entregar ao Itamaraty informações sobre foragidos do 8 de janeiro

20 de junho de 2024 - 9:57

A fuga para a Argentina teria sido pensada não apenas pela vinculação ideológica de Bolsonaro com Milei, mas também pelas facilidades de ingresso no país

AMIZADE ARDENTE

Poucos amigos, mas perigosos: o saldo da visita de Putin à Coreia do Norte que deixou o mundo em alerta

19 de junho de 2024 - 18:35

Isolados por severas sanções internacionais, Moscou e Pyongyang juntam forças para continuarem de pé; entenda toda essa história

BATEU ARREPENDIMENTO?

Pesou no bolso? Elon Musk volta atrás nos ataques a anunciantes do X — meses após mandar as empresas irem se f****

19 de junho de 2024 - 17:45

Para analistas do mercado, o tom mais brando do bilionário sinaliza o primeiro passo em direção à tentativa de reconquistar o dinheiro publicitário para a plataforma

TIC TAC TIC…

Desativando a bomba-relógio: o que está por trás da mudança que a China quer fazer nos juros

19 de junho de 2024 - 16:12

O presidente do Banco do Povo da China (PBoC), Pan Gongsheng, anunciou nesta quarta-feira (19) que está estudando uma série de alterações na estrutura de política monetária; entenda o que pode acontecer na segunda maior economia do mundo

ELEIÇÕES DE 2024

Inteligência Artificial para prefeito? OpenIA encerra chatbots de políticos de IA

19 de junho de 2024 - 14:58

Cidadão norte-americano candidatou um chatbot de inteligência artificial para concorrer às eleições no estado de Wyoming. A OpenAI revelou que encerrou atividades de ferramentas do tipo nos EUA e no Reino Unido

ADEUS, BYE BYE

Para onde estão indo as fortunas? Por que os milionários estão fugindo de um dos maiores destinos de super-ricos no mundo — e não é um paraíso fiscal

18 de junho de 2024 - 18:55

Pesquisa mostra que esse país sofrerá uma perda líquida de 9.500 indivíduos de altíssima renda em 2024 — mais do dobro do número do ano passado de 4.200, que por si só foi um número recorde

SONHO AMERICANO?

Concessão de visto de trabalho a brasileiros bate recorde nos EUA – mas oportunidades podem chegar ao fim se Trump ganhar

17 de junho de 2024 - 19:30

Os vistos para trabalhadores brasileiros qualificados também registraram número recorde. Porém, com discurso mais inflamado de Trump, o cenário pode mudar; veja como conseguir o seu green card

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar